Hey Daisy: Tostadas imperdíveis e doces primorosos!

E esta semana eu fui desbravar o primeiro fun dining da minha vida, em São Paulo, o Hey Daisy, que está em uma simpática casinha no baixo Pinheiros. Em cada espaço você encontrará um cantinho para encontrar amigos para uma refeição rápida ou para trabalhar e comer ao mesmo tempo, pois a proposta de suas fundadoras é esta, fazer refeições alegres e despretensiosas, tudo com uma pitada saudável, pouco calórica e com fartos aromas.

Logo pela manhã, a Beatriz Barthasar, cozinheira e uma das proprietárias do lugar, já prepara delícias que entusiasmam: tostadas, açafrones, smoothies, cafezinhos de primeira qualidade, e alguns docinhos que podem quebrar a sua dieta.

Como eu cheguei na hora do almoço, pulei estas maravilhas e fui direto para uma refeição mais farta. Iniciei com uma das tostadas mais solicitadas do lugar, Hawaii (R$19,00), com mozzarella de búfala, manga, amêndoas e raspas de limão. Pão macio e com as bordas crocantes, aconchego perfeito para o queijo, que estava pouco derretido, dando a oportunidade de sentir melhor sua textura e sabor. Sobre ele generosos cubos do fruto doce e pronunciante, as amêndoas raladas com as raspas de limão causaram uma explosão de texturas e frescor. Adorei e já repeti a receita em casa.

Outro pedido tentador foi um dos sandubas do menu, Tipo Queijo Quente (R$22,00). Achei o nome divertido, e quando chegou à mesa, posso garanti-lhes, meus caros, é muito melhor do que o nome sugere: pãozinho gostoso, combinações de ingredientes que dá um crush palatino na hora, com brie derretidíssimo unido a picles de couve flor e cebola caramelizada. Enquanto comia, pensava “Como nunca tinha pensado nisso antes?!”. Não tentem racionalizar este trio na sua mente, prove-o!

Como tudo por aqui é levinho, ainda provei um dos pratos da casa, o Arroz puxado no Wok ao estilo oriental com manga em cubos, abóbora japonesa, frango em cubos, raiz de cebolinha e amendoim (R$28,00). Primeiro vale mencionar o visual caprichado do prato, um primor! Interessante que a cada garfada um novo diálogo entre os componentes presentes se abria, ora adocicado com a presença da manga, ou salgadinho com a presença do amendoim, toda a refeição foi uma grata surpresa e trazia consigo sabores confortáveis e ao mesmo tempo calorosos. Divino!

E a melhor parte do dia sempre fica com a sobremesa né? E foi difícil escolher uma, mas me entreguei de corpo e alma à Torta de Banoffee. Gente, esta torta inglesa feita de bananas, creme e toffee, combinada em uma base de biscoito amanteigado, é uma coisa dos deuses! Cremosa, macia, doce pacas e ao mesmo tempo geladinha. Dá vontade de levar a torta toda para casa em um dia puxado de TPM… Ela tem este efeito calmante em nossos sentidos! Não vá embora daqui sem experimentá-la.

O Hey Daisy foi pensado como se fosse uma menina atarefada, que quer comer e ser feliz. Atmosfera convidativa e acolhedora, menu caprichadérrimo, mas com direito a junkzices vez por outra. Pode ser leve, mas sem a neurose de ser fitness, bons preços e serviço gentil. Um lugar fofo e que merece ser visitado. Quero voltar!

Serviço
Hey Daisy
Endereço: R. Padre Carvalho, 185 – Pinheiros – São Paulo/SP
Telefone: (11) 3032-5730
Horário: Segunda à sábado das 10h às 19h
Aceita Mastercard, Visa, Elo, Alelo, Ticket e Sodexo
30 lugares sentados | Área externa

Credito Imagens: Cristian Elias

IL Pescatore: Ambiente praiano e peixes frescos.

Esta semana fui conhecer um lugarzinho em São Paulo do tipo imperdível, o Il Pescatore Mediterrâneo. Sempre que passava por ali de carro e via um peixe espada encravado em sua fachada morria de curiosidade de conhecer. E desta vez eu entrei nesta casinha de dois andares e fui feliz com seu décor colorido e despretensioso e varanda refrescante, com ares praianos.

No menu, dezenas de receitas frescas e vindas diretamente do mediterrâneo, um quê de Itália, Portugal e Espanha. Passei o dobro do meu tempo normal para escolher os pratos que provaríamos em nosso almoço, confesso que foi difícil porque era uma receita mais tentadora que a outra. Após esta difícil missão, iniciamos o menu com uma das entradas que mais faz a cabeça de seus frequentadores, o Bolinho de Bacalhau (R$33,00/8 unidades). Firmes, fortemente recheados, o peixe desfiado com esmero e com um tempero que não tirou o seu brilho, crocantes por fora e com uma aparência de “fritura saúdavel” (risos). Comi metade da porção!

Também não deixe de provar os indispensáveis Mexilhões ao Vinho Branco (R$42,00). Limpos e servidos na concha original, foram bem cozidos em um molho leve de vinho que apenas enalteceu o sabor amariscado do fruto do mar. Além disso, estava muito macio. Comi tudo e queria mais!

Pratos principais? Eu me entreguei ao fundo do mar durante toda a minha experiência por aqui, então fui de Misto do Mar (R$120,00), tentadores e generosos frutos do mar grelhados: lulas, camarões, polvos e salmão. Todos chegaram à mesa com boa textura e sabores memoráveis, que me transportou diretamente para a praia. O abacaxi que também era grelhado dá aquela quebrada, imprimindo um mágico sabor cítrico. As batatas ao murro e os brócolis que os acompanhavam estavam ok, mas quer saber? Nem precisava!

Mas o meu preferido ainda estava por vir: Camarão ao Curry (R$110,00). Além dos tamanhos notáveis dos crustáceos, o molho no qual eles vieram mergulhados estava perfumado e cremoso. Aromático, o curry chegou de forma exótica e delicada. O arroz soltinho e macio com lascas de amêndoas só trouxe mais delicadeza à receita. Eu amei com todas as forças!

Se você curte as sobremesas portuguesas, aqui tem uma seleção privilegiada. Dei uma garfada no Toucinho do Céu (R$18,00) e na Siricaia do Alentejo (R$18,00) e imediatamente me telestransportei para o saudoso Portugal. Porque se tem algo que os portugueses entendem é de doces. Ambas estavam com texturas macias e açucaradas em equilíbrio.

Receber bem e com boa comida é uma das premissas deste simpático restaurante. Quanta riqueza trazida do mar, e ainda assim atrelado a um custo interessante, que cabe nos bolsos de nós, meros mortais. Adorei e quero voltar!

Serviço:

Il Pescatore Mediterrâneo
Endereço: Rua José Maria Lisboa, 879, Jardins – São Paulo
Telefones: (11) 3884-5738 ou WhatsApp: (11) 959560546 e (11) 984698084
Horários: Terça a quinta – das 12h às 15h30 e das 19h às 23h

Sexta – das 12h às 15h30 e das 19h a 23h30
Sábado – das 12h às 17h e das 19h às 23h30
Domingo: das 12h às 17h
66 lugares

Instagram: @ilpescatoreoficial 

Crédito Imagens: Cristian Elias

Venuto: Belo salão e ótima carta de drinks.

E esta semana eu fui conhecer um dos lugares recém-abertos nos Jardins que estava mega curiosa para conferir, e pela primeira vez nesta existência não era somente a comida que incitava a minha visita e sim a carta de drinks!!! O motivo? Marcelo Serrano… Ele acaba de inaugurar o Venuto Eatering Bar em sociedade com seu antigo parceiro Frederic Renaut e mais dois sócios. O espaço é uma mistura sedutora de restaurante e bar: iluminação aconchegante, salão com pé direito alto, décor simples e elegante.

