Conferindo o filme Saint amour — Na rota do vinho

É quase raro, mas quando acontece este fenômeno, eu acho uma delícia! Fui conferir uma história no cinema neste último domingo (6) e saí de lá com uma outra narrativa. O filme Saint Amour – Na Rota do Vinho, não é uma película apenas para quem quer se esbaldar em histórias enófilas, cenários franceses paradisíacos ou está morrendo de sede.

O ponto central da história é a relação desequilibrada entre o pai Jean (Gérard Depardieu) e Bruno (Benoit Poelvoorde). Triste por ver o seu filho entregue ao alcoolismo e a uma tristeza absoluta, Jean tentará uma aproximação com o herdeiro durante uma turnê pela região vinícola da França. Para que os dois vivam esta intensa jornada cheia de revelações, bebedeiras e brigas, o taxista Mike (Vincent Lacoste) é contrato para ser o motorista nesta viagem cheia de aventuras e surpresas e vá de alma aberta para todas elas!

Muito difícil resistir ao charme sempre divertido de Depardieu, sem contar a química poderosa entre os dois atores, que sabem aliar ternura e decadência. O vinho participa ativamente da história, mas não é o protagonista, não se empolgue com isso.

De resto você verá um filme lindo, onde amor, paciência, tolerância e novas paisagens são as curas, para qualquer situação emocional que a vida prega na gente.

Filme francês nunca decepciona, Saint Amour muito menos! Adorei…….

Dá uma espiadinha no trailler;

Curta e siga:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *