Enoturismo em Portugal: Descubra o Esporão, Quinta dos Murças e Quinta do Ameal.

 

Portugal ultimamente não é apenas um dos destinos preferidos dos brasileiros, mas também tem sido nos últimos tempos o paraíso para quem gosta de enoturismo. O país possui grande vinícolas para viajantes que querem focar no gastroturismo lusitano. Selecionamos três vinícolas para quem deseja conhecer de perto e se encantar: Herdade do Esporão, no Alentejo; Quinta dos Murças, no Douro e Quinta do Ameal, na região dos Vinhos Verdes.

Se você está de malas prontas para visitar nossos conterrâneos, que tal dar uma esticadinha em um destes produtores de vinho e se encantar com seus campos e vinhos?!

HERDADE DO ESPORÃO

Alexandre Delmar

No coração do Alentejo, em Reguengos de Monsaraz, o Esporão possui um completo e reconhecido programa de enoturismo, destinado aos entusiastas da cultura do vinho e da gastronomia alentejana.

Para quem deseja conhecer melhor o processo de produção dos vinhos, destaque para a visita às Adegas e Caves subterrâneas, além das diversas opções de degustação de vinho: prova vertical (4 safras de anos diferentes), prova nas barricas e prova cega com exercício de aromas. A visita ao lagar de azeite seguida de degustação também faz sucesso entre os visitantes, assim como ida à simbólica Torre do Esporão e ao Arco do Esporão, datadas dos séculos XV e XVI.

Além disso, os turistas podem fazer um passeio de bicicleta pela propriedade e também entre as vinhas para descobrir as interessantes técnicas de plantação sustentáveis. Vale conhecer o restaurante do Esporão, uma cozinha de terroir.

QUINTA DOS MURÇAS

Localizada às margens do Rio Douro, a Quinta dos Murças caracteriza-se pela diversidade dos seus oito terroirs. O turista pode se hospedar na casa da Quinta (5 quartos), podendo assim vivenciar a vida no local e usufruir dos jardins, da piscina e participar da rotina no campo, na adega e até na cozinha.

Além disso, visita às vinhas, degustação de vinhos e azeites e passeios pela propriedade estão entre as atividades. Destaque para a especialíssima prova do vinho VV47 – da vinha vertical mais antiga do Douro, plantada em 1947 – com comentários do enólogo da vinícola,

QUINTA DO AMEAL

Uma pequena e charmosa propriedade no Vale do Lima, na região de Vinhos Verdes. Com produção inteiramente ecológica de vinhos brancos, oferece ao turista hospedagem em quartos decorados e repletos de conforto. Degustação dos vinhos Quinta do Ameal Clássico Loureiro, Ameal Solo e do vinho de sobremesa Ameal Special Harvest, além de passeios a pé nas montanhas e de bicicleta chamam a atenção dos visitantes.

A Quinta do Ameal é muito procurada por quem gosta do clima bucólico, de estar junto à natureza sem abrir mão da sofisticação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Curta e siga:

Conheça sete hotéis espetaculares com vinícolas ao redor do mundo.

Tendência mundial cada vez mais procurada, o turismo enogastronômico promove muitas experiências que vai além do vinho. Nessa toada, sugerimos cinco hotéis excepcionais e suas vinícolas sublimes, para uma jornada memorável no fantástico universo de Baco, enquanto se desfruta do conforto de uma hospedagem de luxo. Embarque em uma destes lugares, e seja feliz!

– Dalaire Graff, Stellenbosch, África do Sul

Famosa pelas suas incríveis savanas, repletas de animais fantásticos, como os incríveis leões africanos, zebras, girafas, elefantes e outros tantos bichos incríveis, a África do Sul esconde sob seus domínios uma outra faceta pouco conhecida do público em geral. Na cidade de Stellenbosch, a pouco mais de uma hora de carro da Cidade do Cabo, há um verdadeiro oásis para os apaixonados por vinhos. Construído por um bilionário inglês, o complexo Delaire Graff abriga em suas dependências uma vinícola de renome internacional – cujos clientes habitués são nada menos que Oprah Winfrey e o Sudão de Brunei – um charmoso hotel boutique e dois restaurantes de alta gastronomia. Isso sem falar no belíssimo cenário no qual o empreendimento está inserido, nas esculturas espalhadas pela recepção – parte da coleção do magnata dono do lugar, – e nos vinhos, é claro… 

– Les Sources de Caudalie, Bordeaux, França

Localizado no coração da região de Bordeaux, entre as vinhas do lendário Château Smith Haut Lafitte, o hotel Les Sources de Caudalie, o único Palace na região bordalesa e também único Palace francês em um vinhedo, oferece um grande atrativo para os enófilos de plantão: o primeiro SPA de vinoterapia do mundo. Uma vez no local, é possível desfrutar de tratamentos com cremes à base de vinho, uvas e sementes. Cabe destacar ainda a gastronomia local, já que o hotel oferece aos seus hóspedes e clientes três restaurantes incríveis, sendo um deles – o La Grand’Vigne – premiado com duas estrelas Michelin. Todos estão sob a batuta do chef Nicolas Masse e são ótimas sugestões para harmonizar os rótulos locais, que carregam uma tradição de mais de 650 anos com os pratos servidos.

– Vik, Chile

Queridinho dos brasileiros, o Chile alcançou o status de destino da moda no Brasil e vem fazendo jus à popularidade que conquistou. E uma das sugestões da Interpoint no país andino é a Vinícola Vina Vik & Puro Vik, uma das mais luxuosas de todo o Chile. A apenas duas horas de Santiago, a Vik não é uma simples vinícola. Ela é um conceito, que engloba design arrojado, hotelaria estrelada e a produtora de um dos melhores vinhos chileno. O hotel, aliás, guarda uma peculiaridade: cada quarto foi assinado por um artista renomado – em sua grande maioria chileno – e as acomodações oferecem janelas panorâmicas com vistas de tirar o fôlego para as vinhas, vales, bosques, montanhas e, claro, a Cordilheira…

– Relais II Falconiere & SPA, Cortona, Itália

Na velha bota, a sugestão é o imponente Relais II Falconiere, situado em uma esplêndida residência datada do século XIX, entre a Úmbria e a Toscana, na belíssima região de Cortona. Com vista para as vinhas, a casa, que foi perfeitamente restaurada, foi morada do poeta António Guadaglioni. Os quartos refletem a elegância simples, típica das vilas toscanas e estão espalhados por diferentes áreas do complexo, dando um toque extra de charme e sofisticação à hospedagem. Destaque para a gastronomia local, que é acompanhada por grandes vinhos, como os da casa Baracchi e suas vinhas e adegas, repletas de opções de inigualável sabor.

– Six Senses Douro Valley, Viseu, Portugal

Portugal é um charme só e os vinhos portugueses, na sua grande maioria, são magníficos. Mas nem só de Lisboa e Porto vive um roteiro focado no enoturismo pela terrinha. Para degustar os melhores rótulos que o país tem a oferecer é preciso esmiuçar ainda mais a pátria lusitana. E uma boa dica é o hotel Six Senses Douro Valley, no distrito de Viseu, próximo a cidade de Lamego. Premiado recentemente pelo Best of the Best do Virtuoso no quesito design, o hotel privilegia a calmaria local em seu projeto arquitetônico e filosófico. Cravado no alto da colina do Rio Douro e cercado pela natureza de todos os lados, a vista é incrível, sobretudo para os vinhedos. E por falar neles, não se esqueça de visitar a exclusivíssima adega do hotel, que conta com mais de 700 referências na Wine Library para entender melhor e apreciar um pouco mais os rótulos escolhidos

Curta e siga:

Guia oferece roteiros pelo mundo para os apaixonados por vinho!

Eu curto um guia de viagem, sobrevivi há muitas trips, graças as expertises de quem os escreve, inclusive está na minha lista das “100 coisas para se fazer antes de morrer”, escrever um guia para gastroturistas, mas enquanto esta grande oportunidade não chega, vou indicar um que caiu nas minhas mãos, um guia bacanérrimo que servirá para quem está buscando as principais vinícolas mundo afora.

O livro “Viagens Vinho Histórias“, do blogueiro Milton Assumpção contém dicas das principais regiões produtoras de vinhos em países como França, Itália, Portugal, Argentina e Chile. Viajante apaixonado e amante de bons vinhos, o autor divide com os leitores recomendações e sugestões para que os turistas possam programar melhor suas viagens a essas regiões.

A linguagem é  simples, quase como um bate-papo entre amigos, o guia também contém dicas que ajudam também os viajantes menos experientes, orientando-os na escolha das regiões, melhor época para a viagem e em como marcar as visitas às vinícolas. “O conceito básico do guia é oferecer ao leitor recomendações e sugestões que o ajudem a programar melhor suas viagens”, explica Assumpção.

Se está procurando uma viagem com foco no enoturismo, este guia vai te ajudar e muitooooo!

Ficha Técnica
Título: Viagens Vinhos Histórias
Autor: Milton Assumpção
480 páginas- 2017

 

Curta e siga:

Conferindo o filme Saint amour — Na rota do vinho

É quase raro, mas quando acontece este fenômeno, eu acho uma delícia! Fui conferir uma história no cinema neste último domingo (6) e saí de lá com uma outra narrativa. O filme Saint Amour – Na Rota do Vinho, não é uma película apenas para quem quer se esbaldar em histórias enófilas, cenários franceses paradisíacos ou está morrendo de sede.

O ponto central da história é a relação desequilibrada entre o pai Jean (Gérard Depardieu) e Bruno (Benoit Poelvoorde). Triste por ver o seu filho entregue ao alcoolismo e a uma tristeza absoluta, Jean tentará uma aproximação com o herdeiro durante uma turnê pela região vinícola da França. Para que os dois vivam esta intensa jornada cheia de revelações, bebedeiras e brigas, o taxista Mike (Vincent Lacoste) é contrato para ser o motorista nesta viagem cheia de aventuras e surpresas e vá de alma aberta para todas elas!

Muito difícil resistir ao charme sempre divertido de Depardieu, sem contar a química poderosa entre os dois atores, que sabem aliar ternura e decadência. O vinho participa ativamente da história, mas não é o protagonista, não se empolgue com isso.

De resto você verá um filme lindo, onde amor, paciência, tolerância e novas paisagens são as curas, para qualquer situação emocional que a vida prega na gente.

Filme francês nunca decepciona, Saint Amour muito menos! Adorei…….

Dá uma espiadinha no trailler;

Curta e siga: