Hey Daisy: Tostadas imperdíveis e doces primorosos!

E esta semana eu fui desbravar o primeiro fun dining da minha vida, em São Paulo, o Hey Daisy, que está em uma simpática casinha no baixo Pinheiros. Em cada espaço você encontrará um cantinho para encontrar amigos para uma refeição rápida ou para trabalhar e comer ao mesmo tempo, pois a proposta de suas fundadoras é esta, fazer refeições alegres e despretensiosas, tudo com uma pitada saudável, pouco calórica e com fartos aromas.

Logo pela manhã, a Beatriz Barthasar, cozinheira e uma das proprietárias do lugar, já prepara delícias que entusiasmam: tostadas, açafrones, smoothies, cafezinhos de primeira qualidade, e alguns docinhos que podem quebrar a sua dieta.

Como eu cheguei na hora do almoço, pulei estas maravilhas e fui direto para uma refeição mais farta. Iniciei com uma das tostadas mais solicitadas do lugar, Hawaii (R$19,00), com mozzarella de búfala, manga, amêndoas e raspas de limão. Pão macio e com as bordas crocantes, aconchego perfeito para o queijo, que estava pouco derretido, dando a oportunidade de sentir melhor sua textura e sabor. Sobre ele generosos cubos do fruto doce e pronunciante, as amêndoas raladas com as raspas de limão causaram uma explosão de texturas e frescor. Adorei e já repeti a receita em casa.

Outro pedido tentador foi um dos sandubas do menu, Tipo Queijo Quente (R$22,00). Achei o nome divertido, e quando chegou à mesa, posso garanti-lhes, meus caros, é muito melhor do que o nome sugere: pãozinho gostoso, combinações de ingredientes que dá um crush palatino na hora, com brie derretidíssimo unido a picles de couve flor e cebola caramelizada. Enquanto comia, pensava “Como nunca tinha pensado nisso antes?!”. Não tentem racionalizar este trio na sua mente, prove-o!

Como tudo por aqui é levinho, ainda provei um dos pratos da casa, o Arroz puxado no Wok ao estilo oriental com manga em cubos, abóbora japonesa, frango em cubos, raiz de cebolinha e amendoim (R$28,00). Primeiro vale mencionar o visual caprichado do prato, um primor! Interessante que a cada garfada um novo diálogo entre os componentes presentes se abria, ora adocicado com a presença da manga, ou salgadinho com a presença do amendoim, toda a refeição foi uma grata surpresa e trazia consigo sabores confortáveis e ao mesmo tempo calorosos. Divino!

E a melhor parte do dia sempre fica com a sobremesa né? E foi difícil escolher uma, mas me entreguei de corpo e alma à Torta de Banoffee. Gente, esta torta inglesa feita de bananas, creme e toffee, combinada em uma base de biscoito amanteigado, é uma coisa dos deuses! Cremosa, macia, doce pacas e ao mesmo tempo geladinha. Dá vontade de levar a torta toda para casa em um dia puxado de TPM… Ela tem este efeito calmante em nossos sentidos! Não vá embora daqui sem experimentá-la.

O Hey Daisy foi pensado como se fosse uma menina atarefada, que quer comer e ser feliz. Atmosfera convidativa e acolhedora, menu caprichadérrimo, mas com direito a junkzices vez por outra. Pode ser leve, mas sem a neurose de ser fitness, bons preços e serviço gentil. Um lugar fofo e que merece ser visitado. Quero voltar!

Serviço
Hey Daisy
Endereço: R. Padre Carvalho, 185 – Pinheiros – São Paulo/SP
Telefone: (11) 3032-5730
Horário: Segunda à sábado das 10h às 19h
Aceita Mastercard, Visa, Elo, Alelo, Ticket e Sodexo
30 lugares sentados | Área externa

Credito Imagens: Cristian Elias

Curta e siga:

BBQ Company: Carnes Suculentas e drinks tentadores!

