Smirnoff Ice lança espaço temporário em São Paulo!

E mais uma marca de bebidas abre espaço temporário para alegrar as nossas noites na Capital Paulista. Smirnoff Ice Original House é o projeto inédito criado para promover o relançamento da bebida com o sabor original e celebrar os movimentos icônicos dos anos 90/2000, que continuam em alta nos dias de hoje. A ativação ocupará a Casa do Colégio, localizado na zona oeste da cidade, durante os finais de semana do mês de outubro, iniciando no próximo sábado (06).

Pensando em cada detalhe, a ambientação do local conta com ilustrações e colagens do renomado designer Gabriel Azevedo, que trará para o lugar um ambiente bem urbano. Para deixar mais especial, parte da cenografia será interativa: as pessoas poderão fotografar alguns pontos e levar outros para casa, como um souvenir.

A programação levará ao público toda a originalidade da marca e cada final de semana terá uma atração musical diferente sendo sempre uma banda, um artista, ou um DJ convidado e o DJ residente. O line-up inclui nomes icônicos, que marcaram época e seguem relevantes até hoje: Rouge, Molejo, DJ Marlboro, DJ Mau Mau e DJ Marky. Além do DJ residente Daniel Tamenpi, um dos grandes nomes da cena hip-hop brasileira, abrindo e fechando o line-up de Smirnoff Ice Original House.

A cozinha será operada pelo chef Paulo Yoller, do Meats – famosa hamburgueria paulistana – que desenvolveu o cardápio com opções dos clássicos Cheeseburguer e Hooligan’s, o – burguer mais icônico do Meats – além de pão de alho com queijo coalho e as fritas, tudo harmonizando com a Smirnoff Ice e os drinks que terão a bebida como base.

No local também haverá uma pop-up store Smirnoff Ice, comercializando produtos da marca, como moletons, patins, skate, carteiras de velcro, meias estampadas, canga, pulseiras bate enrola, além de itens com artes de Gabriel Azevedo. Um prato cheio para quem é fã da marca e quer levar uma lembrança do evento.

A Smirnoff Ice Original House terá programação até 21 de outubro, sábados e domingos, com acesso gratuito e exclusivo para maiores de 18 anos mediante cadastro na lista que será disponibilizada em breve no site www.iceoriginalhouse.com.br. As informações sobre as festas e a lista também serão disponibilizadas na página do evento no Facebook.

Bora lá?

Smirnoff Ice Original House
Local: R. Bento Frias, 223 – Pinheiros, São Paulo – SP
Abertura: 06 de outubro, sábado às 15h
Dias de funcionamento: sábados e domingos, até 21 de outubro
Capacidade máxima: 500 pessoas

Programação
06.10 (sab) – DJ Marlboro
13.10 (sab) – Rouge
14.10 (dom) – DJ MauMau
20.10 (sab) – Molejo
21.10 (dom) – DJ Marky

 

 

Delírios gastronômicos no Festival de Alcachofra do Donna Pinha.

Já é o segundo ano que vou ao Festival de Alcachofra da Chef Anouk em seu restaurante Donna Pinha, e mal eu saio de Santo Antônio do Pinhal e já peço a ela a data do próximo ano deste lindo festival que celebra o início da primavera.

A chef todos os anos elabora várias receitas criativas para os amantes da maravilhosa flor de alcachofra. Em sua gastronomia à base desta exótica flor, além de exalar autenticidade, você irá sentir em cada experimento um sabor fresco, uma leveza de textura e um perfume que a gente só sente quando vai à Serra da Mantiqueira.  E aqui vale uma intervenção, será muito difícil você escolher uma única receita, porque tudo será inédito ao seu paladar. Então prepare sua alma para uma verdadeira estripulia gastronômica.

Iniciei este agradável banquete com a sua famosa Flor de Alcachofra com gorgonzola, molho branco e parmesão (R$42,80). Cada pétala tem que ser provada sem pressa e com as mãos, o sabor levemente amargo da flor em sinergia com a potência calorosa dos queijos é de um aconchego ao seu palato, que só por Deus a gente consegue parar de comer aquilo. Não deixe de pedir esta entrada, eu particularmente sonho com ela o ano inteirinho, e a Anouk sabe produzí-la como ninguém.

Eu destacaria aqui muitos pratos principais, como o Fettuccine (R$49,80), que vem mergulhado dentro da flor, com diversos cogumelos, uma verdadeira descoberta em cada garfada. Mas o eleito deste ano, que ganhou a minha atenção e se eternizou em minha memória, foi o maravilhoso Carré Suíno grelhado com molho de alcachofra em redução de vinho e purê de mandioquinha (R$54,80). Que espetáculo minha gente! A carne se desmanchava na minha boca e o molho só enalteceu seu sabor delicado. Por aqui tudo chega tão fresco da cozinha que você nem percebe que acabou de devorar um belo pedaço de carne suína, sua textura macia e sabor peculiar tornam esta receita muito afetiva e com vontade de quero mais!

A Donna Pinha durante o ano todo oferece vários festivais para nossos delírios gastronômicos, e é sempre um prazer prestigiá-la, sua cozinha engrandece sempre almas que possuem um bom apetite. E se você ama uma boa serra, uma cidade abençoada, um restaurante onde você se sente em casa e, claro, alcachofras, aqui é visita obrigatória. O Festival vai até 31 de outubro, corre lá!

Endereço: Avenida Antônio Joaquim de Oliveira, 647 – Centro, Santo Antônio do Pinhal – SP
(12) 3666-2669

23º Edição Restaurant Week SP começa amanhã (28).

Começa amanhã um dos festivais gastronômicos mais esperado pelos comensais da Capital Paulista, a 23ª edição da Restaurant Week. O evento acontece de 28 de setembro e 21 de outubro/2018 e reunirá mais de 180 restaurantes badalados da cidade com o tema “Menus de Sucesso“, na qual os chefs revisitam suas receitas mais vendidas ao longo de sua participação em edições anteriores do SPRW.

Neste período menus completos de almoço e jantar (entrada, prato principal e sobremesa) a preços fechados (Tradicional: R$ 46,90, no almoço, e R$ 58,90, no jantar; e Menu Premium: R$ 68, no almoço, e R$ 89, no jantar). Bebidas e taxas de serviço não estão inclusas no valor. O cliente poderá contribuir ainda com mais R$ 1 em cada refeição, que será convertido diretamente para a Fundação Cafu.

Estreiam nesta edição, com o Menu Tradicional, o brasileiro Fitó, em Pinheiros (selo Bib Gourmand no Guia Michelin e eleito recentemente pelo “New York Times” um dos melhores programas de São Paulo), a Divina Panqueca, no Tatuapé, além da tradicional Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano.

Cozinha Show
Pela segunda vez consecutiva, a Restaurant Week oferecerá também experiências gastronômicas. Em parceria com o Shopping Market Place, o festival promove a Cozinha Show, espaço personalizado que receberá aulas de chefs renomados entre 27 de setembro a 06 de outubro. Ao todo, serão 18 aulas com conteúdo diversificado e grandes nomes como Carole Crema, Lucas Corazza, Ricardo Barletta, Sassá, Edrey Momo, entre outros.

Quer saber mais sobre todos os restaurantes participantes desta edição? Clica aqui!

Criado nos anos de 1990 em Nova York, o Restaurant Week chegou ao Brasil em 2007 e, de lá para cá, vem movendo multidões em torno desse festival gastronômico. Presente em mais de 15 cidades brasileiras, já virou parte do calendário regional. Oportunidade única para os apreciadores da boa gastronomia provarem menus diferenciados, preparados por grandes e renomados chefs, com diversas opções de menus criativos por preços democráticos.

Serviço:
www.restaurantweek.com.br
O quê: 23ª edição da São Paulo Restaurant Week
Quando: De 28 de setembro a 21 de outubro/18
Tema: Menus de Sucesso
Valores: Menu Tradicional – R$ 46,90 (almoço) e R$ 58,90 (jantar)
Menu Premium -R$ 68 (almoço) e R$ 89 (jantar)

Conheça um pedacinho do Vietnã na Capital Paulista, o Bia Hoi SP!

Esta semana voltei a um dos lugares que achei mais legal ter surgido em nossa cidade maravilhosa, São Paulo, nos últimos tempos! O pub vietnamita Bia Hoi SP, tem tudo o que eu aprecio: Ambiente intimista, um maravilhoso balcão e gente bem-disposta a te servir bem. Quem traz este encanto de lugar para nós é minha amiga, a jornalista Dani Borges e seu marido Fernando Brito, ambos além de serem fãs incondicionais da exótica gastronomia vietnamita, são estudiosos do assunto, desde que visitaram o país pela primeira vez, já alguns anos atrás.

Iniciei meu jantar com o Mekong (R$20), incríveis asinhas caramelizadas. Eu que sou fã de um bom frango fritinho, nesta versão vietnamita as asinhas tenras ainda ficam mais sedutoras: sequinhas e com um sabor adocicado picante devido à presença intimista do gengibre, que faz a gente lambuzar os dedos até não sobrar mais nada. As folhas verdes de coentro dão aquele perfume fresco a receita, abrindo nosso apetite e nos convidando a caminhar neste novo universo gastronômico.

Agora se a sua pegada é uma versão mais leve e sem fritura alguma, reverencie o Goi Cuon (R$18) na versão vegetariana. São parecidos com um rolinho primavera, feito com verduras frescas e ervas aromáticas, você sentirá bem a presença delas, o mentolado da hortelã, o cítrico da cebolinha, o perfume do manjericão e o odor cítrico bem característico do coentro, misturados com delicados pedacinhos de cenoura, nabo e pepino. Em dias de verão, ele cairá como um balsamo em seu palato.

Para quem está como mais fome o Hoi An (R$40) barrigada de porco em infusão de capim santo com arroz de coco é uma ótima pedida, e depois que provei tive a certeza que vou virar cliente assídua desta receita. O corte desossado de carne gordurosa beirava a perfeição, veio mergulhado em um molho levemente amadeirado e de sabor forte, devido a presença do anis, coentro e da inconfundível canela que se chocava alegremente com o arroz craquelado feito a base do coco, que dava para sentir seu aroma chegando mesmo antes do prato estar a minha frente. Adorei esta sensação, quase rara em restaurantes contemporâneos. Se você aprecia carne suína, este prato vale muito!

Já o Saigon (R$41), uma barriga de porco assada, chega em tiras e a cada garfada desmanchavam em minha boca de tão macia que estava. Foi servida com arroz branco, saladinha de repolho e conserva de carambola. Tudo ia bem até que o molho forte, pronunciado e de textura encorpada deixou toda a receita com o mesmo sabor. Ficou tudo tão docemente carregado que infelizmente não deu para chegar até o final. Penso que a cozinha errou na mão, acontece!

Se o menu prioriza pratos costumeiros, as sobremesas trazem criações da própria cozinheira, como o curioso Ca Phé Mousse (R$ 18) que foi inspirado no típico café com leite condensado vietnamita, que traz creme de leite condensado sob uma aerada mousse de café. Leve e com um equilíbrio de sabores que não vai te pesar na boca.

O Bia Hoi é um pequeno pedacinho do Vietnã aqui em São Paulo e que vale muito a pena ser desbravado por aqueles que estão dispostos a buscar novos sabores para sua alma prazerosa, sem gastar muito por este passeio gastronômico!

Quero voltar!

Serviço:
Bia Hoi SP – VietPub
Endereço: Rua Rêgo Freitas, 516 – Vila Buarque
Telefone: 11 3151-2508
Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 12h às 14h30 e das 18h30 às 23h. Sábado, das 12h às 23h30. Domingo, das 12h às 17h.

 

Jantar Mistério: um jantar a ser desvendado!

Ontem eu e um grupo de jornalistas participamos de mais um daqueles jantares temáticos que a gente nunca sabe no que vai dar, e mesmo assim, a gente se atreve a ter coragem de vivenciar. Eu sou destas, adoro uma novidade, faz com que a gente retorne àquela humildade simples da vida… Eu que achava que já tinha experimentado de tudo, ontem à noite me deparei com algo novo e misterioso, e mais uma vez uma experiência “gastro-teatral” tomou conta de mim: boa comida, um jogo divertido, com ótima música em um clima lúdico.

Assim que cheguei no café Pérpetua, já não era mais Carla Palmieri, por duas horas fui Concetta Tovani (esposa de Gino Meneguetti, o homenageado da noite) uma mulher dramática, exagerada, esperta, cínica quando necessário e que por amor ao marido acabou sendo presa!). Em seguida sou convidada a participar de um jantar ambientado na década de 1950, que tem por objetivo a solução de um crime que acontece pouco antes de estarmos ali. Um suspense policial durante o jantar, quem diria?!

Eu, que sou a pessoa mais silenciosa do mundo no meio de uma multidão desconhecida, não parei nem por um minuto de levantar suspeitas, afinal eu era a viúva do pedaço! O lance é meio teatral, meio gastronômico, muito divertido e super original. Sem contar a delicadeza do serviço e dos condutores desta incrível jornada, o Eder e o Douglas, pessoas de quem você vai querer ficar amigo para sempre! Inesquecível

Ficou com vontade de dar uma conferida? Algumas dicas:

O maravilhoso Jantar Mistério, deve ser feito na casa de alguém para um grupo íntimo de amigos. A galera do teatro leva até um chef que irá cuidar da cozinha preparará algumas opções de entrada, prato principal e sobremesa. No meu jantar houve tomate assado recheado com cuscuz marroquinoboeuf Bourguignon e creme brullé. Ah, e antes do jantar ser servido, rola um coquetelzinho até todos os personagens da trama estarem reunidos em um só ambiente.

Este jantar só é possível ser vivenciado e apreciado, se tiverem no mínimo 10 pessoas.

Genial minha gente, super vale a brincadeira!

Para saber mais clica aqui!