Boca de Ouro: Drinks clássicos e balcão aconchegante.

E ontem eu e o amado fomos explorar mais um bar da nossa lista, de lugares na Capital Paulista, que a gente ainda não conhece. O escolhido da semana?!? O famoso bar Boca de Ouro.

A casa fica em um trecho residencial em Pinheiros que eu adoro, bem tranquilo, num sobradinho discreto, sem letreiro. Um lugar sofisticado e sem frescuras…nosso tipo de bar: poucos lugares, menu enxuto, ótima música e para os mais animados, uma mesa de sinuca.

Primeiro conselho? Chegue cedo, pois em noites agitadas, as dezesseis banquetas em torno do bar são bastante concorridas.

Macunaima

Outra coisa legal, os donos do bar, Renato Martins e Arnaldo Hirai, não arredam o pé de lá, inclusive muitas vezes serão eles que irão te atender com um sorriso no rosto e sem muito mimimi. Estão abertos também a darem boas sugestões de suas criações. Ë o caso do Macunaima, elaborado com Fernet, cachaça e limão, forte e refrescante. Eu já queria algo mais clássico então fui de Cosmopolitan, geladinho, doce na medida e chegou em um copo lindo. O fato é que você terá vontade de provar muitos dos drinks autorais da casa, vá entusiasmado! Mas caso você não esteja afins de drinks, o Boca oferece uma interessante carta de cervejas….

Se você é fã de ovos, não pode deixar de provar uma das comidinhas que virou marca do bar: o Bolovo, um bolinho frito em que a carne moída, com miolo rosado, envolve um ovo cozido. Queria mais! Existem também sugestões do dia e fomos de Copa de Lombo, a carne macia e ao ponto vinha acompanhada de abobora assada e brócolis. Um trio que beirava a perfeição. E tem outras receitas interessantes, como Picles Empanado, torresmo e fígado de galinha.

Ultima boa noticia, a casa também funciona às segundas.

Gente que ama um boteco, visita obrigatória! E fiquem tranquilos, o preço da experiência é justissimo….

Serviço
RUA CÔNEGO EUGÊNIO LEITE, 1121, PINHEIROS. SÃO PAULO – SP.
(11) 4371-3933
Segunda a Quarta (18h à 0h) – Quinta a Sábado (18h às 2h)

 

Conheça um pedacinho do Vietnã na Capital Paulista, o Bia Hoi SP!

Esta semana voltei a um dos lugares que achei mais legal ter surgido em nossa cidade maravilhosa, São Paulo, nos últimos tempos! O pub vietnamita Bia Hoi SP, tem tudo o que eu aprecio: Ambiente intimista, um maravilhoso balcão e gente bem-disposta a te servir bem. Quem traz este encanto de lugar para nós é minha amiga, a jornalista Dani Borges e seu marido Fernando Brito, ambos além de serem fãs incondicionais da exótica gastronomia vietnamita, são estudiosos do assunto, desde que visitaram o país pela primeira vez, já alguns anos atrás.

Iniciei meu jantar com o Mekong (R$20), incríveis asinhas caramelizadas. Eu que sou fã de um bom frango fritinho, nesta versão vietnamita as asinhas tenras ainda ficam mais sedutoras: sequinhas e com um sabor adocicado picante devido à presença intimista do gengibre, que faz a gente lambuzar os dedos até não sobrar mais nada. As folhas verdes de coentro dão aquele perfume fresco a receita, abrindo nosso apetite e nos convidando a caminhar neste novo universo gastronômico.

Agora se a sua pegada é uma versão mais leve e sem fritura alguma, reverencie o Goi Cuon (R$18) na versão vegetariana. São parecidos com um rolinho primavera, feito com verduras frescas e ervas aromáticas, você sentirá bem a presença delas, o mentolado da hortelã, o cítrico da cebolinha, o perfume do manjericão e o odor cítrico bem característico do coentro, misturados com delicados pedacinhos de cenoura, nabo e pepino. Em dias de verão, ele cairá como um balsamo em seu palato.

Para quem está como mais fome o Hoi An (R$40) barrigada de porco em infusão de capim santo com arroz de coco é uma ótima pedida, e depois que provei tive a certeza que vou virar cliente assídua desta receita. O corte desossado de carne gordurosa beirava a perfeição, veio mergulhado em um molho levemente amadeirado e de sabor forte, devido a presença do anis, coentro e da inconfundível canela que se chocava alegremente com o arroz craquelado feito a base do coco, que dava para sentir seu aroma chegando mesmo antes do prato estar a minha frente. Adorei esta sensação, quase rara em restaurantes contemporâneos. Se você aprecia carne suína, este prato vale muito!

Já o Saigon (R$41), uma barriga de porco assada, chega em tiras e a cada garfada desmanchavam em minha boca de tão macia que estava. Foi servida com arroz branco, saladinha de repolho e conserva de carambola. Tudo ia bem até que o molho forte, pronunciado e de textura encorpada deixou toda a receita com o mesmo sabor. Ficou tudo tão docemente carregado que infelizmente não deu para chegar até o final. Penso que a cozinha errou na mão, acontece!

Se o menu prioriza pratos costumeiros, as sobremesas trazem criações da própria cozinheira, como o curioso Ca Phé Mousse (R$ 18) que foi inspirado no típico café com leite condensado vietnamita, que traz creme de leite condensado sob uma aerada mousse de café. Leve e com um equilíbrio de sabores que não vai te pesar na boca.

O Bia Hoi é um pequeno pedacinho do Vietnã aqui em São Paulo e que vale muito a pena ser desbravado por aqueles que estão dispostos a buscar novos sabores para sua alma prazerosa, sem gastar muito por este passeio gastronômico!

Quero voltar!

Serviço:
Bia Hoi SP – VietPub
Endereço: Rua Rêgo Freitas, 516 – Vila Buarque
Telefone: 11 3151-2508
Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 12h às 14h30 e das 18h30 às 23h. Sábado, das 12h às 23h30. Domingo, das 12h às 17h.

 

Um Pub Ecológico!

E mais um daqueles lugares imperdíveis na face da Terra?! Você já ouviu falar das maravilhosas árvores Baobá…. no geral, elas se encontram na África do Sul e por lá descobrimos uma em especial!

Conhecida como “Big Baobá”, a super tree é especial pela sua idade (cerca de 6 mil anos), e pelo seu tamanho (47 metros de circunferência e mais de 20m de altura) e para mim ela se torna agora o Santo Graal das arvores do mundo…e sabem porque?! Porque dentro dela habita-se um PUB….um bar, aonde você poderá comer, beber, jogar dardos e ser muito feliz!

O Sunland Baobab Pub, localizado na cidade de Modjadjiskloof promete aos aventureiros que passarem por lá uma experiência bem diferente, em que cada detalhe do lugar simplesmente não deve ser ignorado, e quer saber o melhor de tudo?! O bar serve apenas 15 pessoas….mas valerá ocasionalmente ficar para o lado de fora do pub…graças ao tamanho da árvore, a sombra é bem larga e protege algumas mesas, onde são servidas pela família Van Heerden, proprietários do Sunland, suculentas receitas de gastronomia local…

Amei e quero ir (Como é que a gente faz?! RS)

Dá uma olhada nas imagens incríveis do lugar;

tree

tree1

tree2tree3