Esta semana fomos visitar a segunda casa do empresário e expert em carnes Alexandre Flit, a BBQ Company, nos Jardins. O lugar novinho em folha exala bom gosto, sofisticação e muitos cuidados em cada espaço que a casa oferece. Por ali também existe um açougue tentador, que em 2018 teve suas carnes eleitas como as melhores do Brasil. Você pode levar as carnes para sua casa ou consumir ali mesmo, com os deliciosos acompanhamentos que o restaurante oferece.  Se eu fosse você, já escolheria comer ali mesmo, pois o restaurante faz tudo na brasa em um forno a carvão Josper, ou seja, tudo virá no mais perfeito equilíbrio, no ponto da sua escolha.

Mas antes de experimentar os cortes maravilhosos que me eram sugeridos pelos excepcionais garçons, fui bisbilhotar as entradas. Experimentamos três delas, a primeira foi o Bolinho de Costela com geleia de pimenta (R$26,00), com uma bela defumação, que veio bem sequinho, crocante, com carne desfiada umedecida no próprio molho. Para se acabar de tão bom que era, queria mais! Na mesma tábua apareceu o Bao Do Du (R$32,00), tradicional pão chinês cozido no vapor, recheado com pulled pork e picles de cebola roxa. O pão estava tão macio e desmanchava na boca, a montanha de recheio era das boas.  As fatias delicadas de cebola roxa, fizeram um contraponto muito interessante com a doçura da carne de porco desfiada, sem roubar a cena do protagonista. Se você gosta de carne suína este sanduichinho irá te fazer muito feliz. E para encerrar a trilogia,  Empanadas de carne, servidas com chimichurri (R$28,00). Assim que dei a primeira mordida, fui até Buenos Aires e voltei. Não por acaso, logo após o elogio descubro que elas são feitas por um argentino autêntico. Massa fina, untuosa, algo entre macia e crocante, recheada com carne de vaca de primeira. Derreti-me de amores, amo empanadas! Este trio é um curinga para uma farta refeição rápida.

Para aproveitar nossa experiência de forma mais potencializada, do tipo inesquecível, escolhemos uma das tábuas mais emblemáticas do lugar, a Breton (R$450,00 / 5 pessoas). Dry aged de 60 dias, costela levemente defumada, legumes salteados, batata rústica, farofa, vinagrete e chimichurri. A chegada desta tábua é digna de admiração, os tons vibrantes de cada ingrediente que a compõem nos enche de entusiasmo. A carne envelhecida estava tenra, sedosa, sabor concentrado, dando mais aroma aos nossos sentidos. Quem não conhece este processo deveria provar ao menos uma vez antes de morrer! risos

Para alguns, a costela pode roubar a cena, se você curte um corte com uma coloração mais atrativa e textura mais delicada ao paladar. Esta costela fica horas no forno, e volta para nossos pratos tão tenra que mal precisei de faca para cortá-la.

Todos os acompanhamentos, sem exceção, só enalteceram esta refeição especial, com destaque ao vinagrete equilibrado e à farofa espetacular. Uma mescla interessante de texturas com sabor irresistível.

E teve sobremesa sim! Mesmo nos sentindo como um Baiacu, fomos convencidos a provar o Mil folhas da casa (R$42,00 / 4 pessoas). Eu mesma queria o Merengue, mas fui facilmente manipulada e minha intuição não falhou. Embora o visual da sobremesa tenha sido sedutor, e o doce de leite estivesse gostoso, a massa estava muito ressecada com a falta do creme de confeiteiro. A cada garfada me fazia falta a delicadeza característica desta sobremesa.

O BBQ não é apenas uma fun house, aqui você vai se sentir em casa, rodeado de serviço supergentil, menu de primeiríssima qualidade, ótimos drinks e uma carne que ficará para sempre em sua memória gustativa. Super recomendo!

Serviço
BBQ Company
Endereço:
Rua da Consolação, 3452 – Jardim Paulista – São Paulo – SP
Telefone: (11) 3061-0665
Horários: Segunda a Sábado das 10h às 23h
Domingo das 10h às 17h

Créditos Imagens: Cristian Elias

 

Curta e siga:

IL Pescatore: Ambiente praiano e peixes frescos.

Esta semana fui conhecer um lugarzinho em São Paulo do tipo imperdível, o Il Pescatore Mediterrâneo. Sempre que passava por ali de carro e via um peixe espada encravado em sua fachada morria de curiosidade de conhecer. E desta vez eu entrei nesta casinha de dois andares e fui feliz com seu décor colorido e despretensioso e varanda refrescante, com ares praianos.

No menu, dezenas de receitas frescas e vindas diretamente do mediterrâneo, um quê de Itália, Portugal e Espanha. Passei o dobro do meu tempo normal para escolher os pratos que provaríamos em nosso almoço, confesso que foi difícil porque era uma receita mais tentadora que a outra. Após esta difícil missão, iniciamos o menu com uma das entradas que mais faz a cabeça de seus frequentadores, o Bolinho de Bacalhau (R$33,00/8 unidades). Firmes, fortemente recheados, o peixe desfiado com esmero e com um tempero que não tirou o seu brilho, crocantes por fora e com uma aparência de “fritura saúdavel” (risos). Comi metade da porção!

Também não deixe de provar os indispensáveis Mexilhões ao Vinho Branco (R$42,00). Limpos e servidos na concha original, foram bem cozidos em um molho leve de vinho que apenas enalteceu o sabor amariscado do fruto do mar. Além disso, estava muito macio. Comi tudo e queria mais!

Pratos principais? Eu me entreguei ao fundo do mar durante toda a minha experiência por aqui, então fui de Misto do Mar (R$120,00), tentadores e generosos frutos do mar grelhados: lulas, camarões, polvos e salmão. Todos chegaram à mesa com boa textura e sabores memoráveis, que me transportou diretamente para a praia. O abacaxi que também era grelhado dá aquela quebrada, imprimindo um mágico sabor cítrico. As batatas ao murro e os brócolis que os acompanhavam estavam ok, mas quer saber? Nem precisava!

Mas o meu preferido ainda estava por vir: Camarão ao Curry (R$110,00). Além dos tamanhos notáveis dos crustáceos, o molho no qual eles vieram mergulhados estava perfumado e cremoso. Aromático, o curry chegou de forma exótica e delicada. O arroz soltinho e macio com lascas de amêndoas só trouxe mais delicadeza à receita. Eu amei com todas as forças!

Se você curte as sobremesas portuguesas, aqui tem uma seleção privilegiada. Dei uma garfada no Toucinho do Céu (R$18,00) e na Siricaia do Alentejo (R$18,00) e imediatamente me telestransportei para o saudoso Portugal. Porque se tem algo que os portugueses entendem é de doces. Ambas estavam com texturas macias e açucaradas em equilíbrio.

Receber bem e com boa comida é uma das premissas deste simpático restaurante. Quanta riqueza trazida do mar, e ainda assim atrelado a um custo interessante, que cabe nos bolsos de nós, meros mortais. Adorei e quero voltar!

Serviço:

Il Pescatore Mediterrâneo
Endereço: Rua José Maria Lisboa, 879, Jardins – São Paulo
Telefones: (11) 3884-5738 ou WhatsApp: (11) 959560546 e (11) 984698084
Horários: Terça a quinta – das 12h às 15h30 e das 19h às 23h

Sexta – das 12h às 15h30 e das 19h a 23h30
Sábado – das 12h às 17h e das 19h às 23h30
Domingo: das 12h às 17h
66 lugares

Instagram: @ilpescatoreoficial 

Crédito Imagens: Cristian Elias

Curta e siga: