Ivan Shupikov – Um retratista genial!

E tem dias da nossa existência que merecem ser eternizados, literalmente! Tive a honra de receber um convite do fotógrafo paulista Ivan Shupikov, que promove em sua própria casa o projeto autoral “Lá em Casa”, um registro de retratos com significados fortes, bem fortes… Ivan tem a sensibilidade de revelar não somente a nossa beleza em seus cliques, ele consegue ir além, sempre olhando um pouco à frente…

Tudo começou em 2009. Após 20 anos de carreira, o fotógrafo queria se renovar e se transformar junto com a cidade em que cresceu, revisitar o universo ao qual pertencia no início de carreira, quando andava de skate e ouvia música punk. Com seu estilo único de retratar seus fotografados, Ivan explora a relação humana para transmitir a mais variada gama de emoções. “Acho mais importante me conectar com as pessoas que passam pelo meu estúdio do que ter uma grande produção por detrás disso’, revela.

Tudo “Lá em Casa” é básico, com técnicas leves e bem-humoradas de direção, iluminação simples e muita conversa boa antes de iniciar os sets.

Um retrato de Ivan pode ser identificado pela expressividade do olhar e a força em primeiro plano que só uma foto PB pode demonstrar. Mesmo com imagens poderosas, ele demonstra a delicadeza necessária para o projeto tão apaixonante que realiza.

Além dos ensaios e retratos que Ivan recorrentemente realiza, o Projeto Lá em Casa tornou-se itinerante, os sets também passaram a ser montados em grandes eventos. Fica a dica: fiquem atentos!

Eu só tenho flores a oferecer pelo belíssimo trabalho deste grande fotógrafo. Muita gente “famosa” já passou pelo seu estúdio, Dudu Bertolini, Marcelo Rosenbaum, Jeff Beck, entre outros, mas, se você também quer fazer parte deste time de gente que, de alguma maneira, se destaca no mundo atual, clique aqui e conheça um pouco mais este fotógrafo genial!

Conheça a intervenção fotografica CRAZY SAMPA!

crazy2

Trabalhos lindos merecem a nossa divulgação. Partindo da pesquisa Authentic Portrait, iniciada pela fotografa Bia Ferrer em 2009, CRAZY SAMPA é uma intervenção urbana fotografada e realizada na cidade de São Paulo. A colagem apresenta um território livre, que abriga todo tipo de gente e traz sempre uma combinação de dois elementos fundamentais: a empatia entre fotógrafo e fotografado.  Os modelos possuem idades e personalidades diversas, e por meio de suas vestimentas podem identificar os signos culturais de uma época e lugar.

As câmeras usadas são: uma de uso caseiro (cybershot) e a câmera de celular. O uso desse equipamento age aproximando muito mais artista e modelo, o que pode ser visto no estilo aparentemente informal das fotografias, que mostram a intimidade de relacionamento entre o fotógrafo e modelo.

No ato fotográfico, a artista provoca uma interrupção banal da vida cotidiana do modelo, fazendo com que a  participação dos mesmos seja evidente.  Eles recebem instruções sobre o projeto que os  desarmam e incentivam frente á câmera, criando assim uma cumplicidade análoga entre modelo e fotógrafo tendo a câmera funcionando como espelho. A escolha do ponto de vista é sempre a mais simples e neutra: fotógrafo e o modelo se olham diretamente.  

 Crazy 1

A escolha de desconhecidos é trilhada pela busca de elementos arquetípicos. As semelhanças, atitudes e os locais onde as pessoas são fotografadas nos habilitam a aplicar um raciocínio subjetivo áquilo que as une e as distinguem umas das outras.  A escolha de um momento, pessoa ou espaço específico é um traço importante do trabalho. 

Os gatilhos visuais confundem a expectativa e fazem com que o observador tente descobrir mais do fotografado pela sua aparência, levantando a  possibilidade de sabermos algo essencial da pessoa por meio da imagem fotográfica. 

O retrato de rua faz com que a imaginação gire em torno do modelo, alimentado pelas semelhanças e diferenças entre as imagens de uma única série com as ruas se tornando pano de fundo.As sensações e atitudes compartilhadas, assim como características peculiares aos grupos sociais , foram capturadas por este estilo fotográfico despreocupado, relevando assim alguns aspectos do comportamento social. 

Crazy3

A dinâmica mistura entre os retratos constrói uma narrativa e uma pesquisa internacional sobre a diversidade e as igualdades  compartilhadas entre a cultura contemporânea.

Quer saber mais sobre a artista Bia Ferrer? clique aqui!

Projeto retrata pessoas e seus sapatos!

ShoeProject_interna

Em uma das minhas pesquisas cibernéticas desta segunda feira morna, tive a oportunidade de conhecer um projeto muito interessante e super divertido, o The Shoe Project, idealizado pela fotografa Ellen Ugelstad.

Alucinada por sapatos, Ellen percorreu durante um tempo as ruas de São Francisco e captou pessoas com seus respectivos calçados, porque segundo ela é possível julgar uma pessoa por aquilo que ela esteja calçando….rs.

O projeto fotográfico deu tão certo, que já percorreu por toda rede, causando verdadeira simpatia a todos os sapatomaniacos de plantão!

shoes

Demais Né? E se quiser conhecer mais sobre o trabalho desta fotografa, clique aqui!

Princesas Desenfeitiçadas!

Ultimamente o mundo dos Contos de Fadas está sendo bombardeado pela realidade dos tempos modernos. Já andei vendo alguns trabalhos, onde as mocinhas das histórias mais fofas do mundo saem do encantamento para um triste fim….rs….e pelo jeito elas continuarão sendo temas de histórias desencantadas, o que particularmente eu acho ótimo!…Conheci recentemente o trabalho fotográfico de Dina Goldstein intitulado “Fallen Princesses”, que retratou uma realidade alternativa, que vai além do “viveram felizes para sempre”…..

Você poderão observar algumas personagens infantis que deixaram de ter um castelo e agora trabalham, bebem, algumas até deixaram de ter aquele corpinho perfeito….rs…A fotografa procurou as origens destas mocinhas e descobriu um lado humano de cada uma dela, o resultado?! Vocês podeão conferir abaixo;

Branca de Neve casadinha com um principe bad e cheia de filhinhos….Hilário!

Pocahontas agora vive solitária cercada por seus gatos! Bem deprimente…….

Já Rapunzel perdeu suas lindas madeixas….

Eu bem que desconfia que Cinderela preenchia suas noites com alguns tragos……Ta ai a prova!? rs

Agora a mais aterrorizante de todas….A Bela dando um tapa no visual….a pergunta é porque?! Ja que a Fera não se importaria muito com umas ruguinhas a mais….rs

E a mais hilária de todas…..Principe Encantado chegando fora do TIME…..normal né gente?!kkkk

Hahahaha Chapeuzinho robusta….quem poderia imaginar?!

Exposição da fotógrafa Bia Ferrer traz imagens da cena undergroud paulistana

E a próxima semana promete! SPFW, Dia dos Namorados, dia de Santo Antônio, em resumo; teremos dias desafiantes pela frente….e no meio de tudo isso, uma super exposição fotográfica da minha amiga, a talentosissina Bia Ferrer.

Ela mostrará um painel com 400 retratos, na Casa de Cultura Carlos e Diva Pinho, montado durante a Virada Cultural 2012, que ficará exposto do dia 11 a 19 de junho.

O projeto Authentic Portrait, foi iniciado em 2009, a partir de uma pesquisa sobre estilo e comportamento, e tem importância antropológica pois serve tanto como uma amostra da diversidade sócio-cultural presente nas grandes cidades como para o registro comportamental da geração que cresce na cena urbana atual.

Nas grandes cidades, onde se vive cada vez mais de forma individual e segregada, a rua é o único espaço comum, território livre habitado por todas as classes sociais, raças, idades. É na rua que Bia Ferrer encontra seus modelos. E é a forma como as pessoas decidem se mostrar para a câmera que importa.

Com uma câmera simples, de uso caseiro, a fotógrafa identifica alguma característica visual marcante e autêntica no seu modelo e orienta: Você tem três chances de se mostrar ao mundo! A provocação funciona como um espelho. Dos três cliques, a fotógrafa seleciona apenas um.

Para montar o painel de 20 metros de largura e 2 metros de altura durante a Virada Cultural 2012, a artista adotou a tradicional técnica do lambe-lambe, que sugere a retomada de uma atividade que foi superada pela facilidade tecnológica e pela pressa imposta pelos tempos modernos.

O acervo da artista reúne cerca de 5 mil imagens capturadas em São Paulo, São Bernardo, Rio de Janeiro, Bogotá, Cartagena da Índia, Santiago do Chile, Vina Del Mar, Valparaíso, Berlin, Amsterdan e Londres.

Gente bonita, fotografia e drinks…..vai perder?! Nos vemos por lá!!

SERVIÇO

Authentic Portrait – Bia Ferrer

Coquetel de abertura : 14/06/2012 as 19h

Data: de 11 a 19/06
Horário: das 10h às 18h
Local: Casa de Cultura – Carlos e Diva Pinho
Endereço: Rua Almirante Pereira Guimarães, 314 – Pacaembu
Telefone: (11) 3862-1925
Mais informações sobre Bia Ferrer: http://biaferrer.wordpress.com/