Mescla: Pratos inusitados e cozinha aberta!

Embora já esteja há algum tempo no circuito gastronômico dos comensais que buscam novas receitas sinérgicas, somente agora eu tive a oportunidade de conferir o restaurante Mescla, do chef Checho Gonzalez, na Barra Funda. Como o próprio nome sugere, é ali que o chef mescla todas as suas influências gastronômicas.

O lugar tem a cara do chef: despretensioso, cozinha aberta, onde você poderá encontrá-lo inquieto à frente de suas panelas, mesinhas espalhas pelo salão, área externa (embora eu sugira que você tenha paciência e aguarde uma dentro do espaço, um complemento importante para a sua experiência).

O cardápio é abreviado, mas com pratos suficientes para te levar a muitas dúvidas do que pedir em sua primeira imersão. Iniciei meu almoço com seus famosos Quenelles de Lentilha (R$28,00 – 04 unidades). Quem resiste a um bolinho frito, sequinho, mergulhados em um delicioso molho de tomate fresco e recheado com anchovas? Deliciosos!  E existem também as versões com bacon e vegetariana.

Também provei os Mexilhões do Giovano (R$35,00), entrada não muito empolgante visualmente, mas mesmo assim, ao provar a sinergia das especiarias é uma explosão feliz de sabores. Nunca poderia imaginar que mexilhões empanados podiam ser um desdobramento interessante, mas não se perde em sabor e nem textura, e os acompanhamentos, purê de batatas com queijo, picles de rabanete e cenouras só agregam versatilidade ao prato. Uma mistura curiosa e quase “obrigatória” aos amantes do marisco.

Há uma seleção interessante de pratos principais, mas resolvi investir na receita que está no cardápio desde sempre e é um dos queridinhos dos frequentadores mais assíduos: Peixe branco com leite de castanha-de-caju (R$ 48,00), que evidencia a adição de suco de limão. A abóbora caramelizada, a couve crocante, a farofa de castanha e o vinagrete de azeitonas só agregam diversidade, uma das habilidades do chef, mesclar ingredientes e técnicas que resultem em algo excêntrico, incomum e delicioso.

Sobremesa não é o forte do lugar, há apenas duas. Fomos de Mousse de chocolate (R$16,00) com cubos de manga em calda de maracujá e farofinha de castanha. Gostei da combinação do doce com o cítrico e das diferentes texturas que faziam de cada garfada uma nova sobremesa.

O inquieto Checho Gonzales continua nos surpreendendo pela sua originalidade e ousadia, sem contar que o lugar tem uma super vibe e um serviço extremamente gentil, além dos preços camaradíssimos. Quero voltar!

Serviço

Mescla- Rua Souza Lima, 305 – Barra Funda, São Paulo – SP

Horários: 

Segunda a quarta-feira12:00–15:00
Quinta e sexta-feira12:00–16:00, 19:00–22:00
Sábado e domingo12:00–18:00

Credito Imagens: Roberto Salgado

J1: Restaurante acessível de Jun Sakamoto, no shopping Villa Lobos.

Recentemente fomos visitar um dos novos espaços, na Capital Paulista do chef Jun Sakamoto, o J1, no Shopping Villa Lobos. O lindo ambiente foi projetado por Octavio de Santis: elegante e intimista, com móveis de madeira escura, parede de tijolos aparentes e uma cozinha aberta aos fundos do salão. Outro detalhe imperdível são as louças de Shugo Izumi e cerâmicas produzidas sob medida por Flavia Mendes, que chamam a atenção pelo design e a delicadeza de cada peça.

Iniciamos com entradas maravilhosas como o Tartare de Atum (R$26,00), além de uma belíssima apresentação, o peixe é finamente picado na ponta da faca de forma precisa, exalava frescor e sabor delicado, além de criar sinergia maravilhosa com as pequenas ovas de capelin.

 

Também curtimos Teishoku (R$95,00) Generosas e brilhantes fatias chegam de forma harmoniosa e otima cor, seladas como se devem e a crocância do gergelim sempre causa uma boa sensação. Chega à mesa com execução elaborada, bonito de se ver. Vale o espetáculo!

 

A cozinha fria inclui sushis, uramakis, sushis personalizados e combinados de diversas formas. Escolhemos para compartilhar um Sushi Especial Iti-Nin Mai (R$ 230,00) ideal para duas pessoas, e os sushis de Viera foram o destaque- tenras, goras e doces- deste prato lindo e colorido. Os sushis podem ser de robalo, linguado,, carapau, atum, entre outros.

