São Paulo receberá hoje o Maior Cinema ao Ar Livre do Mundo!

Festival de cinema me deixa feliz e este especialmente tem meu total carinho e atenção, participo todos os anos e não perderei esta edição por nada, e se eu fosse você também não perderia esta chance. Estou falando do Shell Open Air, que acontecerá no Jockey Club e dará a todos os paulistanos a oportunidade de embarcar nas mais diversas viagens oferecidas por clássicos e novidades da sétima arte mesclados com uma programação musical especial.

Este grande evento que começa hoje 8 e rola até o dia 26 de novembro, simplesmente traz a maior tela de cinema ao ar livre do mundo, e posso garantir a vocês, é muito legal ver um dos filmes que fazem parte da nossa biblioteca cinéfila nestas circunstâncias, chega uma hora que a sensação é que estamos dentro daquele cenário. Imperdível!

Ao longo de três semanas, de quartas a domingos, serão exibidos 21 filmes entre clássicos, blockbusters, pré-estreias e filmes nacionais. Entre as produções estão as dobradinhas de sucessos como a cultuada série de Quentin Tarantino, “Kill Bill – Vol 1” e “Kill Bill – Vol 2”; além de “Noivo Neurótico, Noiva Nervosa” e “Vicky Cristina Barcelona”, de Woody Allen. Para os amantes de musicais as versões de 1980 e 1984 de “FAME” e “FOOTLOOSE” prometem animar as noites de sextas antecipando shows ao vivo de bandas como Cachorro Grande com participação de Samuel Rosa; e Dream Team do Passinho cantando Jackson 5.

Quer saber mais? Clica aqui e o melhor de tudo é que não pesa no bolso e é um super passeio para ir com quem se ama. Nos vemos por lá!

Serviço:

SHELL OPEN AIR SÃO PAULO
De 08 a 26 de novembro de 2017 – de quarta a domingo
Local: Jockey Club de São Paulo | SP – Dr. José Augusto de Queiroz, portão 1. Cidade Jardim

HORÁRIOS:
Quartas e Quintas: Abertura dos portões às 18h. Início da sessão às 21h00;
Sextas: Abertura dos portões as 17h. Início da sessão às 20h00;
Sábados (duas sessões): Abertura dos portões às 17h
1a Sessão: Início da 1a sessão às 20h;
2a Sessão: Início da 2a sessão às 23h00
Domingos: Abertura dos portões às 17h. Início da sessão às 20h;
INGRESSOS: R$ 50,00 (inteira)
R$ 25,00 (meia)

BILHETERIA DO EVENTO
De 08 a 26 de novembro, de quarta a domingo, das 16h as 24h
Jockey Club – Rua Dr. José Augusto de Queiroz, 115. Portão 1. Cidade Jardim. São Paulo

 

Curta e siga:

O chef Felipe Bronze lança livro para os amantes de uma boa brasa.

Ontem (6) fomos ao lançamento do novo livro do chef carioca Felipe Bronze, em São Paulo, na Livraria Saraiva. A obra, Perto do Fogo  reúne mais de 90 receitas feitas na brasa, entre elas entradas, pratos, sobremesas e drinks. Para quem não conhece, o chef é uma das grandes promessas da alta gastronomia carioca, seu restaurante o famoso “Oro”, no Rio de Janeiro, é apreciado por todos os visitantes que tenham tido a felicidade em desbravá-lo.

O título é resultado de uma série de experimentações feitas ao longo dos anos pelo chef “Foi perto do fogo que nasceu minha paixão pela cozinha e foi sobre ele que iniciei minha trajetória, aproveitando o sabor e os aromas intensos que a brasa confere aos alimentos”, contou Felipe na apresentação do livro. As receitas são otimas, você poderá conferi-las passo a passo. Costela de porco com goiabada picante, queijo serra da canastra com jabuticaba e brigadeiro de paçoca são apenas alguns exemplos de pratos instigantes.

Queijo serra da canastra com jabuticaba

Perto do Fogo é um convite para experimentar a técnica, a liberdade e a criatividade em torno de uma gastronomia sofisticada e ao mesmo tempo acessível. Uma ótima dica de presente para a turma do churrasco, e para a galera que deseja ampliar seus dotes culinários com lições de um dos queridinhos da gastronomia nacional. Eu já tenho o meu e estou bem feliz!

Serviço
Título: Perto do Fogo
Autor: Felipe Bronze
Páginas: 192
Formato: 25cm x 19cm
ISBN: 978-85-250-6500-1
Preço: R$ 59,90
Editora: Globo Estilo

 

Curta e siga:

Hotel Transamérica terá brunch especial no próximo feriado

Vai estar por aqui no próximo dia 02 de novembro, aproveitando a cidade e suas maravilhosas atrações? Que tal começar o seu dia com um maravilhoso brunch? A Levy Restaurants, que administra os restaurantes do Hotel Transamérica, preparou um cardápio especial para este feriado. Você poderá experimentar bolos artesanais, sucos e muitas variedades de pães; até massas, risoto de filé mignon, omelete e uma mesa variada de sobremesas vai rolar, não podendo faltar o famoso pudim da casa, o Transamérica.

O Hotel possui localização bacana e é considerado o único resort urbano da capital paulista com uma área verde de 15 mil m², que reúne campo de golfe, quadras de tênis, pista de caminhada, piscina climatizada, campo de futebol society, fitness center, saunas e salas de massagem.

A dica é uma ótima opção para aqueles que querem aproveitar o feriado de maneira diferente, fugindo do trânsito das estradas ou dos shoppings centers. O brunch será servido das 11h até 15h e as famílias com crianças, até 11 anos, poderão contar com um serviço de recreação com monitores.

Gostou? Então se joga…..

Serviço:
Hotel Transamérica São Paulo: Avenida das Nações Unidas, 18.591 – São Paulo.
Brunch especial: R$ 90,00 (por pessoa).
Reservas: 5693-4925
Crianças até cinco anos não pagam e de seis a doze anos têm 50% de desconto.
Mais informações, clica aqui!

Cardápio Brunch

Diversos
Leite Integral, leite desnatado, chocolate frio, seleção de chás nacionais;
Seleção de pães doces do chef;
Iogurtes diversos / cereais;
Mini bolos artesanais;
Suco de laranja, abacaxi com hortelã e melancia.

Entradas e Saladas
Mesa de pães salgados e molhos;
Seleção de folhas nobres com guarnições: croutons, alho, queijo;
Parmesão, alcaparras, pickles, cebolitas, bacon, limão à francesa;
Tábua de queijos e frios nacionais;
Caponata;
Cup caprese;
Carpaccio com rúcula precoce, mostarda dijon e parmesão.

Pratos Quentes
Quiche Lorraine;
Agnoloti de burrata ao molho siciliano;
Risoto de fi lé mignon com cogumelos e redução de balsâmico;
Omelete de ervas finas na massa folhada.

Sobremesas
Mini fondant de chocolate;
Mini tiramissu;
Pudim Transamerica;
Quindim;
Salada de frutas ao aroma de hortelã.

Curta e siga:

Básico: enciclopédia de receitas do Brasil é o novo livro da chef Ana Luiza Trajano.

Desde que conheci a chef Ana Luiza Trajano no saudoso Brasil a Gosto, que hoje se tornou um Instituto, virei sua fã! As histórias de suas pesquisas e descobertas são fascinantes e cada livro lançado carrega em si aromas e sabores de suas panelas. Ela acabou de lançar mais um, o quinto da carreira, Básico: enciclopédia de receitas do Brasil (R$102,00 sugerido). A obra é um convite à manutenção da autêntica culinária brasileira dentro das casas. Um volume que faz uma intimação à memória afetiva para que as chamas dos fogões sejam acesas no resgate de pratos já esquecidos – e que eles voltem a sair das panelas para o cotidiano.

O livro divide-se nas boas-vindas dadas pelo “Tira-gosto”, um capítulo de petiscos dos mais diversos – do abará ao torresmo, passando por bolinhos e caldinhos, assim como pela carne de onça (o steak tartar paranaense) ou a casquinha de siri (presente com suas variações em toda a costa nacional). Na sequência, a hora do principal está “Mistura” e seus arrozes ricos (do baião de dois à galinhada), carninhas (um bife à rolê ou um porco na lata, uma costela no bafo ou um lombo assado) e “pratos fortes” (há feijoada, maniçoba, barreado, moqueca…) e pede o complemento de “Sustância”, o capítulo dos acompanhamentos. Ali, convivem os arrozes e feijões mais triviais, as farofas, os suflês e os purês de verduras, as saladas.

O mundaréu de cores e sabores desemboca na “Fartura” da doceria brasileira. Um capítulo que abrange as tradições portuguesas que por aqui chegaram e foram transformadas (isso inclui ambrosia, arroz doce e quindim, por exemplo), originais do país (como o brigadeiro e outros docinhos de festa, assim como o uso de nossos ingredientes para a criação de caldas e compotas) e estrangeirismos que foram absorvidos pelo cotidiano (as mousses, os pudins, as tortas). Por fim, a obra chega a tudo aquilo que não tem hora e nem refeição certa, mas anda junto ao cafezinho – os “Pães e quitandas”. Biscoito de polvilho e bolacha amanteigada, goiabinha e sequilho, bolo de fubá com erva-doce e formigueiro, cucas, roscas, geleias, sanduíches e muito mais.

O volumoso receituário foi escrito com alma, fundamentado por um trabalho exaustivo e minucioso de dois anos de pesquisa e bem guarnecido por gostos, dicas e conhecimentos adquiridos em dezenas de cidades, tribo de índio e vilarejos espalhados por todo o país.

Para resumir, um livro de culinária imprescindível para sua coleção de livros de receitas. Mais um belo trabalho da chef Ana Luiza. Deliciem-se!

Curta e siga:

Vida de Teresa D’Ávila é contada na peça “A Língua em Pedaços”.

No último final de semana fui assistir um espetáculo de teatro que muito me impressionou, A peça “A Língua em Pedaços”, texto do premiado dramaturgo espanhol Juan Mayorga, que foi inspirada na autobiografia de Santa Teresa d’Ávila, mais conhecida como Santa Teresa de Jesus.

Toda a trama poética da verdadeira “Amante de Deus” é protagonizada pela talentosa Ana Cecilia Costa, que encarna a monja carmelita de maneira muito delicada, apesar de todo o embate que é roteirizado com uma das autoridades eclesiais daquele tempo, um inquisidor, representado pelo também talentoso Joca Andreazza.

E tudo isso rola na cozinha do Mosteiro São José, primeiro convento de Carmelitas Descalças, fundada por Teresa em Ávila, em 1562. De um lado, temos uma mulher corajosa, que está sendo acusada de profanação por suas experiências místicas. Do outro lado um cismado inquisidor da Igreja Catolica de mente aguda, farejador de hereges.

Eu me rendi a Teresa.. senti sua presença em mim e é isto que uma boa peça de teatro causa na gente!

Quer saber o final desta história? Vai lá no teatro Eva Herz e tenha um ótimo sinal do universo. E o preço da peça é tranquilíssimo (R$50, inteira)

Serviço
Livraria Cultura – Conjunto Nacional
Avenida Paulista, 2073 – Bela Vista
Bilheteria: 3170-4059 / www.teatroevaherz.com.br
Terça a sábado, das 14h às 21h. Domingos das 12h às 19h.
Formas de Pagamento: Dinheiro / Cartões de débito – Visa Electron e Redeshop / Cartões de crédito – Amex, Visa, Mastercard, Dinners e Hipecard. Não aceita cheque.
Sábados às 18h
Ingressos: R$ 50
Duração: 60 minutos
Recomendação: 12 anos
Temporada: até 09 de Dezembro
Curta e siga: