Ana Luiza Trajano lança série de Vídeos “Cesta Básica”.

Com o atual cenário de isolamento social por conta da pandemia do coronavírus, a chef Ana Luiza Trajano resolveu antecipar o lançamento da série “Cesta Básica”, que estava em fase final de produção em parceria com seu Instituto Brasil a Gosto. Trata-se de uma série de vídeos de receitas, pré-preparos e até organização da geladeira que auxilia na programação para uma alimentação saudável e saborosa a partir de ingredientes frequentemente encontrados nos lares do país. Todos são preparos práticos e gostosos facilmente reproduzidos na rotina diária de uma casa.

A série, pautada em cima de uma lista de compras básica (disponível no site do Instituto: brasilagosto.org/cesta-basica, propõe, ainda, um cardápio de duas semanas, aproveitando ao  máximo os ingredientes nas mais variadas receitas, atitude ainda mais urgente com a atual situação mundial.

Para conferir os vídeos, basta acompanhar as redes sociais do Instituto: @institutobrasilagosto e o canal no Youtube (/InstitutoBrasilaGosto). Também é possível acessar o conteúdo pelo link: http://brasilagosto.org/cesta-basica/

INSTITUTO BRASIL A GOSTO

Um dos pilares do Instituto Brasil a Gosto, fundado pela chef Ana Luiza Trajano, é promover e divulgar conhecimento sobre a cozinha brasileira. Para isso, além de livros (Básico – Enciclopédia de Receitas do Brasil; Misture a Gosto; Cardápios do Brasil; e Brasil a Gosto), a entidade conta com uma forte plataforma digital, incluindo site, redes sociais e canal no Youtube. Seu trabalho é amplificado, ainda, por meio de cursos livres, palestras, aulas show e parcerias com importantes empresas do mercado.

Serviço: Instituto Brasil a Gosto | @institutobrasilagosto
 www.brasilagosto.org | Youtube.com/InstitutoBrasilaGosto

Driblando a Quarentena!

Para ajudar na não disseminação da pandemia do Covid-19 e vencer o período de crise mundial, alguns restaurantes em São Paulo, estão adotando o sistema de delivery.

Confira as nossas sugestões de hoje:

Restaurante Kitchin

O restaurante passa a oferecer com a mesma maestria da cozinha da casa, comandada pelo chef Denis Watanabe, um menu especial, por meio do telefone 11 96914-8762, seguindo todas as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) sobre sanitização.

Entre os destaques do menu está o Carpaccio de barriga de salmão (R$ 64) e o Batera de Salmão (R$ 50). Para os veganos e vegetarianos há opções de receitas sem proteína animal (consulte disponibilidade do dia).

“Priorizamos a saúde e o bem-estar de todos. Nossa premissa é de responsabilidade, empatia e consciência social. Estamos seguindo todas as orientações do ministério da saúde”, finaliza Gabriel Abrão, sócio proprietário do restaurante.

Quer conferir todo o cardápio? Clica Aqui!

Pobre Juan

Os fãs da parrilla e pratos do @restaurantepobrejuan poderão replicar a experiência do restaurante também fora dele, com os novos combos, pratos para compartilhar, o menu do horário do almoço, o Especial Home Office, além dos clássicos da cozinha da casa.

No cardápio preparado para a entrega em domicílio, vale destacar os cortes para compartilhar. Gran Pobre Juan, Gran Ojo del Bife, Gran Vacio e Gran Chorizo servem duas pessoas e trazem duas opções a escolha de dois acompanhamentos, que podem ser arroz birô birô, risoto de abobora com gorgonzola, farofa Pobre Juan, panelinha de vegetais, salada verde com alcaparrones, entre outros.

Todos os pedidos podem ser feitos diretamente nas unidades, pelos telefones ou pelo aplicativo do Ifood, sendo que pedidos feitos neste último, pelo aplicativo de 20/03 a 30/03 tem a taxa de entrega grátis.  #pobrejuanemcasa

Vila Olímpia – (11) 98516-8611 ou (11) 95385-1234
Segunda a domingo: 12h00 as 22h30

Shopping Cidade Jardim – (11) 98126-5838 e (11) 98277-8435
Segunda a domingo: 12h00 as 22h00

Higienópolis – (11) 98687-1414 ou (11) 98084-4764
Segunda a domingo: 12h00 as 22h30

Shopping Morumbi – (11) 96344-9636 e (11) 98581-3577
Segunda a domingo: 12h00 as 22h00

Alphaville – (11) 94579-7093
Segunda a domingo 12h00 as 22h00

Bistrot de Paris e Sabores da França

O Bistrot de Paris, restaurante do chef Alain Poletto, lançou seu serviço de delivery. Pelo Ifood os clientes poderão pedir opções do menu como a Burrata artesanal (R$ 76), a Tábua de charcuteries da casa (R$ 63), o famoso Boeuf Bourguignon (R$ 77), Brandade de bacalhau (R$ 85), Confit de pato (R$ 133), dentre outras sugestões. Os pedidos poderão ser feitos no almoço de terça à sexta-feira, das 12h às 15h e sábados e domingos das 12h às 16h. Para o jantar, de terça à sábado das 19h às 23h.

