Fairmont Rio recebe peruano Franco Noriega.

Dia 20 (amanhã) no Fairmont Rio de Janeiro, o chef-executivo do hotel Jérôme Dardillac e o chef convidado Franco Noriega farão um jantar especial, no Marine Restô

O chef peruano é o primeiro convidado do restaurante do Fairmont Rio em 2021,com menu de cinco tempos aberto por uma seleção de tapas assinada pelo peruano: amuse-bouche, tostada de atum vermelho fresco com salsa de anticucho, seguida por entrada fria de ceviche misto com leite de tigre e, na sequência, entrada quente de espetinho de frango com molho de Aji Panca.

Como prato principal, o francês Jérôme Dardillac oferece corte Angus assado no Josper com molho Bearnaise, acompanhado de batata rústica com alho na brasa e manteiga de carvão. A sobremesa “Vacherin com sorbet de coco e maracujá com frutas vermelhas e chantilly de baunilha Bourbon”, da chef-pâtissière do Fairmont Rio, Letícia Cruz, encerra o jantar.

Franco Noriega é hoje um dos mais bem sucedidos empresários da gastronomia novaiorquina. Com seu primeiro e principal endereço inaugurado em 2016 no West Village, o grupo de restobars e catering Baby Brasa rapidamente se tornou uma sensação local, servindo pratos de inspiração peruana  e coquetéis sazonais exclusivos.

Todos os eventos realizados no Fairmont Rio seguem rígidos protocolos de segurança AllSafe, da Accor, chancelado pela certificação Bureau Veritas, a fim de garantir uma experiência ainda mais segura e agradável a todos os presentes.

Baby Brasa @ Fairmont Rio – Jérôme Dardillac convida Franco Noriega

Fairmont Rio de Janeiro Copacabana – Marine Restô – Av. Atlântica 4240, Copacabana. Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20 de janeiro de 2021
Horário: 19h30
Valor: R$ 250 por pessoa +10% (sem bebidas) | R$ 350 por pessoa + 10% (menu harmonizado)

Reservas:   https://fairmontrio.com/marine-resto/ | eventos@fairmont.com | (21) 2525-1232

A singularidade do Hotel Santa Teresa Rio MGallery

O legal de Santa Teresa é que nem parece que você está no Rio de Janeiro atual. O bairro faz referência aos bons tempos cariocas, e no alto de sua serra, promove um dos pores do sol mais bonitos da cidade, sem contestação! E se você quiser ter este privilégio todos os dias neste bairro queridinho dos cariocas, então ficar hospedada no Santa Teresa Rio MGallery é quase uma agradável obrigação.

Além da maravilhosa localização, o hotel boutique foi criado em um casarão histórico de 1850, um refúgio urbano até para quem apenas quer fugir um pouco de sua própria casa. Por aqui você só ouvirá o barulho dos pássaros, e todos os outros sentidos entrarão em sintonia com o passar das horas. Porque além de um dos 44 quartos maravilhosos que te proporcionará serenidade e descanso à sua visão, aqui você certamente terá sua memória gustativa preenchida por ótimas lembranças de um almoço no restaurante Térèze, ou mesmo sua audição saciada durante shows de jazz que poderão ser curtidos no Bar dos Descasados com bons drinks. Aqui neste Éden tudo é possível!

Os apartamentos são muito confortáveis, com ótima luz e um décor bem tropical, com móveis assinados por Rock Lane e Carassas. Adorei as peças de madeira representando diversos bichos! E cuidado: a cama King Size pode ser uma armadilha estonteante para um corpo cansado… Quando cheguei fiquei três horas seguidas nela, e sem arrependimentos! Todos os quartos estão ligados a jardins ou possuem vistas para as montanhas, e todas as comodidades possíveis e imagináveis, como TV a cabo, wi-fi, frigobar, ar condicionado, cofre e outros mimos estarão ao seu dispor a qualquer hora do dia.

Eu já conhecia o Térèze de outros giros, o casual bistrô, além de proporcionar aos visitantes um clima agradabilíssimo com sua vista de tirar o fôlego, possui uma gastronomia local bem curiosa e cheia de frescor. É através das mãos criativas do chef paulista Pedro Franco que você poderá provar maravilhas, como a delirante combinação Cru de Crustáceos (R$55,00) com maçã verde, aipo, molho de maracujá. Muito frescor você encontrará nesta receita que pode parecer um ceviche, mas não é! Outra sugestão é a Namorado (o peixe do dia), com creme de bobó de camarão, pico de galo e saladinha de brotos (R$86,00); peixe macio, de sabor leve e delicado, fez um ótimo dueto com o creme maravilhoso de camarão, que estava sutilmente adocicado e ganhou mais sabor com o vinagrete mexicano apimentado. Detalhe importante é o chef quem também assina as gostosuras que você provará no café da manhã, e serão muitas para os que acordam famintos, um oásis de comidinhas leves, macias e com sabores incomuns quando se trata de breakfast de hotéis.

Bairro delicioso, hotel mais ainda, que possui uma história singular e onde cada detalhe é único. Passei dias de aconchego e felicidade aqui no Hotel Santa Teresa, onde tudo é inspirador e a hospitalidade brasileira nos dá muito orgulho!

Serviço
Endereço: Rua Almirante Alexandrino, 660 – Rio de Janeiro
Telefone: (+55 21) 3380-0200
E-mail: hotelsantateresa@accor.com
www.santateresahotelrio.com

Paraty anuncia Festival Gastronômico em dezembro.

A charmosa cidade de Paraty, acostumada a receber eventos e festivais, teve de rever seu calendário cultural neste 2020 atípico. A agenda foi adaptada à nova realidade e aos protocolos de segurança, dentro do programa “Paraty Espera Por Você”. Edições online foram sugeridas pelos próprios organizadores, diante das dificuldades logísticas e o risco representado por possíveis aglomerações.

Entre as boas notícias, o fim do ano chega temperado com o Festival Gastronômico de Paraty, que acontecerá presencialmente, de 4 a 6 de dezembro. A produção do Festival planeja um evento enxuto, com foco na participação online dos chefs convidados, e investir no circuito Gastronômico nos restaurantes, que vão preparar pratos especiais e temáticos.

Para esta edição, o tema é “Raízes”, no sentido literal da palavra: mandioca, batata doce, cenoura, beterraba, taioba de dedo…entre outras, mas também um motivo para explorar a base da identidade culinária local. Além dos tradicionais pratos especiais nos mais de 30 restaurantes participantes do Circuito, o evento terá aulas-show na Capelinha N.S. das Dores, um dos cartões postais de Paraty.

Participarão ainda os produtores locais, os chefs da cidade e os tradicionais artesãos, valorizando as razões pelas quais Paraty recebeu o título de Cidade Criativa e Patrimônio da Humanidade pela Unesco.  “Será um evento para saborear, em todos os sentidos, tanto pelo tema, raízes, como pela força de transformação que o setor gastronômico sempre teve e terá na nossa sociedade” diz Georgia Joufflineau, uma das organizadoras do Festival.

Villa Romana – Um novo conceito de hospedagem

Você já teve a sensação de se hospedar em um lugar onde você literalmente se sentiu no paraíso? O Villa Romana, da proprietária Erica Viana, em Búzios, poderá lhe proporcionar esta alegria. Os dias que passei em sua Guest House foram de total contribuição para o meu bem-estar físico e emocional.

E como contribuiu? Primeiramente a localização, de cara pude contemplar um cenário maravilhoso em seu deck. A Villa fica na Praia do Canto, que abriga casas e mansões por toda a sua extensão. Tem uma estreita faixa de areia fofa e as águas do mar são geralmente quentes. Sempre começava meu dia após uma caminhada na Orla Bardot dando um belo mergulho no mar, sem pressa. É algo que valerá muito a pena enquanto estiver hospedado por lá. Mas se a sua pegada é fazer compras, ir a restaurantes e bares, a Guest House está a 100 metros da famosa Rua das Pedras, um dos cartões postais mais famosos de Búzios.

A antiga casa de pescadores, foi pensada por um arquiteto italiano que conseguiu realizar o sonho dos proprietários: um lugar todo de paredes e móveis brancos, clean, minimalista, recheado com obras de arte, e que remetesse às casas de veraneio gregas e italianas. Eu gosto muito deste tipo decoração, despretensiosa mas com estilo. Logo na entrada você dará de cara com uma grande sala arejada, onde os hospedes poderão tomar seu café da manhã, receber visitas ou até mesmo socializar com os outros visitantes. Erica é uma das pessoas mais gentis que conheci durante todos os meus anos de hospitalidade. Não hesite em conversar com ela quando estiver com tempo livre, ela é uma ótima contadora de histórias e uma profunda conhecedora da cidade, era sempre um prazer tê-la por perto. Além disso, é ela mesma quem irá te servir o aconchegante café da manhã. O café proposto é algo simples, mais muito eficaz e saboroso: frutas, um bolinho feito em casa, pães, suco, frios e um cafezinho passado na hora. Não existe na Villa serviço de restaurante, mas a Erica é uma ótima cozinheira e se você pedir com jeitinho, ela pode preparar um delicioso almoço ou jantar para você.

A casa possui 5 suítes, todas com ar condicionado, closet, TV, Wi-Fi e uma cama King Size. Em cada quarto há um pouco da história da anfitriã, que há 5 anos converteu a propriedade particular em uma casa de acomodação: objetos de arte, quadros, móveis antigos e estátuas romanas. Tudo na casa desperta a curiosidade, a cada dia era uma nova descoberta para mim!

Ver o pôr do sol da varanda pode ser uma experiência maravilhosa em um dia de céu azul. E tomar vinho na beira da piscina contemplando uma noite estrelada certamente será algo interessante. O legal daqui é que você pode ter experiências sem precisar sair de casa. Ah! E toda a equipe está sintonizada com os protocolos de segurança devido à pandemia.

O Villa Romana é bacana porque irá te proporcionar cenários idílicos e inesquecíveis. Quando saí de Búzios tudo começou a fluir melhor em minha vida e esta calibração certamente acontecerá na sua também. Vale a visita!

Serviço

Villa Romana
Rua Maria Joaquina 170 – Praia do Canto – Búzios – RJ
Contato: villaromanabuzios@gmail.com
Instagram: @buziosvillaromana
Diárias: R$400,00 (em Novembro de 2020)

Tereze: Pratos autorais com ótimas fusões

Esta semana, passando pelo Rio de Janeiro, tive a oportunidade de revisitar um dos restaurantes que possui uma das vistas mais charmosas da cidade, o Tereze que fica anexado ao luxuoso Hotel Santa Teresa, no bairro que leva o mesmo nome.

O lugar além de exalar um charme inigualável, com pouca iluminação e  mesas bem espaçadas, onde os casais podem ter total privacidade durante seu almoço ou jantar, está com chef novo, o paulista Pedro Franco (ex-Fasano), que propõe uma reformulação total no menu do restaurante –  que sempre seguiu uma linha mais “afrancesada” em seus pratos. Agora o que encontramos, além de um cardápio mais enxuto, são muitas combinações fresh, sem glúten e algumas curiosidades veganas.

Iniciamos nosso jantar com Cru de Crustáceos (R$55,00) com maçã verde, aipo, molho de maracujá. Muito frescor você encontrará nesta receita que pode parecer um ceviche, mas não é! Este prato se sobressai, vai além de todas as expectativas. Eu pensava, a cada garfada, que acabava de encontrar um novo jeito de comer crustáceos, saindo da mesmice. Juntando o molho de maracujá , era uma explosão de sabores. Começamos bem!

Minha estadia no Rio de Janeiro já durava uma semana, comendo muito peixe e crustáceos. Já estava na hora de me aquecer com umas proteínas mais tenras. Então quando li no menu, não resisti, e fui de Maminha Curada (R$51,00), com espuma de queijo e teriaki de rapadura. Horas de curamento resultam em uma carne firme, macia e com um acabamento impecável. Os coadjuvantes (a espuma de queijo e o teriaki) também causaram entusiasmo quando os agregava à carne, mas confesso que só ela já “dava match”. Carnívoros, enjoy!

Pratos principais? Escolhi primeiramente o Stracotto Bovino (R$74,00) com mini legumes, salada de fava e vagem. Vale ressaltar a beleza do prato, tudo composto com esmero, onde o colorido dos ingredientes cria uma sinergia no clássico italiano, que chegou à mesa acompanhado de um molho espesso brilhante, bem cozido e com a carne cortada em cubos corpulentos e macios. Um belo prato para os dias frios.

 

Mas o preferido da noite foi o Namorado (o peixe do dia), com creme de bobó de camarão, pico de galo e saladinha de brotos (R$86,00); peixe macio, de sabor leve e delicado, fez um ótimo dueto com o creme maravilhoso de camarão, que estava sutilmente adocicado e ganhou mais sabor com o vinagrete mexicano apimentado. Que prato espetacular, com sabores intensos e texturas levíssimas.

E para fechar com “Chave de Ouro” nossa experiência carioca, escolhi a sobremesa que vai ficar na memória afetiva para todo sempre:  Pavlova (R$28,00) com frutas vermelhas e sorbet ácido. Um super doce, onde as frutas cítricas faziam, a cada garfada, um contraponto interessante. Sobremesa dos Deuses, sem contar a sua beleza descontruída. Foi paixão à primeira garfada.

Havia muito tempo que não me sentava por 4 horas em uma mesa de restaurante, uma ótima sensação após meses de confinamento. Sem contar a simpatia do chef e de toda a sua equipe,  sempre  dispostos a atender seus desejos mais secretos ( risos ). Comida boa, vista maravilhosa e serviço atencioso. Amei, quero voltar!

Serviço
R. Felício dos Santos, 15 Santa Teresa, Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro 20240-240+55 21 3380-0259
Dom 07:00 AM – 11:00 AM 12:00 PM – 4:00 PM
Seg 07:00 AM – 10:00 AM
Qua 12:00 PM – 4:00 PM 6:00 PM – 10:00 PM
Qui 07:00 AM – 10:00 AM 6:00 PM – 10:00 PM
Sex 07:00 AM – 10:00 AM 6:00 PM – 10:00 PM
Sáb 07:00 AM – 11:00 AM 12:00 PM – 4:00 PM