Sofitel Ipanema – Sombra e água Fresca

Estivemos conhecendo o Sofitel de Ipanema, no Rio de Janeiro, e foi um final de semana incrível. Assim que você entrar em um hotel do Grupo Sofitel você inegavelmente vai se deparar com o crème de la crème da hotelaria francesa, e aqui a elegância gálica sabe dialogar com a cultura despojada e colorida do carioca.

Toda a recepção é muito delicada, temos a nítida sensação de acolhimento, o que se tratando de hotelaria é um bálsamo para nosso corpo, que inconscientemente busca conforto e sensações sensoriais que não encontramos em outras experiências.

Primeira consideração é que você estará hospedado a beira-mar, o que para mim já é um convite especial para se experimentar o melhor da Cidade Maravilhosa. O Hotel tem quartos com vistas deslumbrantes, para mim, as melhores do Rio de Janeiro: as praias do Arpoador, Ipanema e Leblon e o Morro Dois Irmãos. Estas combinações paradisíacas te fazem querer ficar mais em seus aposentos. Se você quer menos agito externo e momentos introspectivos uma destas suítes será o cenário perfeito. Os quartos têm estilo clássico com móveis contemporâneos. As comodidades incluem quartos acessíveis, Wi-Fi grátis, TVs de LED, escrivaninhas, frigobares e cofres no quarto. E quando você chega, dependendo da hora, um mimo do hotel estará lhe aguardando!

A cobertura do hotel é outro lugar que eu não me cansava de aparecer, além de uma piscina gostosa para se refrescar, você também encontrará por lá o centro de bem-estar completo e serviços de spa, que não devem ser dispensados.

O restaurante Galani, no segundo andar, tem um vitral que dá vista para o mar, e é ali que é oferecido o café da manhã, e que breakfest! Tudo fresquinho, tudo do melhor e mais um pouco! Uma dica: não dispense os ovos Benedict e o pain au chocolat. Mas se a ideia é um cafezinho rápido, no saguão você encontrará o moderno bar The Caja Café, com algumas guloseimas francesas de cair o queixo.

Eu não dispensaria uma experiência durante o almoço, mesmo que você não esteja hospedada por ali. O 23 Ocean Lounge oferece aos sábados o Rooftop BBQ com uma deslumbrante vista para o mar. Tudo preparado em uma churrasqueira especialmente instalada no restaurante de onde sai o menu assinado pelo chef francês Jérôme Dardillac: peixes, camarão e polvo direto da brasa. Um espetáculo!

Sua estadia aqui será de dias lindos, gentis e prazerosos. Vale ressaltar que todo o serviço foi durante a nossa estadia, sempre silencioso e extremamente prestativo, fazendo com que os dias transcorressem sem incidentes, resolvendo qualquer questão e nos deixando à vontade com simpatia e gentileza. Aqui todos têm uma única intenção, fazer com que todos os hóspedes se sintam em casa à beira-mar. Amei e quero voltar!

Serviço

Sofitel Rio de Janeiro Ipanema
Endereço: Av. Vieira Souto, 460 – Ipanema – Rio de Janeiro – RJ
Contato: (21) 2525-2525
Diária: 
A partir de RS 755 + 5% sem café em apto superior

 

Curta e siga:

Giro Especial: 4 refúgios cariocas para este Verão!

Voltar ao Rio de Janeiro para conferir as novidades gastronômicas sempre será para mim um enorme prazer. O Rio é uma cidade convidativa para os que desejam comer bem e serem provocados com novas sensações palatinas! Nesta última temporada não foi diferente, visitei quatro lugares inéditos ao meu paladar, belos refúgios para os gastroturistas que querem aproveitar a viagem para conhecer a nova cozinha carioca e voltar para casa carregados de boas memórias.

Confira nossas dicas;

Nola

O Bistrô, com nome havaiano, que significa “Iluminada” é um lugar bastante expressivo, se você está buscando algo charmoso pelo bairro do Leblon, o meu preferido by the way… O restaurante possui um salão pequeno, mas é bem aconchegante. A proposta aqui é totalmente voltada ao Comfort Food, que busca despertar sensações de aconchego com as receitas que o chef Thiago Sodré preparou para o menu. Outro lance legal é que os preços do Nola são bem bacanas e os pratos são simples, despretensiosos e com toques simpáticos. Apenas um lembrete, se chegar tarde para almoçar e/ou jantar corre o risco de ficar na fila de espera, que no dia que fui não era pouca, ou seja, como eu, reserve antes!

Salada Marroquina

Não dispense de entrada a Salada de frango marroquino (R$42), ela é quase uma refeição completa. O frango caipira fez duetos interessantes com os outros vegetais, os pedacinhos de damasco com grão de bico tostados deram textura e o molho de iogurte com páprica ocasionou o acabamento aromático perfeito. Outro prato que me encantou foi o Frango Caipira ao Curry (R$50). O arroz de coco que o acompanhava estava cremoso, dava para sentir o cheiro do coco fresco, mas sem exageros, o molho curry encorpou bem a carne da ave. E se você é um grande fã de cheesecake como eu, então prove o este estonteante feito com banana e doce de leite (R$24), uma explosão ao seu paladar.

Ella Pizzaria

No Rio de Janeiro vamos ser sinceros, era algo bem desanimador achar uma pizzaria que fizesse jus a uma das receitas mais maravilhosas do universo, ainda mais para mi, que sou uma paulistana nata e moro em uma das cidades que mais oferece a cada metro quadrado uma boa pizza. Mas atualmente o cenário da cidade é outro com o aparecimento da Ella (nome fascinante), pizza-bar que foi criado em um casarão no gracioso Jardim Botânico, aconchegante e que nos envolve com sua iluminação baixa e tijolinhos na parede.

Mas o melhor de tudo são as criações fantásticas dos chefs da casa, Pedro Siqueira e do mestre da arte branca Marcos Cerutti, que para a nossa sorte estava por lá e nos deliciou com sua habituée simpática conversa, daquelas que só uma pessoa que ama o que faz sabe conduzir!

 

É difícil o que escolher no menu, porque tudo é incrivelmente instigante. Mas eu começaria assim: de entrada peça o “Só borda pra molhar o bico” (R$19,00), borda de pizza acompanhada de três molhos: pesto, tomate e creme fresco. A burrata cremosa (R48,00) e refrescante com molho de pesto também é obrigatória. Pizzas, todas os sabores são curiosos e diferentões em sabor e textura. Um dos segredos do chef é fazer a verdadeira pizza napolitana, com fermentação natural, massa superleve e feita no forno a lenha. As minhas preferidas foram Olha Ella (R$39,00), base de duas scamorza com grana padano, bacon crocante, ovo estalado e broto de salsa; e a Polpa (R$41,00), de creme azedo, polvo crocante, pancetta defumada, vinagrete de biquinho e rúcula selvagem. É diferente de tudo que você imagina, portanto é visita inevitável na Cidade Maravilhosa!

É fila na porta, vá sem pressa. Para compensar, de quinta a sábado a casa fica aberta até as 2h da manhã.

Mama Shelter

O restaurante do descolado Hotel Mama Shelter, é um colírio para quem busca aventuras no bairro de Santa Tereza. Você mesmo não sendo hóspede poderá visitar o restaurante, que está situado em um galpão arejado, colorido e com uma pegada jovial sem exageros.

Filé mignon ao sol com purê de abóbora e quiabo grelhado

A cozinha vai ao encontro da proposta do hotel, oferecendo receitas simples, saborosas, afetivas e com toques de brasilidade. Inicie sua degustação com a Burrata com tomate confit e pizza branca (R$36), ou os famosos Bolinhos de feijoada (R$25) recheadinhos com couve e bacon. Um prato que me encantou por ser fã desta especiaria foi Cupim, que foi cozido por 12 horas, e portanto desmanchava na sua boca, com risoto de cogumelos (R$42), uma combinação perfeita de texturas e sabores. Já o Filé mignon ao sol com purê de abóbora e quiabo grelhado (R$70) é para quem deseja pegar mais leve na comilança. E se ainda tiver folego, encante-se com o Pavê de Brigadeiro (R$15) e tenha um happy lunch feliz.

Um toque amigável, se for jantar por lá e tiver um tempo extra: dedique-se a conhecer o bar do Mama Shelter, que possui um décor incrível, uma carta de drinks autorais sedutora e um DJ que não deixa você ficar parado.

Térèze

Alta gastronomia e sabores únicos é o que o Térèze, restaurante do hotel Santa Tereza Rio MGallery, proporciona aos seus visitantes. Reconhecido com 5 garfos pelo Guia Michelin Brasil 2015, os pratos servidos na casa com vista linda para a Baía de Guanabara misturam paladares do Brasil, com um toque francês e um serviço impecável para os mais exigentes.

Lagosta na Maionese

Quem está no comando nos últimos meses é o uruguaio Esteban Mateu e através de suas mãos você poderá provar maravilhas, como a delirante combinação de Lagosta na Maionese (R$75,00). Cozida no caldo de especiarias, derretia na boca, e o creme de wasabi traz refrescância à receita. Outra sugestão no mesmo mood é a Cauda de Lagosta Rosada (R$160,00), grelhada e com um colorido e leve risoto de moqueca. Detalhe importante é o chef quem também assina as gostosuras que você do café da manhã, e serão muitas para os quem ama um farto brunch, um oásis de comidinhas leves, macias e com sabores incomuns quando se trata de breakfast de hotéis.

 

Serviço
Nola – Rua Dias Ferreira, 247 Loja A – Leblon – Rio de Janeiro. Horário de funcionamento: Segunda a quinta de 12h às 00h, sexta e sábado de 12h a 1h e domingo de 12h às 23h. Reservas: (21) 2274-5590

Ella Pizzaria – Rua Pacheco Leão, 102 – Jardim Botânico. Telefone: (21) 3559-0102. Todos os dias, de 12h às 17h e de 18h às 00h.
Site:  www.ellapizzaria.com.br

Mama Shelter- Rua Paschoal Carlos Magno, 5 – Santa Teresa, Rio de Janeiro – RJ. Tel(21) 3980-0300

Térèze: EndereçoRua Almirante Alexandrino, 660 – Rio de Janeiro
Telefone: (+55 21) 3380-0200 Email: www.santateresahotelrio.com

 

 

Curta e siga: