Oca Tupiniquim reúne música e gastronomia no mês de setembro.

Do pop ao clássico, do rock ao choro, do folk ao erudito. Noites de puras misturas. Esse é o clima, no mês de setembro, na Oca Tupiniquim, na Vila Madalena, em São Paulo. A tradicional casa de eventos lança o projeto Oca Cultural, selo que vai reunir o melhor da música e da gastronomia. Para começar, duas noites memoráveis: 14/09 (sábado), show de Ritchie com a banda Black Tie (R$ 190 de couvert artístico, incluindo show e jantar) e, 19/09 (quinta-feira), concerto dos jovens e premiados pianistas Cristian Budu e Hercules Gomes (R$ 70, o ingresso mais o menu de finger foods).

A Oca Tupiniquim, comandada pela empresária Ângela Soares, agora também promove eventos autorais. O selo Oca Cultural incentiva o diálogo da gastronomia com outras expressões artísticas. Na estreia do projeto, folk-rock com uma roupagem erudita. A casa recebe o cantor britânico radicado no Brasil, Ritchie. Compositor de “Menina Veneno”.

 No menu de jantar preparado pela chef Raphaela Homem de Melo, da Oca, uma culinária contemporânea, com ingredientes brasileiros. O menu de seis tempos é composto por: entradas (Tartar de Beterraba, Brandade de Palmito Pupunha e Purê de Cabotiá Defumada e Couve-Flor), pratos principais (Riz de Carreteiro com Amêndoas Torradas, Banana-da-Terra e Azeite Aromático, com opção vegetariana, e Bobó de Camarão, Arroz de Coco e Farofa de Dendê, com versão vegetariana feita com cogumelos) e sobremesa (Terrine Crocante de Chocolate e Avelãs com Sorvete de Tangerina). Para harmonizar, sugestões de drinques bem brasileiros, como a carta de gim-tônicas: Tupiniquim (gim, tônica, mexerica e lasca de pimenta de cheiro, R$ 35), Caeté (gim, tônica, limão-siciliano e capim santo, R$ 35), Potiguara (gim, tônica e cajuína, R$ 35) e Xavantes (gim, tônica, frutas vermelhas e hortelã, R$ 35).

Hercules Gomes

Piano erudito e popular se encontram na noite da quinta-feira (19/09) na Oca Cultural durante o concerto dos pianistas Cristian Budu e Hercules Gomes. O músico capixaba Hercules Gomes, de 38 anos, apontado pela crítica como um dos mais talentosos pianistas da atualidade, apresenta na Oca composições de seu mais recente álbum No Tempo da Chiquinha, em que celebra Chiquinha Gonzaga (1847-1935), a pianista brasileira que criou as bases do choro. Hercules demonstra influências de ritmos brasileiros, jazz e da música erudita, aliadas a uma técnica refinada

Para o menu do encontro, a chef Raphaela Homem de Melo propõe uma degustação de finger foods, petiscos e caldinhos, como: Mandioca no Espeto com Manteiga e Queijo Coalho Gratinado, Polenta com Molho Pesto e Castanha-do-Pará, Caldinho de Feijão com Cachaça, Caldinho de Abóbora com Leite de Coco, Curry e Gengibre, Tartar de Beterraba. Água mineral (com e sem gás) são cortesias da Oca nos dois eventos. Demais bebidas cobradas à parte. No serviço de bar, haverá, ainda, vinhos, cervejas e refrigerantes.

 “A Oca é uma casa de eventos que nasceu com essa personalidade criativa e um DNA bem brasileiro, das louças que servimos ao mobiliário de design nacional. Há 12 anos produzimos eventos de clientes, amigos e parceiros, corporativos e sociais. A Oca Cultural é um selo proprietário nosso e tem a proposta de unir o melhor da música ao melhor da gastronomia”, explica Angela Soares, sócia da Oca Tupiniquim.

E gente se vê por lá!

Serviço – Oca Cultural:
Quando:– Dia 14/09, sábado, às 22 horas – Ritchie, em Wild World – The Songs of Cat Stevens. O jantar começa às 20h30.
Dia 19/09, quinta, às 20h30 – concertos de Cristian Budu e Hercules Gomes. O serviço de jantar começa às 19h.
Onde: Oca Tupiniquim (Rua Fradique Coutinho, 1379 – Vila Madalena, São Paulo, SP – CEP 05416-011)
Vendas: cultural@ocatupiniquim.com.br ou nos tels. 11 3031-7996 e 11 9 9939-8209.
Quanto: R$ 190 (couvert artístico, show + jantar), no dia 14/09; R$ 70 (couvert artístico, show + menu de petiscos), no dia 19/09. Não aceita meia entrada.
Capacidade: 100 lugares.
Possui área para fumantes: 40 lugares.
Censura: livre.
CC aceitos: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa.
CD aceitos: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa.
Não aceita cheques.

El Fogoncito: bons ingredientes, bons preços e ótimo tempero!

Em São Paulo existem poucos lugares onde se pode degustar a verdadeira comida mexicana, receitas tradicionais, do dia a dia dos mexicanos, e não a famosa versão americanizada Tex-Mex, que é o que rola por aqui no Brasil. E acreditem a cozinha original mexicana é muuuuuito melhor!

Por isso, quando ficamos sabendo do novo restaurante em São Paulo da rede mexicana de taquerias El Fogoncito, tradicional e querida há 50 anos no México, tivemos que conferir! A proposta aqui é ser o mais fiel possível aos ingredientes e sabores dos restaurantes da rede no México, trabalhando temperos e ingredientes frescos inéditos em São Paulo.

Iniciamos nosso jantar com a Guacamole da casa (R$15,00), receita clássica mexicana, sem tomate ou algo que não pertença à receita original. Apenas lascas de queijo e tortillas fritas! A textura é mais cremosa e ao mesmo tempo mais áspera. O sabor também é mais suave, porque não traz aquela acidez causada pelo tomate, que é comum ser visto em nossas incursões pelos lugares que experimentamos. Gostei desta versão mais soft, sem intervenções que descaracterizam o que esta receita realmente é!

Também provamos as lendárias Chalupas Poblanas (R$22,00), carne desfiada sobre uma crocante tortilla de milho que foi tostada delicadamente com azeite, dando um sabor levemente cítrico. Receita afetiva, uma versão mexicana da nossa carne louca, com um toque cremoso de feijão, no qual está mergulhada a carne desfiada. Todos os ingredientes se encaixam perfeitamente bem nesta iguaria.

Um dos pratos autorais da marca são as Gringas (R$30,00), quesadillas com minúsculos pedaços de “carne ao pastor” (assada em forno trazido do México)  e queijo. A primeira sensação do primeiro pedaço foi a maciez da massa, em seguida o molho do marinado da carne suína que misturada ao queijo derretido e a delicadeza das folhas verdes ocasionava uma explosão de sabores no céu da minha boca. Bela invenção, e sem exibicionismo!

Já o Taco de Nopales (R$12,00/3uni.) não curti… Sei que é tradicionalíssimo no México, mas meu DNA brasileiro me impediu de apreciar estas tiras de nopales grelhados, que mais parecem quiabo, só que muito mais ácido. O toque de cebola suavizou um pouco o sabor, mas mesmo assim não deu liga para mim. Tortilla de milho acompanha a exótica iguaria. Na real, bancar a food expert neste caso, sem nunca ter provado a receita em seu original (embora eu já tenha visitado o país), é como dissertar sobre arte sem jamais ter colocado os pés em um museu, então arrisque-se e experimente! Pode cair bem em seu paladar.

Insisti nos tacos e provei um feito com Costela grelhada (R$22,00/3uni.), servida picada sobre tortilla de milho, que marcou mais presença que o anterior. Uma delícia, a carne vinha em pedacinhos encorpados, e o queijo derretido por cima potencializa o sabor da carne.

E terminamos a vivência mexicana com Crepas com Doce de Leite (R$15,00). Crepes servidos com preparação de doce de leite (uruguaio, muito melhor que o argentino!) e nozes picadas. Nem pense em pular a sobremesa! Cremoso e denso, leve e doce no ponto!

Para acompanhar este banquete, não se esqueça de pedir uma Água de Jamaica (R$8,00), preparada com flor de hibisco, ou uma Água de Horchata (R$8,00), feita à base de arroz e canela. São deliciosas!

Acho muito legal São Paulo ter um lugar onde se come comida mexicana de verdade, por gente que entende do assunto. Enquanto jantava por ali fiquei sabendo que até o Cônsul do México dá um rolê por ali toda semana atrás de comida de sua saudosa terra natal. Bom sinal quando imigrantes são a maioria de seus clientes. Vale a visita e os preços não decepcionam. Quero voltar para experimentar várias outras “cositas”.

Serviço

El Fogoncito

Rua Fradique Coutinho, 914, Pinheiros – São Paulo/SP
(11) 3819-4078
fogoncitobrasil.com

De terça a quinta das 12h às 15h e das 18h às 22h.
Sexta das 12h às 15h e das 18h às 00h.
Sábado das 12h às 00h.
Domingo, das 12h às 18h.

Credito Imagens: Roberto Salgado

124 anos da Vila Madalena!

Você sabia que um pedacinho da Vila Madalena pertencia a Luis Santos Dummont, irmão de Santos Dummont? Pois é, esta e outras histórias do bairro mais charmoso da cidade, você poderá conferir no próximo dia 19 de agosto em uma grande festa de aniversário, quando a Vila completará 124 anos.

O bairro é considerado o 14mais descolado do mundo, e todos os dias recebe com os braços abertos fiéis frequentadores em busca de boa gastronomia, moda, música e arte.

A matriz da festa será na casa da sua padroeira, a primeira igreja do bairro, a Paróquia Santa Maria Madalena e São Miguel Arcanjo que ganhará muitos presentes neste aniversário do bairro. Além de sua revitalização, com a limpeza e restauração da fachada para a grande festa, uma galeria de arte a céu aberto foi criada no seu entorno, com artes sacras e um novo paisagismo com a participação especial das crianças do projeto Flores do Asfalto.

A festa também terá shows de bandas de jazz e rock,  samba de roda, artistas de rua e circenses transitando pelas  principais ruas do bairro, passeio ciclístico com a turma do Pedal da Vila Madalena, food trucks e também a participação de bares, restaurantes e lojas –  sinalizados com flags coloridos –  que darão regalos ao público. Vai ter até um grande bolo da Villa Grano de parabéns para a Vila.

Confira a programação completa e divirta-se muito!

Programação – Dia 19 de Agosto:

Início às 10 horas da manhã.
10hs às 22hs – Espaço gastronômico na matriz da festa (Igreja), com Foodtruck e estandes de culinária diversas.

10hs30hs – Passeio ciclístico com o Pedal da Vila Madalena, com 200 ciclistas, período de 1h30 com paradas estratégicas.

11hs às 17hs – Artistas de rua, músicos e artistas circenses, circularão entre a matriz da festa e o quadrilátero do coração da Vila Madalena, entre as ruas Rodésia, Inácio  Pereira da Rocha, Madalena e Mourato Coelho.

15hs- Cerimônia de homenagem às personalidades do bairro e órgãos apoiadores. Presença do Prefeito regional e do Prefeito de São Paulo.

17hs Missa de Ação de Graças em comemoração ao aniversário da Vila Madalena.

18hs30hs – Início da Projeção de Vídeo Mapping com duração de aproximadamente três horas. O Vídeo mapping poderá ser apreciado também do lado de dentro da igreja onde se refletirá a projeção através dos vitrais dando a sensação de estar dentro de um caleidoscópio.

20hs30hs – Filmagem da projeção será transmitida no telão da rua Aspicuelta e em todos os comércios participantes com TV.

21hs – Contagem regressiva para encerramento das festividades com o parabéns simultâneo por projeção entre os participantes de todo o bairro.

SERVIÇO:
Matriz da festa: Paróquia Santa Maria Madalena e São Miguel Arcanjo
Endereço: Rua Girassol,795 – Vila Madalena – São Paulo.
Data : Dia 19 de Agosto de 2017.
Horário: das 10hs às 22hs.

www.aniversariodavilamadalena.com.br

www.instagram.com/niverdavilamadalena

www.facebook.com/niverdavila

E-commerce S Simplesmente abre espaço na Vila Madalena

simplesmente

Eu já conhecia o simpático e-commerce a S Simplesmente, e achava incrível…..a loja virtual deu tão certo, que seus fundadores Charles e Thiago Medeiros abriram uma casa, aqui no bairro, na Vila Madalena para quem não quer mais esperar suas encomendas, e de quebra o lugar ainda possui uma cozinha artesanal.

 “Desde que lançamos a marca recebemos diariamente clientes que apareciam na cozinha para comprar o nosso produto e acabavam levando o que tinha. Foi pensando neste cliente que resolvemos abrir as portas da nossa casa que oferece um pequeno e charmoso jardim”, conta Charles.

No espaço haverá produtos dispostos para um auto serviço do cliente, que poderá comprar para consumir na hora ou depois, já que a S Simplesmente oferece todos os seus produtos com embalagem própria para viagem.

S-Simplesmente_S-Box-Natal-baixa

Estarão disponíveis para venda todas as linhas de produto que você encontra na loja virtual: sucos, suchas, saladas, sopas, snacks, sobremesas e specials. Os sucos são extraídos por processo de prensagem a frio, o que garante que as vitaminas, minerais e enzimas sejam preservados. Entre as seis opções está o Sempre (maçã, erva doce, hortelã, gengibre, limão tahiti, couve, água de coco). Todas as sugestões são encontradas em embalagens de 355ml, por R$11,90 cada.

As saladas são preparadas diariamente com os ingredientes mais frescos encontrado no dia. Tabule de quinoa (quinoa em grão, tomate sweet grape, pepino, cebola roxa, salsinha, hortelã, limão, azeite extra virgem, sal marinho). Todas as saladas estão disponíveis por R$29,50 (450g). As sopas respeitam as estações do ano e a sazonalidade dos ingredientes para que sejam sempre frescas e nutritivas como a Sopa de Tomate (tomate, alho, cebola, erva doce, manjericão, caldo de legumes caseiro, aniz estrelado, azeite extra virgem, noz moscada, pimenta caiena, sal marinho), por R$24,50 (500g).

Os snacks são petiscos saudáveis e práticos ideais para levar na bolsa ou deixar na gaveta do escritório. Entre as opções está o Sublimes de pistache (tâmara, figo seco, nozes, chia, óleo de côco, pistache, canela – R$15,50 / 150g). A sobremesa é adoçada na medida certa com mel orgânico e é livre de glúten, leite, açúcar e conservantes: Mousse de cacau orgânico (biomassa de banana verde, leite de amêndoas, cacau orgânico brasileiro, tâmara, óleo de côco, mel orgânico, chia), R$ 15,50. Os specials são produtos para acompanhar o dia-a-dia do cliente, como pães e granolas. Entre as opções estão Pão de sementes sem glútem (R$19,90 / 500g), Pão vegano de sementes (R$19,90 / 500g), Pão de maçã & canela (R$22,50 / 500g), Sweet granola (R$28,50 / 500g), Salty granola (R$28,50 / 500g).

Mais um lugar fofo na Vila que vale a visita!

Serviço:
S Simplesmente
Rua Mourato Coelho, 1008 – Vila Madalena – Tel.: 11- 2985-9603

Funcionamento: Aberto de segunda-feira a sexta-feira as 09h as 18h, aos sábados das 09h as 13h.
Fechado aos domingos e feriados.
www.ssimplesmente.com.br

 

Huaco Restobar Peruano abre exposição peruana, em São Paulo!

huaco

O Huaco Restobar Peruano, localizado na Vila Madalena, bairro boêmio de São Paulo, traz a arte peruana para o Brasil através da exposição “Reis do Peru”. Roberto Zapata, proprietário do restaurante, transcende à culinária através de exposições artísticas como a pintura, artesanato, fotografia, musica e outras formas de expressão artística do seu pais.

Huaco ambiente

Nessa oportunidade, o artista contemporâneo Adrian Ilave apresentará o seu trabalho. O peruano representará os quatorze incas baseados na reinterpretação de retratos feitos por um pintor anônimo no Século XVII –  época do Vice-Reino do Peru. 

Por meio da intervenção fotográfica e artística, Ilave acrescenta o seu toque pessoal a cada um dos Reis Incas do Peru. A sala onde será exposto o resultado final dessa ação artística será coberta de preto, recriando um salão imperial inca. A exposição ainda conta com a presença do pintor peruano Freddy Horna, que apresentará a sua coleção que representa a arte tradicional peruana em tons coloridos e com figuras místicas. Ele trará consigo outros artistas com amostras sobre a diversidade peruana.

 A inauguração acontecerá em grande estilo com a ‘Festa de Vermelho’, que evoca a celebração da festa da água – tradicionalmente realizada entre Outubro e Novembro – de acordo com o cronista indígena.  Nessa cerimônia, os ancestrais incas pediam água para a Lua, a mulher do Sol, para as épocas de plantio. As pessoas se vestiam de vermelho – a cor imperial Inca – e faziam com que os cães uivassem na praça principal de Cusco.

As obras de arte ficarão expostas no Huaco até fim do ano, e todas as quintas feiras a partir das 19 horas, a casa terá a presença do artista Adrian Ilave  para explicar pessoalmente as obras aos interessados.

Serviço

Huaco Restobar apresenta Reis do Peru – Exposição de Arte Peruana
Data: 13 de novembro, a partir das 20 horas.

Endereço: Huaco Restobar Peruano – Rua Fradique Coutinho, 832.
Estacionamento: Fradique Coutinho, 983.
Ingressos: Mandar e-mail a Huacorestobar@gmail.com para fazer a suas reservas.