Falafada: Um árabe para chamar de nosso!

Esta semana fomos conhecer um restaurante que já habita entre nós paulistanos há 03 anos, mas somente agora recebemos a graça de ir visita-lo, o Falafada, na Santa Cecilia. O lugar reúne receitas gastronômicas do maior mar do mundo. Por aqui você encontrará pratos gregos, judaicos, libaneses, turcos e de tantas outras nacionalidades, que desfrutam desta culinária rica em ervas e aromas.

O lugar exala conforto e bem-estar de maneira bem simples e eficaz: mesinhas, uma mesa comunitária, um bar e uma varandinha compõem o ambiente perfeito para reunir amigos e petiscar comidinhas do Mediterrâneo, entre um gole e outro.

Eu iniciei meu jantar com o “carro-chefe” da casa e considerado por alguns o melhor da cidade, o famoso Falafel (R$15,00), que consiste em bolinhos fritos de grão de bico, fava e misturado com condimentos que exalam seu sabor. Eu amo o “grão da felicidade” e o daqui não irá te decepcionar: porção generosa, bem sequinhos, crocante, sem deixar o interior ressecado e com sabor original. O molho de Tahine que acompanha agrega sabor.

Após a ótima entrada, pedimos um dos especiais da casa, o Sinfonia Falafada2 (R$65,00) que é composto por Shawarma (maminha), parguit (frango), hommus, babaganoush, coalhada seca, relish de pimentão e saladinha. Se você deseja conhecer um pouco da proposta da casa em uma tacada só, eu recomendo bastante este prato, aqui se reúne o que há de mais popular na comida árabe e tudo é muito bom! Dá vontade de enfiar a cara e comer tudo, de várias maneiras. Acidez, dulçor, especiarias potentes e uma sinergia contagiante. Ah, sim: eles produzem tudo lá.

Será bem difícil você escolher um dos pratos principais, porque são receitas tentadoras, mas fomos de Parguit Haifa (R$38,00) São lasquinhas de coxa e sobre coxa de frango, como elas são assadas no espeto giratório, a maciez e o sabor parecem se intensificar, juro que na primeira garfada tive dificuldades em identificar como carne de frango. O couscous marroquino com ervas e lentilhas estava de comer ajoelhado, úmido, soltinho e todas as especiarias abraçando-se fraternalmente. O prato também é composto por legumes grelhados, que chegaram de forma majestosa, frescos e quentes!

Eu amo Kaftas, então fomos de KAFTA TRÍPOLI (R$45,00), deliciosas kaftas de cordeiro grelhadas, servidas com Varenikes (massa fresca recheada com batata), cebola caramelada e emulsão de queijo de cabra. A carne estava uma delícia, digo isso porque carneiro para mim é sinônimo de carne dura e odor forte. Não foi o caso, a textura da carne estava macia e o sabor marcante. Mas o que eu amei mesmo foi esta massa de origem judaica: macia, adocicada e o toque acebolado traz conforto e bem-estar ao palato, um ótimo acompanhamento. Meu prato preferido da noite!

E finalizamos nossa noite com uma das sobremesas da casa Terrine Falafada (chocolate com amêndoas e tâmaras). Gente que doce é este? Um doce para gente que gosta de se lambuzar, um mix de texturas e sabores inigualáveis e equilibrados.  Pode não ser um doce árabe, mas taí uma “fusion food” que amei!

Serviço gentil, preços camaradas, decoração que não agride os olhos. Falafada é um lugarzinho que vale a pena conferir. Quero voltar com o namorado libanês para experimentar outras maravilhas da casa. Super vale a visita!

Serviço
Falafada
Rua Martinico Prado, 172- Sta. Cecília – São Paulo – SP
Tel.: (11) 3578.2226
www.falafada.com.br

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Em maio acontece em SP, o Fit Food Week.

Entre os dias 16 de maio e 2 de junho, todos poderão conhecer e curtir a gastronomia de grandes estabelecimentos de forma saborosa e saudável. A 1o edição do FIT FOOD WEEK desmitifica a ideia de que não é possível se alimentar de forma nutritiva em locais aconchegantes, reunindo 18 restaurantes em São Paulo.

O projeto foi idealizado pela economista e influenciadora digital Babi Conte, nome por trás do perfil do Instagram @fitfood_ideas, que desde 2013 compartilha receitas e dicas de como fazer boas escolhas nos restaurantes que visita.

Para o evento, os chefs tiveram a missão de criar dois pratos saudáveis exclusivos, nos valores de R$39,90 e R$49,90, sendo um deles vegetariano, que serão incluídos no cardápio do restaurante durante o Festival.

Na lista de restaurantes já confirmados estão:  Aji Cocina, Attimo, Cebicheria, Fabbrica, Forneria San Paolo, La Cucina Piemontese, Lima Cocina Peruana, Mandioca, Mimo, Modi,  Mytho, Pasta Gialla, RUAA, Sallvattore, Suri, Sweet Pimenta, Veríssimo e Zena Caffé. 

Dá uma olhada em alguns dos pratos criados para a FIT FOOD WEEK:

Salmão grelhado, molho de pimenta e limão com wok de quinoa e vegetais.(foto) – R$49,90 LIMA COCINA PERUANA
-Fettuccine al pesto genovese – espaguete de pupunha ao molho pesto com batata, vagem e pinholi  -R$39,90 ZENA
-Macarrão de feijão, atum com limão siciliano e creme de Burrata – R$49,90 FABBRICA
-Fettuccine de carvão ativado servido com fundo de alcachofra, ragu de cogumelo e crocante de arroz  – R$49,90 VERÍSSIMO
-Espaguete de pupunha com ragu de cogumelos selvagens e salsa de trufas. – R$39,90 MODI
-Risoto de espinafre sete grãos, com castanhas, tomatinhos e frango grelhado. R$39,90 SWEET PIMENTA

O público poderá conferir todas as informações dos participantes no site do evento ou no guia impresso, que será distribuído em pontos da cidade. O folhetim também servirá para o cliente colecionar selos à cada visita realizada. Ao completar a tabela no verso do guia o cliente ganhará um Kit Verde Campo, um dos patrocinadores do evento, com diversos produtos da marca.

Serviço
Quando: 16 de maio à 02 de junho
Onde: Aji Cocina, Attimo, Cebicheria, Fabbrica, Forneria San Paolo, La Cucina Piemontese, Lima Cocina Peruana, Mandioca, Mimo, Modi,  Mytho, Pasta Gialla, RUAA, Sallvattore, Suri, Sweet Pimenta, Veríssimo e Zena Caffé.
O que: 18 restaurantes irão criar duas receitas FIT exclusivas
Quanto: R$39,90 e R$49,90
Instagram: @fitfoodweek

 

Festival de Sopas Ceagesp 2019, começa dia 15 de maio

A temporada 2019 do Festival de Sopas Ceagesp estreia na próxima quarta-feira, dia 15 de maio, a partir das 18h, e se estende até 25 de agosto. Um dos eventos gastronômicos mais conhecidos e aguardados do inverno paulista, o festival oferecerá semanalmente sete tipos de sopas, incluindo a famosa Sopa de Cebola, sucesso na cidade há mais de cinco décadas.

O Festival foi criado em 2009 durante as comemorações dos 40 anos da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo, a Ceagesp. O sucesso e a aprovação foram tão grandes que se tornou um evento anual e um dos festivais mais aguardados pelo público nos meses mais frios.

O cardápio de lançamento desta temporada 2019, válido para a primeira semana (de 15 a 19 de maio – quarta a domingo), terá Sopa de Rabada, Creme de Couve-flor com Roquefort, Creme de Mandioquinha com Salmão, Capeletti in Brodo, Sopa de Legumes com Shimeji e as famosas Sopa de Cebola e Sopa de Cebola Gratinada. Novos sabores entram para o cardápio nas semanas seguintes, mas as sopas de cebola permanecem fixas até o final do festival.

Neste ano, o valor que dá direito a tomar todas as sopas quantas vezes quiser será de R$ 43,90 por pessoa (não há cobrança de taxa de serviço). As bebidas, as sobremesas e os itens da mesa de antepastos são cobrados à parte. Criança até cinco anos não paga. De seis a dez, paga metade do valor.

O evento funcionará de quarta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. O horário de quarta, quinta e domingo será das 18h até meia-noite. Às sextas e sábados, o festival funcionará até 1h da manhã. A entrada é pelo Portão 4 da Ceagesp, que fica na av. Dr. Gastão Vidigal, altura do nº 1.946, na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo. O estacionamento fica no mesmo local e tem preço fixo especial para quem for ao evento.

Assim como nos outros anos, o festival terá uma mesa de queijos e antepastos (cobrados à parte), além de carta de vinhos de várias nacionalidades. Refrigerantes, sucos e sobremesas também serão cobrados à parte.

Frio chega logoooooooooooooo, porque eu adoro este festival! Nos vemos la….

 

Especial Giros Dias das Mães: restaurantes apostam em receitas especiais para a data!

E o Dia das Mãe está logo aí…e se você está absolutamente sem idéias para presentear a melhor mulher do mundo, que tal uma experiência gastronômica em um dos maravilhosos restaurantes da Capital Paulista. A gente selecionou alguns que além de oferecerem menus especiais, algumas casas prepararam drinques e sobremesas para presentear as mães.

Dá uma olhada em nossas sugestões e um domingo feliz para todo mundo!

Bacalhau, Vinho & Cia

O chef Carlos Henrique Pallas do tradicional restaurante Bacalhau, Vinho & Cia, preparou para o domingo um prato especial para o almoço, – Camarão às Natas -camarões descascados e batatas em cubos, cozidos em molho à base de natas e catupiry, gratinados no forno. Acompanha arroz abacaxi, R$ 120 o prato para duas pessoas, e R$ 180 para até três pessoas. 

As mães também ganharão uma caixinha com um Pastel de Santa Clara e um Pastel de Belém.

Endereço: Rua Barra Funda, 1067 Barra Funda, São Paulo – SP Tel. (11) 3666-0381 e 3826 7634

Diò Arte in Cucina

Culinária saborosa, aconchegante, com aquele gostinho de casa e de família em volta da mesa. Essa é a proposta do Diò Arte in Cucina, recém-inaugurado, numa charmosa casa de esquina na avenida Borges Lagoa, na Vila Mariana, em São Paulo. A simplicidade da cozinha italiana, com receitas da mamma e da nonna. Para o fim de semana comemorativo, o chef italiano Marcos Barbieri preparou duas massas especiais: Cuore di Mamma (pasta fresca em formato de corações, recheada com mascarpone no molho pomodoro, R$ 55) e o Polpetone con Tagliatelle al Sugo (almôndegas de carne, servida com tagliatele, massa cortada em tiras, ao molho de tomate fresco, R$ 95, serve 2 pessoas).

As mães ganham uma taça de espumante para comemorar a data. Para finalizar, há desde sobremesas clássicas como o tiramisù a criações do chef, como Budino di Pistacchio (pudim de pistache) e a Pannacotta ai Frutti di Bosco (sobremesa à base de creme de leite fresco e calda de frutas vermelhas).

Endereço: Rua Borges Lagoa, 189, Vila MarianaTel. 11 5084-2440

Vie Rose

Café da manhã com ar de almoço ou um almoço com ar de café da manhã? No caso do brunch, literalmente a mistura dos dois. Originalmente inglês, uma tradição nos Estados Unidos, o conceito vem ganhando força por aqui e é uma forma original de comemorar com a mãe o 12/maio. O recém-inaugurado bistrô Vie Rose, em Pinheiros, oferece brunch a partir das 11 horas, com mesa self-service, com pães da casa (fermentação natural, sem corantes nem conservantes), panqueca, opções veganas e vegetarianas, brownie, frutas, sucos detox e comidas quentinhas servidas na mesa (R$ 88, por pessoa). O charme da casa fica por conta dos românticos jardins, a possibilidade de um brunch ao ar livre e do símbolo da casa, a rosa, presente em obras de arte e também nos pratos e drinques.

As mães ganham, na data, um vaso com minirrosa para cultivar. As flores simbolizando as relações humanas.

Endereço: Rua Vupabussu, 199 – Pinheiros – Tels. 11 4858-1996 ou 3097-9257

Jamile

O restaurante Jamile conta com receitas novas que prometem surpreender pelo sabor e apresentação.

Para a data, a dica é o “Risoto de três quinoas” com camarão empanado na tapioca (R$ 72). Como sobremesa, destaque ao “Mousse de maracujá”, um doce com toques cítricos com gengibre, calda de chocolate e suspiros (R$ 23).

Endereço: Rua Treze de Maio, 647, Bixiga (SP)- Tel. (11) 2985-3005

 Dinner in the Sky

Se a sua mãe é fã de aventura, vale a visita no Dinner in the Sky, evento gastronômico que tem estrutura montada no Morumbi com vista para a Ponte Estaiada, sob uma plataforma erguida a 50 metros de altura e tem capacidade para 22 pessoas sentadas.

No comando da cozinha estão chefs convidados como Guga Rocha, Luiza Hoffmann, Tatá Cury, o vencedor do MasterChef Rafa Gomes, entre outros, que prometem agradar aos mais exigentes paladares. A proposta desse ano é valorizar a culinária brasileira.  A sobremesa fica por conta de Häagen-Dazs: criada pelo foodstylist Cassio Prados, a pedida é a “Banana Foster com Sorvete de Vanilla

Local: Em frente à Ponte Estaiada
Valoração:Almoço: horários 12h e 14h – 350,00 a 450,00
Coquetel e Sunset: horários 16h e 18h – 250,00 a 350,00
Jantar: horários 20h e 22h – 600,00

Le Manjue

O Le Manjue elaborou um menu democrático para agradar todas as famílias, que podem apreciar sugestões com frutos do mar, proteína animal ou receitas para quem segue uma alimentação plant-based (refeições à base de plantas que prioriza alimentos que vêm da terra).

Como entrada, a sugestão é o “Gratinado de caju com catupiry de inhame” (R$ 45). Para o prato principal, há duas opções: “Camarão à provençal com risoto de pera e queijo de cabra” (R$ 118) ou, para quem não consome proteína animal, “Tofu defumado ao molho de frutas vermelhas e champagne (R$ 70). Para finalizar, a pedida é a “Taça de gianduia com sorbet de frutas vermelhas, calda de mirtilo e farofa de cookie”, uma sobremesa saudável que não abre mão do sabor (R$ 32). O cardápio, criado pelo chef Renato Caleffi, será servido no almoço de domingo e estará disponível nas unidades da Vila Nova Conceição e dos Jardins.

Endereço: R. Vitório Fasano, 49 – Jardins – Tel. (11) 3034-0631

 

Diò – a simplicidade da cozinha italiana.

Esta semana fomos conhecer mais um italiano da capital Paulista, o Diò, que no dialeto sardo significa “Deus”. Neste espaço da Vila Mariana você encontrará receitas afetivas de família italiana, mais precisamente de Bolonha, no Norte da Itália, cidade natal do chef que comanda a casa, Marcos Barbieri.

Iniciamos nosso jantar com o que de melhor a gastronomia italiana pode nos oferecer: seus embutidos! Eu simplesmente os amos! Ao ponto de querer comer em uma salumeria todas as noites que estive na Itália (risos), e não foram poucas! Parma, salame, copa, parmesão e gorgonzola fizeram parte desta tenra Tábua (R$43,00), tudo fresco e com cheirinho artesanal. Faria apenas uma correção, que suas fatias viessem mais fininhas, a gente mastiga mais facilmente e o sabor intensifica melhor na boca. Os pães que acompanhavam, de alecrim e italiano cascudo fizeram um ótimo dueto.

Ainda no menu de entrada fui agraciada com uma Saladinha de Pulpo (R$39,00). As delicadas fatias de polvo chegaram um pouquinho emborrachadas, eu sempre provo mais de uma para me certificar disso, e infelizmente o ponto de cozimento desequilibrou a maciez, mas o salsão que o acompanhava ajudava a deslizar melhor na boca o polvo. Quando se trata de frutos do mar, na menor falha se compromete o restante. Dei azar!

O menu de pratos principais tem muita receita tentadora, foi difícil escolher, então iniciamos com uma pasta fresca, Tortei Di Zucca (R$55,00), ravióli feito em casa com recheio de abóbora, farinha de amêndoas, leve toque de biscoito amaretti e flor de sal. Toda esta maravilha perfumada, levemente adocicada, artesanalmente macia, veio mergulhada em manteiga de sálvia, que deu o toque matador, cítrico e meloso necessário. Uma ótima escolha para quem deseja sair das receitas clássicas.

Também provamos o Risotto Di Polpo (R$85,00). Faltou visual estético no prato, que foi compensado pelo sabor, textura e boas conjunções de especiarias. Polvo com mascarponi é amor para uma vida toda. Adorei o arroz vermelho com que foi preparado o risoto, ele tinha um sabor mais intenso e uma textura diferente. O toque delicado das uvas aumenta a sinergia da garfada quando ela se apresenta. Um prato exótico e desta vez o polvo estava no ponto exato, divino, como deve ser!

Ainda tinha folego para uma sobremesa italiana, e como dispensar um Pudim de Pistache (R$29,00)? Eu só tinha comido na Itália e putz o daqui não decepciona! Aliás, nada que contém pistache me desaponta, o doce estava firme e cremoso, com o gosto inconfundível da castanha, adorei!

Eu adoraria ter um restaurante como este na esquina da minha casa, com um chef diretamente da fonte, que traz em seu menu uma pitadinha saudosa da comida das mamas e das nonas. Simples e gostoso, como deve ser a gastronomia!

Serviço

Diò Arte in Cucina
www.diocucina.com.br
Rua Borges Lagoa, 189, Vila MarianaSão Paulo – SP
Tel. 11 5084-2440
Email: diocucina@diocucina.com.br
Horário de funcionamento:
De segunda a domingo, das 12h à meia-noite. Abre todos os dias. Não muda o horário de funcionamento nos feriados.
Almoço executivo: das 12 às 16h, de segunda a sexta-feira.
Capacidade total: 100 lugares
Área externa: 20 lugares