A linha Sabores da França, assinada pelo chef, também podem ser recebidas em casa, traz clássicos da gastronomia francesa preparados a partir da técnica sous-vide (cozimento a vácuo). A técnica sous-vide, uma das especialidades do chef Poletto, proporciona inúmeros benefícios no preparo dos alimentos, como a preservação das qualidades organolépticas e a conservação da maciez. A higiene também merece destaque neste método de cocção, pois evita o desenvolvimento de micróbios aeróbicos e a interferência de odores entre produtos. “O sous-vide permite que seja mantida a estrutura molecular dos alimentos, além das vitaminas, gorduras e as diferentes enzimas. Com essa técnica utilizamos poucos ingredientes como manteiga, óleo e temperos, deixando os pratos mais leves e de fácil digestão”, resume Alain Poletto.

As receitas preparadas em sous-vide podem encomendadas pelo telefone 3063-1675, pelo serviço delivery oferecido pela loja. A taxa de entrega é de R$ 10 para pedidos mínimos de R$ 50 e endereços que estejam dentro de um raio de 10 Km da loja. Para entrega em outras regiões, é necessário consultar o frete.

A linha é atualmente composta por seis opções de entradas, dez sugestões de peixes e carnes, oito seleções de guarnições e outras seis de molhos. A linha congelada ainda conta com 11 diferentes propostas.

Prontos para consumir há Salmão defumado Caseiro (R$ 20 / 100g) e o Bacon caseiro (R$ 8 / 100g) como exemplos. Para aquecer em banho-maria tem a sopa de cebola (R$ 8 / 100g) e Boeuf Bourguignon (R$ 10,50 / 100 g) entre outras sugestões. Ainda há pratos que são indicados para aquecer em banho-maria e finalizar no forno como é o caso da Costelinha suína confitada (R$ 11,40 / 100g) e a Paleta de leitoa pururuca (R$ 9 / 100g).

Clica Aqui e veja todo o menu!

Novas campanhas de desconto no delivery em São Paulo continuam……

Diante da atual situação do mundo, o seguimento do delivery vem crescendo cada vez mais em São Paulo. Agora você pode pedir e usufruir receitas de diversos restaurantes da cidade no conforto da sua casa. Vamos ajudar o setor e estimular a economia local, segue nossas sugestões de hoje:

Casa Europa

Mix de mercearia e cantina comandada por Ipe Moraes (Adega Santiago e Taberna 474) , tem como destaque no cardápio,  massas com ragu, como o clássico Pappardelle ao ragu de pato (R$83).

Abra o apetite com a Polenta frita com alecrim e alho confitado (R$29) e o  Crostini de tomate e manjericão (Base de um pão italiano, com purê de tomate assado com manjericão e tapenade de azeitonas- R$33).

Na ala de principais: Salada de polvo (Mix de folhas, polvo grelhado, avocado, pimenta verde, tomate, ovo cozido com a gema mole e salsão picado. R$ 64), Nhoque com ragu de ossobuco (R$ 79),  Ravioli de maçã (Massa fresca recheada com maçã, ricota e cogumelos. Finalizada com molho a base de queijo gorgonzola e cenoura e abobrinha brunoise e tapenade de azeitonas.R$ 75) e Tortelloni di zucca (Massa fresca recheada com com abóbora cobotiá, avelãs e finalizado com mateiga de sálvia e amêndoa.R$ 64).

A Casa Europa está trabalhando através do sistema de aplicativo de celular Ifood e também por Take Away.

Mais informações através do site: www.casaeuropa.com.br

Pettirosso Ristorante

Inaugurado em 2007, é um pequeno restaurante artesanal comandado pelo chef romano Marco Renzetti.

O cardápio reúne opções de massas, carnes, peixes e frutos do mar, privilegiando o máximo frescor e a perfeição do preparo. Seus molhos não levam manteiga e quase não utiliza gordura animal.  A grande parte dos produtos é feita na casa como as massas, pão de fermentação natural, vinagre, mascarpone e o sorvete. As hortaliças e ovos são provenientes do Sítio Pettirosso, em São Lourenço da Serra (SP), que pertence ao casal.

A seção de Rotisseria é exclusividade dos pedidos online, há diversas sugestões: Caponata de berinjela caseira (100 gr- R$19- berinjelas assadas em molho agridoce a base de tomate, azeitona, alcaparras passas, figo seco e vinagre), Molho sugo ao basillico 200 gr (2 porções-R$ 45), Molho branco com guanciale e funghi 200 gr (2 porções-R$ 59).

Entre as pedidas de prato principal: Croquete de rabada com polenta cremosa (R$ 85), Nhoque sugo com burrata e queijo pecorino (R$ 75. Foto) ,  Tonnarelli imperiali (spaghetti de massa fresca o molho Alfredo, a base de queijo parmesão e manteiga – porção individual-R$ 79) e  o Pappardelle com a borda ondulada ao ragu caseiro de carnes suina e bovina  ($ 69).

O Pettirosso também está trabalhando através do sistema de aplicativo de celular Ifood e também por Take Away. Mais informações pelo site http://www.pettirosso.com.br/

 

Speranza

Desde o dia 16 de março a Speranza já havia tomado iniciativas de incentivo aos clientes para ficarem em suas casas, lançando campanha de desconto no delivery, amplamente divulgada em suas redes sociais ao mesmo tempo em que passou a postar mensagens de conscientização sobre os cuidados para o combate ao novo coronavírus.

Com essas medidas chegam boas notícias aos clientes. Uma delas é a de que o delivery que atende a área de entregas a partir do endereço da Avenida Sabiá, em Moema, funcionará ininterruptamente das 11:30h às 23:00h –as entregas a partir da unidade da Treze de Maio, no Bixiga, serão das 18:00h às 23:00h.

Os Tarallo trouxeram a Margherita para o Brasil e aqui difundiram esse sabor. Da tradição napolitana, além do estilo de pizza, trouxeram também o Calzone (a pizza fechada), a Napoletana (farto molho de tomates, lascas de alho, manjericão fresco e parmesão ralado), além do Tortano, o genuíno pão de linguiça de Nápoles, até hoje um dos itens mais consagrados e inesquecíveis da casa. Há cerca de 4 anos, a tradicional pizzaria de São Paulo incorporou as opções de massa integral e sem glútem ao cardápio de pizzas, mantendo o mesmo padrão de preparo e disponíveis em todas as coberturas que a casa oferece.
A Calabresa vem sem queijo e a Cinghialle, com mozzarella e fatias finas de linguiça de carne de javali, com menor teor de gordura. Outros destaques ficam por conta da Crema di Tartufo (mozzarela di bufala, manteiga na massa no lugar do molho, alecrim, creme de trufas e azeite tartufado) e a Boscaiolla (cogumelos salteados, mozzarela di bufalla, manjerião e toques de gorgonzola)
Outra boa notícia: todos os pratos e pizzas do cardápio estão com 25% de desconto e todos os vinhos da carta estão, a partir de agora, 10% mais baratos. Os descontos não incidem sobre as demais bebidas.

Ficou com vontade? Dá uma olhada no menu, clicando aqui! ou ligue para Central Delivery: 5051-1229

 

Restaurantes de São Paulo adotam delivery!

NOU delivery

Para proteger as pessoas da expansão do Coronavirus, e zelar pela saúde de seus clientes e colaboradores, muitos bares e restaurantes da Capital Paulista estão fechados, trabalhando apenas em delivery. Todos os dias publicaremos os restaurantes que estão operando neste sistema. Por favor se possível vamos contribuir com estes lugares para que possam garantir suas estruturas e pessoal?

Segue nossas sugestões de Hoje:

NOU

Restaurante de comida variada, com toques bem brasileiros estão aceitando delivery pelo iFood, via WhatsApp e telefone: NOU Ferreira de Araújo (11) 3812-1848 e NOU Vilaboim (11) 3562-8003. O cardápio fica pouco restrito – apenas poucas preparações que não suportam o trajeto são retiradas do menu delivery, porém 90% dos pratos são os mesmos do restaurante.

No iFood, um dos destaques é o combo que inclui Milanesa com risoto de limão siciliano + spaghettini com camarões + bolinho de arroz, por R$ 135. Horário de funcionamento do delivery: segunda a sexta das 11h30 às 15h e das 19h às 23h. Sábado das 11h30 às 16h e das 19h às 23h Domingo, das 11h30 às 16h.

Veja o menu completo clicando aqui!

Micaela

O Micaela chefiado pelo talentoso Fábio Vieira, oferece um menu variado da culinária regional brasileira.

Seu sistema de delivery é feito via Rappi. O restaurante tem o cardápio mais restrito, porém tem pratos exclusivos para entrega como o Pastelzinho Cremoso de Galinha (R$ 24,90), o Risotinho caipira de frango (R$ 34,50) e o Macarrão de Comitiva (espaguete fino quebrado e incorporado com linguicinha fina, carne de sol e cheiro verde (R$ 32,90). A maioria dos pratos são mais baratos do que no restaurante. Horário do delivery: de terça a domingo, das 11h às 16h e das 18h30 às 22h45.

Clica aqui e veja o menu completo

Hospedaria

O restaurante de Fellipe Zanuto, o Hospedaria também terá serviço de delivery: os pedidos podem ser via iFood e tem todos os itens do menu do restaurante. O prato mais pedido: Parmeggiana Hospeda (serve duas pessoas) – coxão mole empanado, molho de tomate da casa, macarrão parafuso, queijo cremoso e manjericão, finalizado na lenha (R$ 124).

Outros itens que valem a pedida é o Sanduba de Parmeggiana – pão ciabatta; fibe de angus a milanesa, molho de toamte e queijo artesanal e o Lagarto de Padoca, feito com a carne fria, vinagrete de feira e mostarda da casa.

Você consegue olhar todo o menu no site da The Fork

 

QUARENTENA: O que comprar? e em qual quantidade?

A Giros é um canal de comunicação que irá a partir de hoje, contribuir diariamente com dicas preciosas para que todos atravessem esta fase ruim que o mundo esta vivendo, da melhor maneira possível. Com a quarentena batendo a nossa porta, o jeito é se organizar para que se tenha uma alimentação saudável e que nos dê energia para os dias de confinamento.

Quais alimentos precisamos comprar para ficar em casa por duas semanas? Entenda que, depois de saber que você deve ficar de forma imposta em quarentena, será tarde demais para dar uma parada no supermercado mais próximo.

Vamos lá. Hora de abrir os armários e despensa. Faça um inventário do que você já tem em casa. Não corra para o super mercado e comece a colocar caixas e mais caixas de suco, leite, arroz, feijão arroz etc. no carrinho. Não precisa. Tem mais gente que precisa comprar. Lembre-se SOLIDARIEDADE.

Feito o inventário, aí sim vá até a loja e compre os produtos que estão faltando e que poderão ser consumidos por duas semanas. Mas lembre-se. Consuma o que você tem em casa primeiro. E a regra é, o primeiro a vencer o primeiro a ser consumido.

Organize um cardápio com ingredientes que não sejam perecíveis como: arroz, feijão, feijão fradinho, macarrão, quinua, grão de bico, cuscus marroquino, tapioca, aprimorados com proteínas e vegetais. Você também pode incorporar facilmente produtos lácteos. Com exceção do leite fresco, os produtos lácteos como queijo e iogurte costumam ter uma data de validade maior que 2 semanas.

O maior problema são as frutas e legumes frescos, especialmente na segunda semana da quarentena (imposta). Maçãs, laranjas e peras duram mais tempo, assim como alguns legumes (cebola, batata, abóbora e cenoura). Por isso consuma os outros vegetais e frutas primeiro e deixe estes para a segunda semana. Outra opção são os congelados.

Frutas e legumes congelados são nutricionalmente semelhantes. Brócolis congelado, espinafre e vegetais misturados podem ser cozidos no vapor, salteados ou assados, como faria com os frescos. Para uma dose de antioxidantes que estimulam o sistema imunológico, adicione frutas congeladas a smoothies, cereais ou sobremesas. Planeje usar seus produtos frescos nos primeiros cinco dias e depois mude para congelados quando os suprimentos frescos estiverem acabados.

Estocar comida congelada é bom, mas e as famílias que não têm muito espaço no congelado/freezer? Para otimizar o espaço no freezer, remova os alimentos de suas embalagens originais e armazene por porções do tamanho das suas refeições em sacos com zíper. Não esqueça de rotular as sacolas, com nome dos alimentos e a data de validade.

Manter refeições simples e sem estresse durante a quarentena é muito importante. Duas semanas presas na casa, sua paciência pode se esgotar muito mais cedo do que se espera. Trabalhar enquanto tenta manter as crianças ocupadas, talvez não seja o momento para evocar a ideia de fazer um pão fresco com fermentação natural e preparar suflés elaborados, tão pouco experimentar novas receitas. É hora de comida simples, pouco estresse e colaboração de todos da casa.

Lembre-se, a quarentena não é o apocalipse, e a sociedade não experimentará um colapso completo e absoluto. Eletricidade, gás e celulares ainda funcionarão. Você não precisa acumular comida e combustível como um preparador do fim dos tempos. Apenas fique atento aos suprimentos básicos, faça um plano e faça suas compras com sensatez. E não coma uma caixa inteira de barras de cereais de uma só vez. EQUILÍBRIO.

*Dicas da nutricionista Adriana Stavro