Conheça o trabalho comunitário do chef Jefferson Rueda, diante da pandemia do Covid-19.

Entre 400 e 700 marmitas preparadas por dia pelo chef Jefferson Rueda alimentam, desde o dia 20 de abril, a população em situação de vulnerabilidade social do Centro de São Paulo.

A região abriga as quatro concorridas casas criadas por Jefferson ao lado da esposa, sócia Janaína Rueda: A Casa do Porco, Bar da Dona Onça, Hot Pork e Sorveteria do Centro. Na cozinha da Casa do Porco, 39º na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, Jefferson assa a cada dia da ação dois porcos provenientes de sua criação sustentável. Acompanhamentos como arroz, feijão e salada completam as marmitas distribuídas com o apoio de ONGs e ajuda de voluntários em hospitais, ruas e comunidades da capital, como Hospital das Clínicas, Favela do Moinho, Favela do Boqueirão e Ocupação da Marcela.

Criado para garantir a alimentação dos mais necessitados no período mais crítico da pandemia de coronavírus no Brasil, o projeto conta com o apoio de ações sociais como Novos Sonhos, Extreme Impact, Instituto Ybi, Rede Social do Centro e Projeto Ação Retorno. Na primeira fase da iniciativa, foram assados 20 porcos, e distribuídas mais de 3000 refeições.

Também instalado no Centro de São Paulo, o Bar da Dona Onça segue recebendo mantimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal para serem doados a ocupações do bairro.

Bar da Dona Onça – Edifício Copan – Av. Ipiranga, 200 – CJ 27 e 29
Centro, São Paulo – SP 01046-925 / Tel: (11) 3257-2016
comunicacao@bardadonaonca.com.br

5ª edição do Porco Mundi exalta gastronomia peruana.

E a semana se inicia maravilhosamente bem, com um super evento da família Rueda.

Oito grandes nomes da gastronomia peruana vêm a São Paulo para um jantar exclusivo, onde a carne de porco é a grande estrela. O encontro é a 5ª edição do Porco Mundi, que reúne hoje (21) os chefs Mitsuharu Micha, do Restaurante Maido; Renzo Garibaldi do Restaurante Osso no Peru e Cór Gastronomia e Ânima em São Paulo; José del Castillo do Isolina; Pedro Miguel Schiaffino do restaurante Malabar; José Lujan Vargas dos restaurantes Chullpi e Taytafe no PeruRiconcito Peruano em São Paulo; Enrique Paredes do Barrakhuda no Peru e Amazo em São Paulo; Mayra Flores do restaurante Shizen Barra Nikkei; e Fransua Robles do La Picante.

 O jantar é uma forma de homenagear a forte imigração peruana no centro de São Paulo e sua gastronomia mundialmente conhecida. Para isso, cada chef convidado será responsável em explorar a cultura peruana da carne de porco em um prato do menu. “Hoje temos o Peru provando que a maior riqueza de um país está na sua riqueza culinária. Seria impossível falar de Porco Mundi sem falar do Peru. Eles sabem fazer acontecer!”, defende Jefferson.

O projeto Porco Mundi é o único jantar em que a Casa do Porco fecha e realiza reservas antecipadas. O valor do jantar é de R$250 incluindo água e café, o valor do menu harmonizado é de R$400. Os lugares são limitados e as reservas serão feitas pelo e-mail: porcomundi@acasadoporco.com.br

Se tiver em São Paulo é a chance de conhecer um dos melhores restaurantes da cidade de forma bem especial e começar a semana da melhor forma possível, comendo!

SERVIÇO

Data: 21 de janeiro de 2018 (segunda-feira)
Horário: 19h
Valor: menu sem harmonização R$250 | Menu com harmonização R$400.
Reservas: pelo e-mail: porcomundi@acasadoporco.com.br
Rua Araújo, 124, Centro- SP