 

Sobremesa não é o forte, mas o Pudim é refrescante , menos açucaroso e com textura interessante (R$26,00),

Sempre uma experiência inédita visitar um dos restaurantes do chef Jun Sakamoto. Recomedo!

Serviço

J1
Endereço: Shopping VillaLobos – Av. das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros – Piso Térreo.
Tel.: 3588-8778. Capacidade: 110 lugares.
Horários de funcionamento: 2ª a 5ª feira 12h às 15h-19h às 22h/Sex 12h às 15h-19h às 23h/Sab 12h às 23h/Dom 12h às 22.
Ar-condicionado. Wi fi gratuito. Estacionamento no shopping. Acesso para deficientes com mobília adaptada.

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Casa Chef Aprendiz convida Alessandra Luglio para masterclass sobre veganismo

A Casa Chef Aprendiz convida a nutricionista Alessandra Luglio para palestrar no primeiro evento masterclass na sede do projeto. Ela irá falar sobre a importância da redução do consumo de proteínas de origem animal, consumo consciente e meio ambiente. Será um bate papo descontraído e na sequência os participantes e os chefs do projeto, Guilherme e Carolina, colocarão a mão na massa nas elaborações de receitas como: moqueca de banana da terra, farofa de casca de banana e pudim de chia. Ao final, todos irão degustar os pratos preparados e poderão conversar com os chefs e a nutricionista. Para harmonizar toda a experiência, será oferecida opção alcoólica e também opções de soft drinks.

“Tivemos a inspiração para realizar esta masterclass com a Ale Luglio após a oficina de culinária vegana que ela preparou para os jovens do nosso projeto. A aula é inspiradora tanto para quem segue o veganismo quanto para quem deseja diminuir o consumo de proteínas de origem animal no cardápio ou possui alguma alergia ou intolerância ao leite de vaca, por exemplo”, explica Beatriz Mansberger, fundadora do projeto

Para ajudar os presentes a cozinhar, além dos chefs, teremos um ex-aluno do projeto auxiliando em todo o evento. Os participantes também irão receber uma apostila com todo o material didático apresentado na masterclass e brindes da  Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). As vendas antecipadas ocorrem exclusivamente pelo WhatsApp no telefone 11 – 95086-8583.

Recém inaugurada, a Casa Chef Aprendiz é um espaço que conta com atividades de reciclagem e apoio psicológico aos jovens que já passaram pelo projeto, além de cozinha de pré-produção para eventos. Pensando no mundo digital e nas demandas do mercado, temos também uma cozinha-modelo para a produção de conteúdos digitais para marcas parceiras e para realização de workshops. A ideia é que esta casa seja ocupada por nossa equipe, jovens, parceiros e amigos com a finalidade de fortalecer os nossos vínculos e sustentar nossas ações no longo prazo.

Serviço:

Masterclass Casa Chef Aprendiz com a nutricionista Ale Luglio (vagas limitadas)

Data: 23/03 – Quarta-feira
Horário: 19h às 22h

Valor do investimento: R$ 300 reais. Inclui palestra + aula prática com 3 pratos veganos ministrada pelos chefs Guilherme Cardadeiro e Caroline Perez + material didático + degustação dos pratos + água, suco e gin tônica. As  vendas ocorrem pelo WhatsApp no telefone 11 – 95086-8583.

Forma de pagamento: antecipado via PIX
Endereço: Rua da Fraternidade, 114

Foodtech inaugura clube vegano com receitas exclusivas.

A alimentação vegetariana tem sido uma tendência crescente entre os brasileiros. A última pesquisa em relação ao tema realizada pelo IBGE, em 2018, constatou que o número de pessoas no país que se declaram vegetarianas cresceu 75% em relação a 2012, chegando a 30 milhões. 

Pensando neste público, a foodtech carioca Kuke, especializada em comida de verdade, inaugura o seu Clube Veg, com receitas que priorizam ingredientes naturais que será lançado hoje, no dia da celebração do Dia Internacional do Veganismo (01/11).

As receitas contam com a consultoria da nutricionista Luna Azevedo, que se destaca no mercado nacional com sua expertise em alimentação vegetariana. Com mais de 240 mil seguidores nas redes sociais, Luna se especializou numa abordagem orgânica, sustentável e politicamente consciente da alimentação cotidiana. 

Além de desmistificar compreensões equivocadas em relação a assuntos como vegetarianismo, veganismo, saúde de pessoas que adotam esta alimentação e agricultura familiar, Luna auxilia restaurantes e demais empresas da gastronomia interessadas em renovar seus cardápios numa perspectiva sustentável.

“A opção de reduzir ou eliminar o consumo de carnes e derivados animais tem impactos positivos na nossa saúde e do mundo, notadamente vem daí a importância de atender e valorizar esse perfil de consumo”, opina Renata Ferretti, CEO da Kuke. 

Em pesquisa feita pelo Ibope e encomendada pelo Good Food Institute Brasil, constatou-se que quase metade da população brasileira (47%) reduziu de forma considerável o consumo de carne em 2020. O dado revela que as pessoas estão aos poucos mudando seus hábitos alimentares e adotando novos, o que representa uma oportunidade para introduzi-las a novas formas de consumo.

Para ter acesso ao Clube Veg, basta acessar o site da Kuke https://www.clubekuke.com.br/clube-kuke.

Dia do Vegetarianismo: LUGARES PARA COMER PRATOS VEGETARIANOS.

Cada vez mais a dieta vegetariana ganha novos adeptos. Pensando nisso, os restaurantes estão oferecendo opções vegetarianas em seu cardápio para comemorar o dia do Vegetarianismo que é marcado no próximo dia 01/10. Mesmo não sendo vegetariano (a) que tal conferir alguns restaurantes com opções veggie em São Paulo?

HOSPEDARIA

Hospedaria Chef – Fellipe Zanuto

HOSPEDARIA

No restaurante mais famoso da Mooca, o Hospedaria do chef Fellipe Zanuto a opção vegetariana é o Arroz Cremoso que leva arroz agulhinha, creme de abobora, palmito, ervilha, legumes, queijo meia cura, salsinha, cebolinha e ovo mole (R$ 57).

Serviço: Rua Borges Figueiredo, 82 – Mooca @hospedariasp

CIAO PIZZARIA

A pizzaria tem diversas versões das redondas com recheios veganos. Uma delas é a Power Vegan que leva provolone vegano, cogumelo paris e rúcula, finalizado com vinagrete de limão siciliano (R$ 42). Há também a Saporita que leva mix de cogumelos Shitake e Paris, azeitonas pretas, alcaparras, cebola roxa, orégano e manjericão fresco (R$ 42).

Serviço: Rua Cunha Gago, 46 – Pinheiros @ciaopizzeriasp

ME VÁ

O menu do chef Marco Aurélio Sena tem diversas opções veganas. Logo de entrada, a sugestão é a Croqueta de Couve-Flor com sofrito de gengibre (R$ 14) e a Couve Flor grelhada com molho romesco, migas com alho e azeite de manjericão (R$ 30).

Serviço: Rua Ferreira de Araújo, 285 – Pinheiros @restaurantemeva

STELLA

O restaurante do hotel Canopy by Hilton, comandado pelo chef David Kasparian tem algumas versões vegetarianas. Para a entrada, Abóbora torrada com mel, queijo de cabra, amêndoas e salada de catalônia (R$ 42). De principais há o Norma Vegana – gnocchi de mandioca, creme de berinjela defumada, molho de tomate e ricotta de castanha do pará (R$ 61) e a Couve-Flor Tostada, Gateau de mandioca, Straciatella e Salsa (R$ 68).

Serviço: Rua Saint Hilarie, 40 – Jardins @stella.jardins

Avoca Toast

Primeira casa do Brasil dedicada exclusivamente ao avocado, o Avoca Toast conta em seu cardápio com opções vegetarianas, a exemplo do Beet Hummus (R$ 25), preparado com avocado fatiado, homus de beterraba, salpicado com grão de bico crocante, salsinha picada e páprica, servido no pão de fermentação natural tostado e o Avoca Seeds (R$ 21), preparado com pasta de avocado Hass temperado com sal marinho, limão siciliano, e levemente salpicado com flocos de pimenta calabresa, sementes de abóbora e girassol torradas.

Serviço: Rua Medeiros de Albuquerque, 141 – Vila Madalena @avocatoast.br

NOU Burguer

A marca de hambúrgueres dark kitchen do grupo NOU tem sua versão: o Veg Burger é feito com grão de bico e beterraba, queijo, salada e molho especial (R$ 25).E quem quiser também entrada, vale experimentar o Vegan Nuggets com base de grão de bico e cogumelo funghi que acompanha geleia defumada da casa (R$ 22).

Serviço: Delivery via iFood ou pedidos pelo (11) 3816-0210.