Quem cuida das panelas é o chefe de cozinha Sergio França, especializado em culinária contemporânea italiana, que criou alguns pratos especiais, como o carpaccio gratinado, o profiterole recheado de brie, as massas recheadas com molhos leves, os assados e os risotos com ingredientes surpreendentes.  Executando as delícias e no comando da cozinha está o chefe executivo Luciano Gama, que já teve passagens por vários restaurantes como Due Cuochi, Brasserie des Arts e a cozinha do Hotel Emiliano.

Iniciei meu jantar com o Profiterole recheado de queijo brie e mel trufado (R$35,00). Além de uma composição finíssima, a combinação de texturas e sabores que se cruzavam entre o salgado e o doce era algo prazeroso de se sentir no palato. A massa era similar à do doce, um chouk: levinha e sutilmente açucarada. Nunca imaginei que com ela se poderia fazer uma entrada salgada tão sedutora. Amei!

Não tem mais nada delicioso do que provar Arancini (R$35,00) antes dos pratos principais, e foi o que fizemos. Levemente trufado, o bolinho de risoto exalava crocância e cremosidade em seu recheio de arroz com queijo. O problema é que você não consegue comer apenas um. Se você é fã da fritura siciliana, não deveria dispensar.

Pratos principais? Iniciei com o Risoto de aspargo, gorgonzola e presunto cru (R$66,00). Gente, eu amoooo risoto e a combinação por si só destes três ingredientes que compõem a receita já diz muita coisa: o sabor forte que não passa despercebido do queijo, a delicada textura do aspargo e o embutido que chega para dar aquele acabamento fez deste prato um confort food imensurável. E o arroz do jeito que eu gosto: cremosinho, leve e com muito azeite. Quem ama risoto tem que experimentar este aqui!

Outro deleite, só que mais provocativo, ficou por conta do Leitão ao molho poivre, ervas crocantes, brócolis e batatas rusticas (R$69,00). Gostei do efeito visual, a carne úmida, tenra e coberta pela fina pele crocante. O molho pronunciado despertou meus sentidos, e os acompanhamentos estavam corretos e fizeram bonito. Bem substancioso!

A campeã das sobremesas foi para mim o meu amado Tiramissu (R$29,00). Quem me conhece sabe o quanto sou fã desta sobremesa, então a minha busca pelo doce italiano perfeito é incansável, rs. O daqui não me decepcionou, estava açucarado na medida, macio, com doses equilibradas dos ingredientes… Gostoso, mas confesso que faltou floreá-lo, sabe aquele toque que o faz ser único? Pois é, este insight não rolou. Mas está valendo!

Entre os coquetéis autorais o destaque foi para o Venuto, que leva o nome da casa. Perfumado e sensorialmente surpreende para os fãs do Moscow Mule, é uma releitura mais sábia e mais fresca. Mas não deixe de provar um dos 4 coquetéis que Marcelo criou em parceria com a perfumista Monica Rossetto. Um acorde criativo que remete à ideia da fragrância e é saboroso, provocativo e peculiar, pois eles conseguiram! Gostei muito do Drink SI (um chypre fresco [família olfativa] inspirado na fragrância de Giorgio Armani), criado com Vodka Absolut Pears, lichia, rosas, toranja, limão e espumante.

Lugar delicioso, drinks bacanérrimos, cozinha bem cuidada e serviço gentil, ou seja, tem tudo para dar certo! Sucesso à casa! É um lugar que quero voltar, com certeza!

Venuto Eatering Bar
Endereço: Rua Peixoto Gomide, 1658
Telefone reserva: (11) 30635074.
Horários:Terça-feira  a Quinta-feira: das 12h às 15h e das 19 às 0h
Sexta-feira e Sábado: das 12h às 15h e das 19h às 1h
Domingo: das 12h às 17 h e das 19 às 22h

Credito ImagensCristian Elias