Ter ou não ter filhos?!

Resolvi escrever sobre o assunto por vários motivos…a idéia deste post não é criar polêmicas, e sim apenas colocar um ponto de vista para que talvez as pessoas possam compreender as mulheres que decidem não ter filhos, e eu sou uma delas! E porque? Não tenho uma resposta muito definida, talvez não tenha instinto maternal, ou porque provavelmente com a vida turbulenta na qual eu vivo não consiga dar o meu melhor para uma criança…E mesmo com a insistência das amigas, da família e até de alguns namorados…nunca me senti na obrigação em tê-los…isso não quer dizer que eu não quero ter a chance de aprender a dividir-me, ou ter a disposição de doar-me…Quero sim! Quero crescer emocionalmente e intelectualmente…quero ensinar o que sei….e para isso tenho meus sobrinhos queridos! Risos

O que eu temo? Para ser bem sincera temo no fim da minha vida social, sexual e o alto custo de criar uma criança…Até porque gostaria de dar tudo que tive dos meus pais, e nos dias atuais convenhamos é difícil…..Li um artigo esta semana, onde a autora escreveu algo fantástico, que casa exatamente com meus pensamentos, ela diz “Não posso ter filhos, porque desconheço o poço sem fundo das minhas vontades, porque as vezes sou meio dona da verdade e porque não acredito que um filho há de me resgatar daquilo que não entendo ou aceito em mim”

Ter filhos depende das possibilidades internas de cada e não pode ser apenas para atender a expectativas de outros….E aqui vai meu conselho….Filhos é uma opção e não uma obrigação imposta pela sociedade…Se você não está disponível para mudanças e novas rotinas…..relaxe!

Na vida não há garantias de amor eterno….e achar que filho garante isso, ainda é mais absurdo….porque filhos não são pílulas contra a monotonia, e nem a salvação de uma vida vazia….e acho absurdo sinceramente as mães que exigem afeto e demonstração integral de amor dos filhos para se sentirem bem….portanto antes de decidir dar a luz, tente ser mãe da sua própria vida e iluminar seu próprio coração!

Mas para aquelas que ainda desejam ser mamães?! Eu dou a maior força e em alguns casos posso me candidatar a madrinha! Hahahahaha

Beijos

Uma resposta para “Ter ou não ter filhos?!”

  1. Olá,
    Entendo e concordo com esse pensamento, pois sou casado e não vejo aquela vontade paterna e nem muito menos me vejo como pai futuramente. Enfim, já imaginei o meu poço de vontades e seria trágico comentar isso neste momento.

    Então até breve, abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *