Jantar Mistério: um jantar a ser desvendado!

Ontem eu e um grupo de jornalistas participamos de mais um daqueles jantares temáticos que a gente nunca sabe no que vai dar, e mesmo assim, a gente se atreve a ter coragem de vivenciar. Eu sou destas, adoro uma novidade, faz com que a gente retorne àquela humildade simples da vida… Eu que achava que já tinha experimentado de tudo, ontem à noite me deparei com algo novo e misterioso, e mais uma vez uma experiência “gastro-teatral” tomou conta de mim: boa comida, um jogo divertido, com ótima música em um clima lúdico.

Assim que cheguei no café Pérpetua, já não era mais Carla Palmieri, por duas horas fui Concetta Tovani (esposa de Gino Meneguetti, o homenageado da noite) uma mulher dramática, exagerada, esperta, cínica quando necessário e que por amor ao marido acabou sendo presa!). Em seguida sou convidada a participar de um jantar ambientado na década de 1950, que tem por objetivo a solução de um crime que acontece pouco antes de estarmos ali. Um suspense policial durante o jantar, quem diria?!

Eu, que sou a pessoa mais silenciosa do mundo no meio de uma multidão desconhecida, não parei nem por um minuto de levantar suspeitas, afinal eu era a viúva do pedaço! O lance é meio teatral, meio gastronômico, muito divertido e super original. Sem contar a delicadeza do serviço e dos condutores desta incrível jornada, o Eder e o Douglas, pessoas de quem você vai querer ficar amigo para sempre! Inesquecível

Ficou com vontade de dar uma conferida? Algumas dicas:

O maravilhoso Jantar Mistério, deve ser feito na casa de alguém para um grupo íntimo de amigos. A galera do teatro leva até um chef que irá cuidar da cozinha preparará algumas opções de entrada, prato principal e sobremesa. No meu jantar houve tomate assado recheado com cuscuz marroquinoboeuf Bourguignon e creme brullé. Ah, e antes do jantar ser servido, rola um coquetelzinho até todos os personagens da trama estarem reunidos em um só ambiente.

Este jantar só é possível ser vivenciado e apreciado, se tiverem no mínimo 10 pessoas.

Genial minha gente, super vale a brincadeira!

Para saber mais clica aqui!

Curta e siga:

Especial Giros: Cariocando à mesa!

Um tour gastronômico pela Cidade Maravilhosa.

E mais uma visita linda aconteceu no Rio de Janeiro. Fomos conhecer os novos points gastronômicos da cidade e, como sempre, todos contribuíram para algumas experiências palatinas inéditas. Compartilho com vocês alguns destes novos lugares e alguns motivos de sobra para vocês arrumarem suas malas e visitarem a Cidade Maravilhosa.

Dê uma olhada no que a gente fez por lá!

 Nolita

Nem sempre a gente está afim de visitar um novo restaurante localizado em um shopping, a sensação é um pouco de falta de autenticidade, de um cenário mais agradável, limpo e aberto… Mas quando eu visitei o Nolita, o primeiro ovenbar da cidade, durante o meu jantar, transcendi esta sensação e foi uma das minhas visitas mais agradáveis neste último tour carioca.

Aqui a cozinha brinca com os clássicos de duas cidades encantadoras: Nova Iorque e Roma. Para quem não sabe, Nolita é o nome de um bairro italiano na cidade americana. O lugar é pequenininho, mas muito aconchegante, e há uma reprodução do mapa da metrópole em seu décor. Eu não dispensaria o balcão, que além de ser agradável aos olhos, permite ficar dando uma espiadinha nos preparos daquele dia.

O que comer? Eu iniciei o meu jantar com o pão clássico da casa com Grana Padano, criado pelo expert Agaciano Rodrigues, que deixa a massa 100 horas fermentando para depois ser assada em forno a lenha. O resultado é um pão tão macio quanto uma seda, e muito aromático. Adiante, o espaguete a carbonara (uma de minhas receitas italianas preferidas), com massa fininha e saborosa combinação de especiarias, e um ovo pochê que beirava a perfeição. Ah, vale lembrar que a receita é bem encorpada, precisei de fôlego para ir até o fim. Outra sugestão imperdível é a pizza em formato de estrela, com borda levemente recheada. Minhas preferidas foram a Straciella, com queijo de búfala ao pesto, e a Nolita, de queijo brie, nozes e presunto parma. Sublime!

Se você ama açúcar e vive sem medo de calorias, tem que aproveitar a oportunidade e conhecer uma das sobremesas autorais do chef Felipe Appia. A Nuvem Nolita, dica para dividir, reúne sorvetes de brownie, morango, doce de leite, menta com chocolate e pistache com algodão-doce. Uma sugestão bacana: tome seu cafezinho de saída no belo bar externo, com blend exclusivo e máquina importada que grava fotos na espuma de leite.

Empolgante!

Av. das Américas, 3900 – Avenida das Américas – Barra da Tijuca
(21) 3003-4178

Laguiole Lab

Eu simplesmente adoro visitar um restaurante dentro de um Museu, que sensação maravilhosa você poder passear pelo universo das artes e da gastronomia em um mesmo espaço! Então quando vier conhecer o maravilhoso Laguiole Lab, comandado por um dos chefes mais criativos que tive o prazer de conhecer, já alguns anos atrás, em um dos meus primeiros giros gastronômicos no Rio de Janeiro: Ricardo Lapeyre. Venha com tempo suficiente também para se maravilhar com o MAM, lugar que carrega um acervo expressivo, singular e que encantará a sua alma.

O menu completo (R$150,00 – entrada, principal, sobremesa, chá, café e água) prioriza receitas sazonais com base na gastronomia francesa e matéria-prima fresca. Todo dia o chef vai lhe proporcionar uma experiência diferente, e que estimulará os seus cinco sentidos de maneira prazerosa, Lapeyre sabe como fazer isso sem esforço! O dia que eu estive lá ele nos agraciou com seus terrines maravilhosos, leves e com sabores e texturas marcantes. Em seguida provamos Ravioli de bacalhau com farofa de brioche e molho de champanhe, este eu quase comi ajoelhada, que leveza, que sinergia contagiante a combinação destes ingredientes. Um primor! E não paramos por aí, mal nos recompomos do prato anterior e quando eu mal percebi já estava devorando seu Cordeiro ao molho curry e couve frito. Tudo composto com equilíbrio e autenticidade de forma simples e lúdica.

Além das novidades diárias, os clássicos da casa continuam como opções fixas no cardápio, como a deliciosa Cavaquinha – cauda de cavaquinha grelhada, risoto de quinoa e beurre-blanc ao leite de coco – e o suculento Chateaubriand Rossini – filé mignon, purê de batata, escalope de foie-gras e lascas de trufa negra.

Para adoçar o paladar, opções como a Tarte MAM, criada especialmente para o aniversário do museu, as suaves Pavlovas de sabores variados, como de frutas vermelhas, a Pain Perdue, conhecida como a rabanada francesa, além da Entremet de Chocolate Belga 70%, e opções de Éclaires, como a clássica de baunilha e caramelo.

Encantada!

MAM – Museu de Arte Moderna – Av. Infante Dom Henrique, 85, Glória
(21) 2517-3129
Um detalhe importante! Aqui infelizmente só abre durante o almoço.

Oia

Um restaurante grego no Rio me causou muita curiosidade, porque desde que eu visitei a Grécia há alguns anos atrás me tornei uma grande fã desta gastronomia tão fresca, afetiva e calorosa. Visitar o Oia é fácil: ele tem uma das melhores localizações do meu tour, está em frente à Praça Nossa Senhora da Paz, no coração de Ipanema, e com um metrô bem à sua porta.

O lugar realmente foi inspirado nas ilhas gregas, o espaço tem buganvílias na porta e tons de azul se contrastam em harmonia com o branco do décor. Mesas claras e confortáveis, com flores que parecem terem sido colhidas na hora, alegram o ambiente acolhedor.

O menu gastronômico mediterrânico foi criado pelo chef Elia Schramm. De entrada sugiro Lâminas de Pargo com maçã verde, para começar bem de levinho, e se desejar continuar nesta leveza e frescor tem também a Melancia marinada com iogurte, especiarias e hortelã.

Pratos principais? Me encantei com o Polvo com purê de grão de bico, uma combinação estonteante ao palato, e para quem ama massa com frutos do mar, o Spaghetti com molho de tomate e lagostins será um pedido suave como a leveza do mar e que aquecerá sua alma.

Se você estiver afim de experimentar um pouquinho de tudo, no Oia você pode solicitar mini degustações. E outra dica maravilhosa: aqui não se cobra rolha, ou seja, seja bem-vindo com sua garrafa.

Quero voltar!

Rua Barão da Torre 340, loja A, Ipanema
(21) 3201-6529

Empório Jardim

Você quer começar bem e feliz o seu dia na Cidade Maravilhosa? Então vá direto a uma das três unidades do Empório Jardim. Eu conheci o de Ipanema, e quem me recebeu por lá foi uma das sócias, a Iona Rothstein. É ela quem cria os pães do Empório, e que me deu todas as dicas essenciais para uma primeira visita sem culpa.

Aqui é você quem monta o seu breakfest, brunch, lanchinho, ou seja lá como quiser chamar esta vivência. Tem muitos itens para escolher, mas vai na minha que vocês passarão de ano! Comece com o creme de abacate e o Parfait do Jardim, que é feito com iogurte grego.  Se você é um alucinado por ovos como eu, não dispense o Ovo Benedito, um brioche artesanal com molho hollandaise e fatias de salmão defumado, fiquei sem palavras! Além do visual bonito, brilhante, se criou uma pirâmide sobre o pão, onde cada ingrediente participava ativamente desta deliciosa receita.

Para quem quer algo apenas para comer com as mãos os croissants tradicionais e queridinhos da chef podem ser uma boa! A tapioca feita com queijo de minas também merece o nosso destaque.

A cada mordida do Croque Monsieur eu me sentia em Paris! Foi dificílimo sair daquela mesa sem a sensação de que deveria ter experimentado algo mais. E antes de ir embora passe na lojinha do Empório, por lá vai encontrar geleias, pães, cookies, manteigas e todos aquelas appetizers que a gente gosta de ter em casa.

Maravilhada!

Rua Maria Quitéria, 62 – Ipanema – Rio de Janeiro
(21) 2513-5151

Xian

Ouvia sempre com alguma desconfiança quando me diziam que este é o restaurante hoje do Rio que tem a melhor vista da cidade, até que coloquei meus pés ali dentro e SIM, tem a mais bela vista da cidade! E você pode provar bons drinks e uma boa carta de comidinhas asiáticas e sem frescura.

Dividido em Lounge, Restaurante e Club, é um lugar cosmopolita e democrático, e você pode visitá-lo assim que desembarcar na cidade, pois ele fica anexo ao aeroporto Santos Dumont. Aqui tem um time para encarar a demanda, Rod Werner para preparar os drinques, os chefs Daisuke Takao para comandar as receitas frias e Fernando Vaz para as criações quentes da culinária contemporânea com inspiração asiática. Para adoçar o paladar, Dianna Macedo, e Sonia Yamane para assinar a carta de saquês da casa.

De entrada, curti o Tartare de salmão com molho ponzo, e as Ostras crocantes também podem ser uma boa se teu paladar está desejando sabores do mar! A minha experiência do Xian continuou com o apetitoso Dumpling de Camarão, massa recheada de camarões, cozida no vapor e grelhada, o suculento Pop Pig, lombo de porco empanado com molho agridoce, abacaxi, tomate confit e lâminas de amêndoas, e o exótico Ussuzukuri Thai, finas fatias de salmão com lâminas de pepino, pimenta dedo de moça, leite de coco e brotos de coentro.  Os clássicos também estão garantidos como o Spicy Tuna Roll, atum levemente picante com ovas de massago e Harumaki de cogumelos e vegetais, com molho agridoce. E para adoçar a boca com afeto, o autoral Bolo Xian chega morno, recheado de brigadeiro meio amargo, finalizado com creme inglês e toque de cardamomo.

Que vista senhoras e senhores, que vista!

Av. Almirante Silvio de Noronha, 365, cobertura – Centro
(21) 2303-7080

 

 

Curta e siga:

Giro Teatral: A Dona da Historia estreia em São Paulo.

Eu sempre digo que uma peça de teatro é uma excelente ferramenta para o auto-conhecimento! Ontem fui a estreia do espetáculo A Dona da História e saí de lá não somente com risadas liberadas, mas com muita coisa para se refletir.

Angela Dippe e Luana Martau interpretam a mesma mulher em fases diferentes da vida, aos cinquenta e aos quinze anos, numa espécie de acerto de contas entre juventude e maturidade, expectativa e realidade. E que interpretação de ambas! Nunca tinha visto as duas atuarem em teatro e simplesmente eu adorei a química!

A peça conta a história de uma mulher em dois tempos distintos. Entretanto cada uma vive o mesmo tempo, seu tempo presente. Um presente que as tornaram completamente diferentes. O presente da primeira é o futuro da segunda. O presente da segunda é o passado da primeira. Poderia dizer-se que uma é imaginação e a outra é a memória, ainda que ambas coexistam.

Para mim que estou caminhando para os 50 anos foi um grande “tapa” em meu consciente, me colocou diante de uma reflexão atemporal e uma pergunta ficou no ar “Como seria a vida se as escolhas fossem outras? Que vida teríamos? Se tivéssemos escolhido fazer aquela viagem, morar em outra cidade ou país, se a profissão escolhida foi realmente a certa e dentre tantas outras perguntas agora mais do que nunca, pertinentes, quando o ritmo temporal da vida parece se acelerar a todo instante”.

Quer saber quem será a Dona da História? Vá ao teatro e se divirta com esta comédia  sucesso de público e crítica, a primeira montagem ganhou diversos prêmios e projetou mundialmente o texto, sendo traduzido para o espanhol, inglês, francês e hebraico. Agora, 20 anos depois, o grande sucesso teatral que tornou João Falcão um dos mais festejados dramaturgos e diretor brasileiro ganha nova montagem comemorativa.

SERVIÇO:
A DONA DA HISTÓRIA
Datas: 1, 2, 7, 8 e 9  de setembro de 2018
Sexta e Sábado às 21h | Domingo às 19h
Teatro OPUS (Av. das Nações Unidas, nº 4777 – Alto de Pinheiros/ 4o piso – Shopping Villa-Lobos)
www.teatroopus.com.br

Curta e siga:

Especial GIROS: Dia dos Pais.

Menu especial para comemorar o domingo com o melhor pai do mundo! Esse é o espírito do almoço/jantar do próximo dia 12 de agosto, onde os restaurantes mais badalados de São Paulo irão preparar pratos, drinques e mimos especiais para presentear uma das pessoas mais importantes da sua vida. Confira as nossas dicas e tenha um dia feliz!

MANDIOCA

Recém-inaugurado na Vila Buarque, região central de São Paulo, o Mandioca Cozinha promete explorar todas as facetas gastronômicas dessa raiz 100% nacional e 100% aproveitável. Em todo o menu, carta de bebidas e até mesmo em alguns itens do décor, a mandioca é a estrela.

A chef Madu Melo preparou um menu exclusivo e em 3 tempos para o Dia dos Pais, ao preço fixo de R$ 96. Para começar, Ceviche de Jacaré com Tucupi. Como principais, há o Purê Cremoso de Mandioca com Bife Acho e Vinagrete de Castanha do Pará ou uma opção vegana, Legumes Defumados e Lascas de Queijo Tulha. Para finalizar com doçura, mousse de cacau nativo com crocante de mandioca. No fim de semana comemorativo (dias 11 ou 12/agosto), os pais ganharão Caldinho de Mandioca com Carne Seca. No sábado, a dica é pedir o Cozido da Vó Nenzinha (ensopado de carnes bovina e suína com legumes com pirão de carne e arroz, R$ 38).

Endereço: Rua Doutor Cesário Mota Junior, 187
11 2936-9427

GRACA DI NAPOLLI

Graca di Napolli

E como domingo é dia de pizza na cidade, nada melhor do que reservar o Dia dos Pais para celebrar esse momento. Pizza com toques de alta gastronomia em ambiente despojado. Gourmet, mas sem deixar de lado o gosto e a “graça” de uma pizza com massa caseira, com ingredientes de preparo artesanal. Assim é a premiada Graça di Napolli, pizzaria localizada em Santana, zona norte de São Paulo, e que já ganhou os títulos de melhor pizzaria da cidade (júri da Veja São Paulo) e do Brasil (revista Gula). 

O diferencial da casa é a massa, que tem preparo artesanal, com fermentação natural e vários dias de descanso. No jantar especial de domingo, dia 12/08, a pizzaria oferecerá um chope para os pais que escolherem a pizza Toscanella, que reúne com molho de tomate italiano, queijo caccio cavalo, língua de boi levemente defumada e cebola roxa (R$ 85, a grande, com 8 pedaços, e R$ 42, a broto, com 4 pedaços).

Rua Dr. Cesar, 704- Santana
11- 34772030

FITÓ

Apontado recentemente pelo prestigiado jornal New York Times como “programa imperdível” em São Paulo, o Fitó, restaurante inspirado na culinária do Piauí, é dica certeira para levar os pais no domingo. No piso superior há um rooftop, uma agradável laje, bem no coração de Pinheiros.

Para celebrar a data, a dica da cozinheira Cafira Foz é o Arroz de Capote (R$ 52), preparado com galinha d’angola, favas, maxixe e farofa de miúdos com coco. Outra opção é a tradicional Carne de Sol da casa (contra-filé de carne-de-sol selado na manteiga de garrafa, com purê de cará e vinagrete, R$ 42). Para brindar, a dica é o exótico Cabeça de Cuia (Jameson, fermentado de caju do Piauí, espuma de gengibre e raspas de amburana, R$ 28). Drinques para pais de personalidade.

Endereço:Rua Cardeal Arcoverde, 2773
Tel.: 11 3032-0963

MERCEARIA DO CONDE

Multicultural e astral, a Mercearia do Conde, localizada no coração do Jardim Paulistano e sob o comando da restauratrice Maddalena Stasi, tem ambiente perfeito para reunir toda a família. Fadas e trapezistas parecem voar pelo ambiente. Quadros, pierrôs, espelhos, relicários, bicicleta, vassouras, panos de prato bordados, sacolas de feira, móbiles e artesanato variado estão por todos os cantos.

Para o fim de semana comemorativo, dias 11 e 12/agosto, tanto no almoço quanto no jantar, a casa servirá um menu completo em 3 tempos. Para começar, Bolinho de Bacalhau (R$ 42, seis unidades) e Steak de Tartar (R$ 38). Como principais, o Carré de Cordeiro (R$ 89) e o Tagliatelle com Lulas e Camarões à Provençal (R$ 82). Para finalizar, Cheesecake com Geleia de Framboesa Caseira (R$ 29). Como cortesia, os pais que pedirem qualquer um dos pratos principais do menu especial ganharão uma das caipirinhas da casa. A dica é a Caipira do Engenho (cachaça, limões cravo, siciliano e Taiti com mel de engenho).

Rua Joaquim Antunes, 217- Jardim Paulistano
11- 30817204

TORO SUSHI

Com unidades em Moema e na badalada Oscar Freire, nos Jardins, o Toro Sushi oferece excelência na culinária japonesa. Reaberta após breve reforma, a unidade da Oscar Freire tem um sushi bar recepcionando os clientes e deixando o ambiente ainda mais aconchegante, verdadeiro convite para uma viagem pelas obras de artes de sabor.

A dica para o Dia dos Pais é acompanhar no sushibar o menu-degustação e surpresa, o “omakase”, harmonizando com as cervejas especiais japonesas. São duas as opções: o Omakase (R$ 188), que reúne 7 pratos e 1 sobremesa e o Omakase Sushi (R$ 198), que reúne uma sequência de sushis e 1 sobremesa. O Omakase conta com entradas de mariscos e pescados, ussuzukuri (fatias de robalo acompanhada com shimeji confitado no azeite extra-virgem, brotos de rúcula, raspas de limão-taiti e flor de sal, ao molho ponzu), sashimis, sushis, grelhados e até opções fritas.

Já o Omakase Sushi apresenta uma sequência de nigiri sushi (feita tradicionalmente e moldada à mão com uma fatia de peixe cru sobre uma pequena porção de arroz e um leve toque de wasabi), preparada com uma grande variedade de produtos. O prato conta, primeiramente, com pescados brancos, mais leves, como o pargo ou o robalo. Os peixes brilhantes, mais fortes, como carapau e sardinha, vêm em seguida, junto de inúmeras opções de mariscos, frutos do mar e ovas. Um dia para ficar na memória e no paladar dos pais e de toda a família.

Alameda dos Anapurus, 1430- Moema. Tel: 11- 23866966
Rua Oscar Freire, 512- Cerqueira Cesar. Tel: 11- 45083195

 MICAELA

O chef Fábio Vieira vai servir um menu especial no Micaela composto por entrada, principal e sobremesa para comemorar o Dia dos Pais. No almoço do dia 12 de agosto, o Micaela abre as portas com pão caseiro de alho, molho campanha com jiló tostado, linguicinha e asinha de frango grelhadas como sugestões para a entrada (R$ 32).

O menu segue com Picanha na grelha, cebola assada e temperada acompanhada por arroz branco e feijão fradinho tropeiro para principal (R$ 68). Torta paulista de paçoca com doce de leite (R$ 18) é a sobremesa que encerra o cardápio dos homenageados. Há também a opção de pedir o menu completo por R$ 98 por pessoa. Bebidas e serviço devem ser pagos à parte.

Endereço: Rua José Maria Lisboa, 228 – Jardins – São Paulo – SP | Tel.: (11) 3473-6849

PINA

O segundo domingo de agosto ganhará um sabor especial no restaurante italiano Pina. Em homenagem ao Dia dos Pais, o chef Riccardo Rossi criou três pratos exclusivos para celebrar a data.

No dia 12, o restaurante terá como opções de principais o Risoto de funghi porcini trufa preta com pernil de cordeiro ao molho de ervas (R$ 68) e o Agnolotti de ervas e ricota de búfala com molho de ervas mediterrâneas e camarão rosa ao molho de anis (R$ 72). Para finalizar, a sugestão é a Mousse de tiramisù e laranja com chocolate equatorial (R$ 22).

Endereço: R. Jacurici, 27 – Itaim Bibi – São Paulo – SP      | Tel.: (11) 3071 2501

BISTROT DE PARIS

O chef Alain Poletto elaborou um prato especial para o Dia dos Pais no Bistrot de Paris. Exclusivamente no domingo, dia 12 de agosto, o restaurante vai servir o Stinco de vitela ao mel e vinagre da casa com raspas de limão confitado (R$78). A comemoração ainda conta com uma cortesia: quem optar pelo prato, ganha como sobremesa a famosa mousse de chocolate do chef. Bebidas e serviço devem ser pagos à parte.

Endereço: Rua Augusta, 2542 – Jardim Paulista – São Paulo – SP || Telefone: (11) 3063 1675

 MAKSOUD PLAZA

Para celebrar o Dia dos Pais, o 150 Maksoud, restaurante com gastronomia internacional do Maksoud Plaza, preparou uma programação surpreendente, que irá além de um delicioso brunch. Durante a comemoração, com o propósito de deixar o clima ainda mais especial e divertido, os pais terão a oportunidade de vivenciar a preparação do famoso Gin Tônica.

Haverá a presença de especialista da Beefeater, que dará uma introdução sobre a história do gin, além de compartilhar curiosidade sobre uma das mais famosas destilarias do mundo. E para colocar essa experiência em prática, pais e filhos terão ainda a oportunidade única de aprender com o bartender Alex Sepulchro, do renomado Frank Bar – situado no lobby do Maksoud Plaza e que está na lista dos 100 melhores do mundo – a preparar o clássico e icônico drink. 

Brunch no valor de R$ 154 por pessoa, inclui open bar de cerveja, todas as bebidas não alcoólicas (refrigerantes, água, suco e café 3 corações), música ao vivo, workshop de drinks e um ambiente muito agradável no lobby do Maksoud. O estacionamento também faz parte do pacote. Valores acima de R$ 900 poderão ser pagos no cartão de crédito em até três vezes sem juros.

Para mais informações e reservas, é só entrar em contato pelos telefones (11) 3145-8000 e 0800 134411 ou via e-mail, no endereço maksoud@maksoud.com.br. 

Local: Restaurante 150 Maksoud – Hotel Maksoud Plaza- Maksoud Plaza – Rua São Carlos do Pinhal, 424 
Data e horário: 12 de agosto – 12h30min às 16h / Aulas de drinks: duas sessões – 13h e às 14h

 

Curta e siga:

Principal Festival orgânico em São Paulo, acontece em agosto.

E o universo orgânico a cada dia que passa vai se espalhando pelos 4 cantos mundo, ganhando muitos adeptos todos os dias, que desejam uma qualidade alimentícia melhor para a sua vida. Pensando nisso a chef Leia D, criou já alguns anos o primeiro festival gastronômico do setor, o Festival de Gastronomia Orgânica da Terra Ao Prato.

Em 2008, o evento completa sua decima edição com atrações inéditas de chefs renomados da gastronomia brasileira, entre eles; Renato Oliveira, do Mocotó, que dará uma aula inédita, onde vai ensinar a galera a fazer tapiocas veganas; quem também irá contribuir com sua expertise é a Telma Shiraishi, do Aizomê, que dará uma aula sobre a versatilidade das algas marinhas e dos vegetais do mar (veja no site do evento a programação completa das aulas).

Além das aulas, você também poderá conhecer melhor alguns produtores orgânicos locais que estarão expondo produtos exclusivos e tendo a chance de sair de lá entendendo melhor esta gastronomia consciente e sustentável que nada mais é, a filosofia do evento.

Venha você também fazer parte deste universo incrível no próximo final de semana, em SP, no Parque Villa Lobos (Dias 4 e 5/08), repleto de sabores e saberes. Vale dizer que pets também são muito bem-vindos!

Serviço
Parque Villa Lobos- São Paulo
4 de agosto – 5 de agosto
4 de Ago às 10:00 a 5 de Ago às 18:00

Curta e siga: