Descansos….

Hoje acordei me sentindo meio raivosa…..sentindo que definitivamente preciso tirar férias de alguns assuntos, tira-los do centro de minha atenção.. Hoje eu mais pareço um soldado exausto, cansada da luta, que simplesmente não quer mais saber de batalhas….

Algumas pessoas, graças ao seu temperamento inato, têm maior facilidade para perdoar e se perdoar do que outras…..oh my god, queria que esta pobre sagitariana (eu) fosse assim…..para mim trata-se de uma técnica a ser aprendida….rs….na realidade se pudéssemos entender tudo, tudo poderia ser perdoado…..

Uma vez li que a fúria trata-se de uma defesa, cuja manutenção é muito cara…e eu concordo inteiramente com esta afirmação…a raiva constante em alguns dias é um fogo que queima sua própria energia vital…..mas como dissolvê-la em alguns casos? Como liberá-la para que voltemos a um estado normal de calma e paz? Já tentei yoga, meditação, caminhada e mudança de foco….Alguém pode me resgatar?rs.

Só sei de uma coisa, se alguém esta numa fase raivosa como a minha…o jeito é tentar abafá-la o mais rápido possível…porque ficamos presos a um tipo de cinismo muito incompreensível, perdemos a esperança, frustramos o novo e o promissor…..raiva significa amargos silêncios defensivos…..e raiva se espalha por toda parte……

Portanto se vale o conselho vamos ter mais paciência e canalizar melhor nossas emoções. Vamos permanecer acima das contrariedades, continuar com a mente vinculada aos objetivos mais nobres que podem ser realizados. Só assim será possível navegar por estas águas perigosas sem nossas almas serem afetada por elas.

E finalizo com as belas palavras de Caio Fernando Abreu “Não desista, vá em frente. Sempre há uma chance de você tropeçar em algo maravilhoso. Nunca ouvi falar em ninguém que tivesse tropeçado em algo enquanto estava sentado”.

Beijos