Little Tokyo Casual: Restaurante asiático, inspirado na comida de rua japonesa.

Fomos conhecer um lugar bacanérrimo e que abriu a pouquíssimo tempo em São Paulo, o Little Tokyo Casual, em Pinheiros. Já foi amor à primeira vista, primeiro porque eles têm uma proposta genial, oferecer comida express, inspirada nas ruas do Japão e Los Angeles de maneira casual e despretensiosa, mas com o refinamento e finalização que a gastronomia japonesa reivindica. Outro detalhe incrível, principalmente para quem ama arte, a casa possui alguns espaços que atraíram muito o meu olhar, como o produzido pela artista Cristina Komatsu, especialista em shodô, um tipo de caligrafia oriental e pela Adriana Suzuki, profissional em dobras de origamis. Lindo de ver!

Até o jeito de pedir é uma experiência inédita, o menu que está disponível através de um QR Code, é onde você escolherá uma das dezenas de possibilidades e onde você também fará o seu pedido, tornando-se a sua comanda. 

Iniciei meu jantar com o Uramaki Atum Spicy (R$39,80). Os sushis em tamanhos generosos e muito bem embrulhado em arroz. O Atum com molho de maionese spicy brilhava e sua coloração caracteriza o frescor do peixe. Pouca picância!

 

Não dispense o Salmon Sando (R$ 44,80), um sanduiche com salmão marinado, picles de cebola roxa, gengibre, alface e maionese da casa. Pão fresquíssimo, uma combinação de especiarias potente e o salmão desmanchava na boca a cada abocanhada. Fazia tempo que não comia um sanduba tão inusitado ao meu palato.

Outra receita indispensável o Yakisoba de Legumes fritos (R$39,80), quando chegou a mesa eu confesso que não estava entusiasmada, mas foi misturar o macarrão com todos os ingredientes e prova-lo para achar sensacional aquela crocância toda. Prato leve, saboroso e divertido.

Também provamos o Obento Salmão Grelhado (R$60,80), acompanha Gohan, Gyoza de legumes, legumes cozidos e salmão grelhado. Esta caixinha cheirosa já é uma refeição completa e corretamente saudável. Bela apresentação, peixe feito corretamente, sem camuflar seu sabor delicado, um equilíbrio sutil entre todas as especiarias que compõem este delicioso combo. Ele também é feito nas versões frago empanado e porco.

Aqui na Tokyo você também encontrara uma gama de opções de sashimis, temakis, hot Holl, Niguirizushi e todo o universo desta genuína gastronomia. Precos bacanas, atendimento eficaz e lugar acolhedor. Quero voltar!

Serviço
R. Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 98 – Pinheiros, São Paulo 

Horário: segunda-feiraFechado
terça-feira11:00–14:00, 18:00–22:00
quarta-feira11:00–14:00, 18:00–22:00
quinta-feira11:00–14:00, 18:00–22:00
sexta-feira11:00–14:00, 18:00–23:00
sábado12:00–16:00, 18:00–22:00
domingo12:00–16:00, 18:00–22:00

Credito Imagens: Roberto Salgado

J1: Restaurante acessível de Jun Sakamoto, no shopping Villa Lobos.

Recentemente fomos visitar um dos novos espaços, na Capital Paulista do chef Jun Sakamoto, o J1, no Shopping Villa Lobos. O lindo ambiente foi projetado por Octavio de Santis: elegante e intimista, com móveis de madeira escura, parede de tijolos aparentes e uma cozinha aberta aos fundos do salão. Outro detalhe imperdível são as louças de Shugo Izumi e cerâmicas produzidas sob medida por Flavia Mendes, que chamam a atenção pelo design e a delicadeza de cada peça.

Iniciamos com entradas maravilhosas como o Tartare de Atum (R$26,00), além de uma belíssima apresentação, o peixe é finamente picado na ponta da faca de forma precisa, exalava frescor e sabor delicado, além de criar sinergia maravilhosa com as pequenas ovas de capelin.

 

Também curtimos Teishoku (R$95,00) Generosas e brilhantes fatias chegam de forma harmoniosa e otima cor, seladas como se devem e a crocância do gergelim sempre causa uma boa sensação. Chega à mesa com execução elaborada, bonito de se ver. Vale o espetáculo!

 

A cozinha fria inclui sushis, uramakis, sushis personalizados e combinados de diversas formas. Escolhemos para compartilhar um Sushi Especial Iti-Nin Mai (R$ 230,00) ideal para duas pessoas, e os sushis de Viera foram o destaque- tenras, goras e doces- deste prato lindo e colorido. Os sushis podem ser de robalo, linguado,, carapau, atum, entre outros.

 

Sobremesa não é o forte, mas o Pudim é refrescante , menos açucaroso e com textura interessante (R$26,00),

Sempre uma experiência inédita visitar um dos restaurantes do chef Jun Sakamoto. Recomedo!

Serviço

J1
Endereço: Shopping VillaLobos – Av. das Nações Unidas, 4777 – Alto de Pinheiros – Piso Térreo.
Tel.: 3588-8778. Capacidade: 110 lugares.
Horários de funcionamento: 2ª a 5ª feira 12h às 15h-19h às 22h/Sex 12h às 15h-19h às 23h/Sab 12h às 23h/Dom 12h às 22.
Ar-condicionado. Wi fi gratuito. Estacionamento no shopping. Acesso para deficientes com mobília adaptada.

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Especial Giros: Rio de Janeiro e seus encantos gastronômicos.

E sempre será prazeroso conferir novos lugares para se “cariocar” na Cidade Maravilhosa. Estive por lá recentemente para curtir a cidade, mas sempre de olhos abertos às novas tendências gastronômicas deste lugar tão especial, que há anos já vem despontando como um dos melhores recintos para se vivenciar experiências gourmets únicas.

Desta vez fomos desbravar quatro restaurantes, nos quais os chefs nos revelam, a cada receita, uma nova forma de sentir paladares inéditos.

Dá uma olhadinha e não dispense uma destas visitas em seu novo tour pelo Rio de Janeiro. Enjoy!

Escama

Toda vez que vou ao Rio, faço questão de conferir a cozinha do chef Ricardo Lapeyre, que sempre me faz muito feliz e nesta temporada não foi diferente. Fomos conhecer seu novo restaurante, o Escama; um lugar clean, arejado, dedicado aos comensais que amam receitas de peixes frescos e frutos do mar, tudo absolutamente autoral. Segundo o próprio chef tudo é trazido ao restaurante diariamente e o menu vai se adaptando conforme as estações do ano. Não descarte a Primeira Onda (R$48,00 duas pessoas), onde o chef reúne pãezinhos de fermentação natural com manteiga de crustáceos, salada de tomate assado com quinoa, escabeche de anchova e conservas de mexilhões, que aparecem em latinhas de sardinhas. Uma delícia!

Como prato principal o comensal pode optar pelo pescado — as opções variam diariamente, de acordo com a disponibilidade — com guarnição, por valores a partir de R$ 65,00, ou experimentar um dos pratos fixos no menu. No dia que eu visitei o lugar, fui agraciada com um belíssimo Peixe vermelho (R$94,00), com arroz frito de cogumelos (R$24,00). Comi quase que ajoelhada pela graça de provar um dos melhores peixes que comi em terras cariocas.

Dica para um final feli:  prove o Creme caramel pistache (R$ 32,00).

Lugar imperdível!

Rua Visconde de Carandaí, 5, Jardim Botânico, 3042-3097 (60 lugares).  18h/23h (sáb. 12h/16h e 18h/23…

Babbo Osteria

Visitar o primeiro restaurante solo do chef Elia Schramm é obrigatório para os amantes da cozinha italiana contemporânea. O lugar está localizado no burburinho de Ipanema e situado em um belíssimo casarão, dotado de dois salões com diversos objetos garimpados e fotografias antigas que dão um tom intimista.

Iniciei minha maravilhosa experiência com o sensacional Cannoli al Gamberi (R$42,00), rolinhos crocantes recheados de salada de camarão, aipo, maçã verde e limão-siciliano. Outra maravilha para compartilhar é a Parmigiana Di Melanzane (R$29,00), leve, saborosa e com um molho de tomate irresistível.

As massas Pappardelle com ragu de carne custam (R$ 67,00). De sobremesa, o pistache & limone (R$ 36,00), à base de massa choux, creme de pistache, caramelo salgado e creme inglês de limão-siciliano, garante o grand finale.

Dica valiosa: tente ir no primeiro horário de abertura da casa, a fila para o jantar é inevitável e não aceitam reservas.

Rua Barão da Torre, 632, Ipanema, 3197-2801 (105 lugares). 12h/16h e 19h/23h (qui. jantar até 0h; sex. e sáb. jantar até 1h; dom. 12h/18h).

Sushi Bar Zona Sul

Entre um programa e outro tivemos a oportunidade de conhecer um dos sushi-bares do supermercado Zona Sul, que inaugurou este espaço de gastronomia japonesa no Jardim Botânico para levar mais uma experiência interessante aos seus clientes que por ali passam. Quem comanda o balcão é o chef Carlos Ohata, juntamente com sua equipe de sushigirls.

Entre o menu que promete encantar os comensais, o Sushibar oferece entradas como a Seaweed Salad, uma saborosa saladinha de alga Wakame temperada com molho especial de gergelim (R$ 23,00), o Ceviche de peixe branco e salmão servido com o tradicional leche de tigre oriental e crisps de milho torrado (R$ 36,00), as ostras frescas ao molho ponzu com ovas por cima (R$ 29,00 – 4 unidades) e as ostras empanadas com o apimentado spicy mayo (R$ 25,00).  

Outras boas opções são o Tuna Tataki, um perfeito tartare de atum temperado com cebolinha, cebola roxa, alho-poró e coberto por ovas ao molho ponzu spicy (R$ 38,00); o o Tonkatsu, macio lombo de porco crocante empanado na farinha panko (R$ 31,00) e o Rock Shrimp Tempura, são cubos de camarões empanados crocantes com molho Teriyaki laranja (R$ 41,00).  

O comensal ainda terá Omakase (R$ 99,00) com o que há de mais especial entre os sushis como vieira, foie gras e barriga de salmão e codorna e o Sushi Skin Especial feito com pele de salmão grelhada envolto de salmão e Teriyaki por cima, fecham o menu especial do chef.  

Endereço: Rua Pacheco Leão, 16 – Jardim Botânico -Horário: segunda à sábado das 11h às 22h. Domingos e feriados das 11h às 20h 

Gajos D’Ouro

Só de lembrar deste restaurante já me dá vontade de pegar o primeiro avião para o Rio de Janeiro. Um lugar super charmoso e com um serviço impecável; o Gajos D’ Ouro proporciona uma experiência refinada, farta e intensa da cozinha portuguesa como há muitos anos eu não vivenciava. No amplo menu você encontrara de tudo que esta rica gastronomia oferece: pratos à base de arroz, as açordas, as marinadas de caça, os frutos do mar e é claro o bacalhau: presente de mil formas, seja assado, frito, desfiado, empanado ou refogado.

Se você ama um bom Couvert (R$42,00 por pessoa) com tudo que tem direito, o daqui não irá te decepcionar: croquetes de carne, queijos da serra derretidos, bolinho de bacalhau, azeitonas e pãezinhos diversos, esta entrada convidativa já é quase uma refeição, aliás vale mencionar, que por aqui tudo é muito farto, fresco e colorido. Aposte também em uma de suas saladas gourmetizadas; a minha feita de Rúcula com pera, gorgonzola, nozes e mel trufado (R$60,00), estava incrível e leve, perfeita para um almoço carioca.

Prato principal aposte no Polvo à Lagareira (R$178,00), que foi preparado de forma impecável e na versão do Bacalhau à parmegiana de queijo da Serra e purê de aipim (R$160,00). E se você ainda tiver fôlego, as sobremesas são apresentadas em bandejas que vão à mesa para que o cliente faça sua escolha. São ovos nevados, siricais, toucinho do céu, rocambole de laranja e ovos moles de aveiro, finalizando maravilhosamente sua experiência gastronômica afetiva.

No Gajos você terá a impressão, sem exageros, que, talvez, nunca precisará ir a Portugal para se deliciar com a gastronomia lusitana. Quero voltar!

Rua Presidente de Morais, 1008, Ipanema
Tel: (21)3449-1483

By Koji comemora 10 anos de história

Em janeiro de 2022, o By Koji, especializado em alta gastronomia japonesa, completa 10 anos de história. Durante este período, o restaurante conquistou expansão gradual com abertura das casas no Hospital Albert Einstein, exclusivas para delivery no Morumbi e Rua da Consolação, e a mais recente inauguração em Lisboa, Portugal. Em comemoração de aniversário, o chef Koji Yokomizo preparou um menu de sushis especiais (R$ 160), que fazem parte da história da casa. A seleção está disponível apenas no serviço de salão, a partir de 18 de Janeiro, na unidade matriz, localizada no estádio do Morumbi.

 “O sentimento é de felicidade. A expectativa é continuar crescendo e que toda nossa equipe cresça ao nosso lado”, ressalta chef Koji sobre o marco dos 10 anos. O menu fica disponível no cardápio por um mês, até 20 de fevereiro.

A experiência By Koji 10 anos apresenta entre os pescados, o sushi de Bluefin, de gordura entremeada que proporciona maior sabor e leveza; conhecido como “filé mignon do atum”, o sushi de Toro, peixe macio, amanteigado, que chega derreter na boca, e com o mesmo peixe na versão Niguiri, que leva na finalização gema de codorna; o sushi de Vieira, de sabor e aroma inimitável e finalizado com cebolinha; Buri, mais conhecido no Brasil como Olho de Boi, que é marcante no paladar; Aburi Shake, salmão maçaricado, levemente dourado por cima, suculento por dentro e com raspas de limão; o suave sushi Lula; Salmão selado trufas, massago, com cebolinha e pitada de flor de sal; Robalo marinado com molho de limão yuzu e servido com shissô; e o Dyo com Ovo de Codorna finalizado com molho tarê.

By Koji comemora 10 anos de história

Serviço:
Morumbi: Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 Portão 4
Horário de funcionamento: Terça a sexta-feira, 12h às 15h e 19h às 23h; Sábado, 12h às 16h e 19h e 23h; Domingo do 12h às 16h e 19h àss 22h
Telefone e email: (11) 3624-7710 e bykoji@bykojirestaurante.com.br

Em novembro, Japan House promove eventos sobre cultura e gastronomia japonesa.

A fim de difundir a cultura e a gastronomia japonesa, a Japan House São Paulo promove dois encontros gratuitos em novembro.

Amanhã dia 4, quinta-feira, às 20h, o crítico de artes Ryo Sawayama falará direto do Japão na live gratuita “Yo no bi – a beleza nos objetos do cotidiano” disponível no YouTube da instituição nipônica, abordando a filosofia presente nas obras da artista visual Yuko Mohri, que assina a instalação “Parade – um pingo pingando, uma conta, um conto” em exibição no 2° andar da Japan House São Paulo até 14 de novembro.

Já na sexta-feira, dia 5, a instituição apresenta o evento Hyogo Experience – Asakura Sansho: O tempero mágico da Região Tajima”, que contará com a presença do Diretor Honorário da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Japão do Paraná e Diretor-Presidente do Escritório do Governo da Província de Hyogo-Japão no Brasil, Nobuyuki Nagata. A partir da 19h, no YouTube da Japan House São Paulo, o público poderá saber mais sobre os atrativos do tempero Asakura Sansho, típico da região de Hyogo, antiga província de Tajima, no Japão, além de curiosidades e detalhes de sua produção e usos culinários, além dos locais onda há degustação no Brasil.

Serviço:
Live Yo no bi – beleza nos objetos do cotidiano
Data: 4 de novembro de 2021 (quinta-feira)
Horário: 20h
Evento online, livre e gratuito. Transmissão pelo YouTube da Japan House São Paulo: https://youtu.be/IA4idbtoqPU
*Esta palestra conta com recursos de acessibilidade (Libras e Closed Caption).

“Hyogo Experience – Asakura Sansho: O tempero mágico da Região Tajima”
Data: 5 de novembro de 2021 (sexta-feira)
Horário: 19h às 20h30
Evento online, livre e gratuito. Transmissão pelo YouTube da Japan House São Paulo.

Japan House São Paulo – Avenida Paulista, 52 
Horário de funcionamento:  
Terça a sexta-feira, das 10h às 19h
Sábados, das 9h às 19h
Domingos e feriados, das 9h às 18h
Entrada gratuita