Recanto da Traíra: ótimos pescados com toque de brasilidade.

Há 75 km quilômetros de distância, em Guararema, fomos desbravar um novo espaço gastronômico que meu amigo Didu Losso insistia que eu deveria conhecer, o restaurante Recanto da Traíra. O lugar arejado, com décor rústico e nome simpático, oriundo do peixe famoso da região, tem a filosofia da comida brasileira.

Nenhuma descrição disponível.

Iniciamos nosso almoço, que por sinal estava animadíssimo, com o Palmito Flambado no Jack Daniels (R$47,00). O mais legal de tudo aqui é a montagem e a execução do prato. Assim que a flambagem dos palmitos era feita por um maçarico, o cheiro do whisky ia exalando até as minhas narinas, até todos os meus sentidos ficarem anestesiados. Além disso estavam macios e pouco fibrosos, e o toque alcoólico deu refrescância e suavidade ao meu palato.  Uma bela sacada!

Nenhuma descrição disponível.

Aqui no restaurante o que reina são os crustáceos e os pescados, então começamos com os Camarões Fritos (R$79,00). Petisco ideal para acompanhar com um drinque ou uma cerveja, os crustáceos rosados, macios, de casquinha crocante e bem temperados com várias ervas aromáticas, são servidos em uma porção farta. Confeccionados super corretamente!

Nenhuma descrição disponível.

Eu estava curiosa para provar o Camarão à Parmegiana (R$99,00), seria uma experiência inédita na minha vida gourmetizada e confesso que em um primeiro momento esta receita não inspirava confiança ao meu palato, felizmente após a primeira garfada percebi que eu estava enganada! Os crustáceos empanados estavam macios. A iguaria repleta de molho de tomate fresquinho e muito queijo gratinado, camuflava seu sabor original, normal, como toda receita parmegiana. Se você é de origem romântica de uma boa variação parmegiana, deve provar este aqui!

Nenhuma descrição disponível.

Na sequência provamos o queridinho da cozinha do restaurante, seu famoso peixe Traíra (R$85,00 à R$135,00 – valores variam de acordo com o peso do peixe), que chega à mesa majestoso, de corpo roliço e alongado. Como é de água doce, apresenta um gosto mais suave e adocicado. Bem executado, crocante, com um toque levemente espesso na superfície e macio por dentro.

Nenhuma descrição disponível.

Finalizamos com a Rechaud de Picanha (R$117,00), que vem com feijão, fritas, farofa de alho, vinagrete de cebola e o molho da casa. Visual bonito, mas infelizmente a carne passou do ponto, mal executada, dura, sequinha, coloração escura, tive dificuldades no corte e na mastigação. O forte do lugar são os pescados, concentrem-se neles, carnívoros.

Nenhuma descrição disponível.

E ainda tínhamos fôlego para a sobremesa, então experimentamos o Gran Gateau (R$42,50). Apenas uma intervenção, você precisa estar muito afim de glicose para encarar esta sobremesa recheada de coisas boas e doces. Um festival de texturas e sabores infinitamente marcantes. Foi difícil chegar até o fim!

Nenhuma descrição disponível.

O Recanto da Traíra é um lugar bonito, com vista agradável, muita área verde para crianças brincarem e os pais curtirem um pouco de paz em uma de suas redes. Serviço atencioso, preços camaradas e comida boa e sem frescura. Vale o passeio e a experiência. Quero voltar!

Recanto da Traíra
R. Álvaro Campagnoli, 800 – Guararema – SP
Telefone: (11) 4693-5328 / 4695-4581 / 97231-5003
E-mail: recantodatraira.adm@gmail.com
Horário: Aberto aos Sábados, Domingos e Feriados – Das 12h às 17h

Crédito Imagens: Roberto Salgado

J1: Restaurante acessível de Jun Sakamoto.

Recentemente fomos visitar um dos novos espaços, na Capital Paulista do chef Jun Sakamoto, o J1, no Shopping Villa Lobos. O lindo ambiente foi projetado por Octavio de Santis: elegante e intimista, com móveis de madeira escura, parede de tijolos aparentes e uma cozinha aberta aos fundos do salão. Outro detalhe imperdível são as louças de Shugo Izumi e cerâmicas produzidas sob medida por Flavia Mendes, que chamam a atenção pelo design e a delicadeza de cada peça.

Iniciamos com entradas maravilhosas como o Tartare de Atum (R$26,00), além de uma belíssima apresentação, o peixe é finamente picado na ponta da faca de forma precisa, exalava frescor e sabor delicado, além de criar sinergia maravilhosa com as pequenas ovas de capelin.

Outra entrada tentadora, são seus Camarões crocantes na maionese de wasabi (R$26,00). Os crustáceos macios, são empanados com massa de arroz, que traz ao palato uma crocância inigualável. A raiz forte com sabor pronunciado, sem exageros  fez um contraponto interessante nos adocicados camarões.

Também curtimos o Cogumelos na Manteiga (R$35,00) Shimeji, shitake e Henrigue são o trio que compõe este prato simples, gostoso e bom a qualquer hora. Chega à mesa com execução elaborada, bonito de se ver. Vale o espetáculo!

A cozinha fria inclui sushis, uramakis, sushis personalizados e combinados de diversas formas. O ponto, temperatura e sabor adocicado do arroz são impecáveis, assim como o corte e a temperatura dos peixes. Os sushis podem ser de robalo, linguado, vieiras (meu preferido: tenras, goras e doces), carapau, atum, entre outros

Sobremesa não é o forte, mas o Sorvete de maçã verde com gelatina de saquê é refrescante (R$17,00),

Enquanto não reabre o restaurante, devido a pandemia do Covid-19, alguns pratos de nossa degustação podem ser pedidos pelo delivery. Mas torcemos para que tudo volte ao normal brevemente e vocês possam conhecer as maravilhas da cozinha do chef Jun Sakamoto ao vivo, sempre impecável!

Serviço

J1
Endereço: Shopping VillaLobos – Av. das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros – Piso Térreo.
Tel.: 3588-8778. Capacidade: 110 lugares.
Horários de funcionamento: 2ª a 5ª feira 12h às 15h-19h às 22h/Sex 12h às 15h-19h às 23h/Sab 12h às 23h/Dom 12h às 22.
Ar-condicionado. Wi fi gratuito. Estacionamento no shopping. Acesso para deficientes com mobília adaptada.

Crédito Imagens: Roberto Salgado

A Chacrinha: Bar a Céu aberto e comidinhas levadas a sério!

Um dos lugares mais arborizados que você poderá encontrar para dar um relax do cotidiano sufocante que nós, pobres brasileiros, estamos enfrentando nos últimos tempos, se chama A Chacrinha: um espaço leve que transita entre os universos de bares, restaurantes e espaços para quem quiser se manifestar. Ali tem pocket shows, yoga aos domingos, comidinhas saborosas e drinks delirantes, tem até um chuveiro para os dias quentes de verão, tudo isso num ambiente encantado, sem neuras e com muita gente bonita. Ah, e vale mencionar?! Seu idealizador, o publicitário Adriano Pires de Carvalho é uma figura a parte daquele cenário, um anfitrião nato que lhe dará as melhores dicas de drinks, comidas e afins. Não saia de lá sem o conhecê-lo

Quem comanda a cozinha é o Pedro Almeida e o Kaue Soga que fazem comidinhas despretensiosas, em brasas que emanam sabor e textura, com toques caprichados que trazem um contraponto especial para cada receita.

Iniciei com o combo de Espetinhos da Casa (R$45,00 cada): Coraçãozinho, Legumes com Bacon e Sobrecoxa mergulhada no saquê.  Aqui une sabor e praticidade, adoro esta misturada de teores e texturas. Este pedido é uma alternativa segura para os entusiastas de primeira viagem. Meu preferido? A carne de frango, macia, com uma casquinha suave e mergulhada em um molho feito à base de saquê que realçou e muito o sabor natural da carne.

Não poderia faltar em nosso happy hour a linguiça com Tomate Confitado (R$25,00), aquele clássico indispensável na vida dos botequeiros brasileiros, pois se trata de um embutido barato e versátil. Aqui o tomatinho confitado dá a leveza necessária com uma elaboração mais interessante. Bem temperado e sequinho na medida.

Sanduiches? Aqui tem os melhores, começamos com o Hot- Berlin (R$29,00), sem exagero o daqui ganha de lavada, de um dos lugares mais famosos da cidade, criado por chef 5 Estrelas; feito com pão de brioche, salsicha feita artesanalmente, azeite defumado, coleslaw, maionese, mostarda dijon e catchup da casa. Ele é todo compacto, com ingredientes bem encaixados e com um sabor que aguça os paladares mais exigentes. Dogueiros de plantão, este daqui não te decepcionará!

Aqui vegetariano tem vez e conseguirá majestosamente saciar a sua fome com o Veggas (R$29,00) feito com shitake com legumes grelhados, coleslaw, maionese caseira light no pão australiano. Pensa num sanduiche leve e cheio de especiarias que juntas potencializam uma explosão de sabores. Porque sanduíche vegetariano pode e deve ser delicioso!

Meu preferido da noite? Ficou por conta do estonteante Pulled Pork (R$29,00) no pão de brioche, com azeite defumado, mostarda dijon, maionese da casa. Primeiro sanduba da casa a gente nunca esquece: excelência na carne, que estava suculenta, pouco gordurosa, untuosa na medida certa, e aqui mais uma vez acertaram na composição dos ingredientes. Um primor.

O menu da A Chacrinha só peca em um detalhe, por aqui a gente não encontra sobremesa!

Lugar super astral, onde sua alma vai vibrar com tamanha tranquilidade, espaço único em São Paulo, sem contar o serviço gentil e os preços camaradas. A Chacrinha é mais que um bar, ele se tornou meu refúgio dos barulhos do mundo. Venha conhecer!!

Serviço
A Chacrinha
Rua Aroaba, 51 05315020 São Paulo, SP
Aberta de 4ª a Sáb. e nas datas que você quiser
Tel: (11) 98331-6721

Crédito Imagens: Roberto Salgado

LOCALE CAFFÈ: Sanduiches com belas apresentações e cannolis arrebatadores!

E começamos o ano visitando um dos lugares que mais ouvi falar em 2020, quando se dizia sobre novos pontos gastronômicos, no bairro do Itaim, em São Paulo, o Locale Caffè. Um misto de bar e café tipicamente italiano, lugar super charmoso, que oferece além de comidinhas fantásticas para se comer com as mãos e drinks com bons potenciais, cestas exclusivas para o café da manhã e para o happy hour.  Mas se você tiver um tempinho para visitar o local e ficar por ali desfrutando do ambiente, posso te adiantar, não terá decepções.

Iniciamos nosso almoço delicioso com uma das melhores entradas de verão para os fãs incondicionais de uma boa lactose: Burrata ao pesto, com tomate e pão italiano (R$44,00), a combinação de ingredientes que nunca falha ao meu paladar. Vale ressaltar que a daqui é um queijo mais cremoso e com textura molenga, mas se você souber usar o bom senso e fazer a mistura certa com o molho perfumado do manjericão e a fruta cítrica, voilá!

Saí de uma entrada clássica e quis inventar “moda” escolhendo uma das receitas que mais me despertou curiosidade e desejos imediatos: Prosciutto e Figo (R$39,00). Presunto cru, figo, redução de frutas vermelhas e creme de ricota. Linda apresentação, o pão italiano teve um papel importantíssimo aqui, estava crocante nas beiradas e macio por dentro. Os pequenos e doces pedaços das frutas eram cheios de nuances de sabor e frescor, e para completar com excelência, presunto delicado e creme de queijo com sabor marcante. Adorei!

E não dá para sair de lá sem experimentar um de seus Cannolis, que já ficam te seduzindo em uma vitrine logo na sua chegada ao café. Fui de creme Tradicional (R$9,00) e outro de Creme de Pistache (R$14,00). Os famosos canudinhos italianos estavam estupendos: crocantes e firmes e com recheios leves, sem estarem pegajosos no açúcar.

Café aconchegante, cardápio sedutor, atendimento jovial e paciente. Quero voltar muitas vezes!

LOCALE CAFFÈ
Endereço: Rua Manuel Guedes, 349 – Itaim Bibi.
Diariamente, das 8h30 às 22h.
Pedidos pelo WhatsApp: (11) 94140-4371.
Delivery no IG: instagram.com/locale.caffe 
Acesso para deficientes com mobília adaptada. Ar-condicionado. Wi Fi gratuito.
www.localecaffe.com.br 

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Frê, mais que um lugar para se comer e beber bem.

Recomecei o giro durante a pandemia aguardando a chance de conhecer o novo menu do Frê Restobar, um dos restaurantes que entrou há pouco tempo no grande polo gastronômico da capital paulista.

O lugar é a cara do restaurateur Fredy Campos: minimalista, com uma mistura de peças de casa com quadros estilosos de grandes artistas que estão expondo por lá (e se você estiver bem disposto pode comprar e levar um para a casa), cadeiras confortáveis, cozinha envidraçada e um bar iluminado com uma das vistas mais bonitas do Pacaembu. Ali um dia estrelado com o amado será uma das melhores experiências que você terá a chance de conhecer aqui em nossa cidade.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas, mesa, noite e área interna

E tinha mais um motivo para sorrir nesta visita, quem estava comandando as panelas nesta noite era meu amigo, o chef Cadu Parolari, que sabe como ninguém como preparar receitas descomplicadas, com toques de sofisticação. A saudade da comida dele era muita e sem decepções!

Iniciei meu jantar com um dos queridinhos da casa, Burrata com Figos (R$59,00). Logo de cara você vai sacar a filosofia panificadora da casa: pão rústico de longa fermentação, bem ao estilo napolitano. Traduzindo: pão “blaster” macio, burrata idem… os pedacinhos de figo com a farofinha salgada e o presunto parma só exaltam mais a textura e o aroma do queijo italiano. Prato fresco e levissimo!

A imagem pode conter: comida

Outra entrada que eu não dispensaria é o Steak Tartare (R$49,00). Combinação de ingredientes que vai ser linda para mim enquanto estiver viva. O visual chega no capricho à mesa, e o toque do azeite de carvão potencializa o sabor da carne. Receita infalivel para quem busca novas sensações palatinas.

A imagem pode conter: comida

Prato Principal? O dono da noite para mim foi o Risoto de Camarão (R$69,00), além de uma belissima apresentação com crustáceos enormes para exaltar nossos sentidos, o arroz alaranjado estava cremoso, al dente, como deve ser! Importante mencionar que chega à mesa na temperatura que deve se chegar, quentinho, bem confort food!

A imagem pode conter: comida

Lugar luminoso, cheio de charme, que mais parece um loft aconchegante, com vista incrível, sem ser esnobe. Serviço gentil, preços camaradas, vista linda e drinks que te deixarão de pernas para o ar! Mais uma casa em São Paulo que dá significado ao titulo de Capital Gastronômica do Brasil. É sempre um prazer voltar ao Frê. Recomendo!

Serviço
Frê Forneria
Rua Tupi, 228 – Higienópolis – São Paulo – SP
Abre de terça a domingo para o jantar!
www.instagram.com/freforneria

Crédito Imagens: Roberto Salgado