Jacarandá: Belo jardim e clássicos estonteantes da casa.

E eu nunca me canso de aparecer aqui, infelizmente não tanto quanto gostaria, o Jacarandá é um dos meus lugares preferidos na Capital Paulista, e não somente por causa de seu jardim gracioso e menu aconchegante,  aqui rola uma sinergia com a qual a gente não esbarra sempre em se tratando de restaurante.

Aqui se recebe bem um cliente, e para mim serviço bom é tudo! Como a gente já não aparecia há algum tempo, vim também conhecer o novo chef da casa, que propõe um menu com inspirações latinas sul-americanas com sabores intensos e ingredientes fresquíssimos.

Iniciamos nosso jantar com uma Burrata Artesanal (R$46,00), com tomate grelhado, azeite e rúcula selvagem. Sem exageros, este queijo fresco e cremoso foi um dos mais suculentos que provei nesta existência: capa firme, interior meio liquido, meio pastoso, bom equilíbrio interno que se esparramava pelo prato. Os tomates adocicaram o que já estava perfeito. Alvíssimo!

Depois foi a vez do Jamón Serrano “Salamanca” (R$38,00) com pão fresco e molho de tomate. Jesus, que combinação fresca! O presunto é delicadamente abraçado pelo pão vicejante e o delicioso molho de tomate doce. Uma combinação desta sempre é bem-vinda ao meu paladar, e a cada mordida eu só sabia agradecer aos céus por existir jamón em nossas vidas.

Tem um clássico da casa que é impossível ignorar, muito menos dispensá-lo em sua primeira visita, o Terra e Mar (R$88,00). Arroz de camarão e porco com cogumelos orgânicos e parmesão. Que dueto, minha gente! A “brincadeira” aqui é você sentir o sabor de cada ingrediente e a sinergia quando eles se encontram a cada garfada.  Uma combinação elaborada de Surf and turf, um movimento gastronômico que veio para ficar. A química perfeita!

Outra lindeza que chegou à mesa foi a Bondiola de Porco (R$66,00). Copa lombo de porco com spaetzel de mandioquinha, folhas e picles de mostarda. Além de um visual sofisticado, a carne estava no ponto perfeito, suculenta e fácil de mastigar. O macarrão alemão estava leve e neutralizou o molho pronunciado da carne, fazendo um contraponto interessante com os picles, que deram uma incrementada com seu sabor intenso.

Por aqui vai ser difícil escolher só uma sobremesa, experimentei algumas, e quem se destacou entre as delícias da noite foi o Vulcão de doce de leite e sorvete de canela (R$34,00). Parece um petit gauteau mais é melhor: massa macia e um recheio de doce de leite quente dos bons, porque não enjoava a cada garfada. O sorvete de canela corta um pouco do doce excessivo trazendo suavidade e um toque anestésico à língua. Adorei!

Ainda não satisfeita levei as empanadas do chef para o namorado que não pôde estar comigo esta noite. E estava uma delíciaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!

Lugar lindo de morrer, comida boa, drinks refrescantes, muito aconchego e se estiver animado ainda tem um bar de jazz no subsolo do restaurante, o Raiz, um sonho! Jacarandá é um restaurante que vale a pena conhecer em São Paulo.

Serviço

Jacarandá

Endereço:
Rua Alves Guimarães, 153 – Pinheiros, São Paulo
Horário:
De domingo a quinta-feira das 12:00 às 23:00
Sexta-feira e sábado das 12:00 à 00:00
Telefone:
(11) 3083-3003

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Curta e siga:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *