Palavras apenas…

De todos os recados que recebi no dia do níver, eu elegi o meu melhor, de uma pessoa que todos os anos me envia lindas palavras… Este ano resolvi compartilhar com os leitores de mi corazón… Singela homenagem ao escritor… rs

“Carla,

difícil defender só com palavras a vida, como sabiamente escreveu João Cabral de Melo Neto, mas números oferecem outras possibilidades. O charme da balzaquiana é definir-se algarismicamente, conjugando o simbolismo inaudito de cada data, como se os dias fossem doces aventuras em terras estrangeiras…  36 era um quadrado perfeito e perfeito foi o teu ano correspondente: como começou, pelo que durou e do modo como se encerrou. 37 é um número primo, divisível apenas por um e por si mesmo, sinal de que nesse ano que vem chegando tu serás una, sólida, mais senhora de si e de suas escolhas… Estivemos afastados o ano que passou por força de contigências de um amor que acabou… Esse ano que há pela frente começou bem, com um amor novo, com energia renovada e onda de juventude… O fato de termos sido agraciados com a simpatia de Ana Matroni é um presságio dos caminhos abertos e de que devemos nos ver mais…

Beijos do seu eterno admirador…

Thiago”

Uma resposta para “Palavras apenas…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *