Feijoada no Grand Hyatt Rio de Janeiro.

Evento acontecerá no último sábado do mês e contará com duas edições em fevereiro.
A combinação mais carioca de todas, a feijoada com caipirinha, está de volta ao Grand Hyatt Rio de Janeiro, sempre no último sábado do mês.

Servida no charmoso restaurante Cantô, das 13h às 16h, a feijoada terá, excepcionalmente, duas edições em fevereiro, nos dias 13 e 27. O buffet é para lá de delicioso, com estação de saladas, mesa de sobremesas tipicamente brasileiras, acompanhadas de caipirinha Santo Grau e cerveja Corona; tudo isso ao som de Dj com música brasileira.

O ingresso custa R$ 165,00 e pode ser adquirido por meio do link https://www.pacoteshyatt.com.br/rio-de-janeiro/product/feijoada-de-sabado/

O evento é sujeito à lotação, mantendo todos os protocolos rígidos de segurança e higiene, respeitando as normas vigentes, com foco na segurança e bem-estar de hóspedes, clientes e colaboradores. Os ingressos podem ser adquiridos no site e é necessário realizar a reserva de mesas antecipadamente por meio do telefone (21) 3797-9524.

Serviço:
Feijoadas de fevereiro
Local: Grand Hyatt Rio de Janeiro
Av. Lúcio Costa, 9.600 – Barra da Tijuca
Dias: 13/02/2021 e 27/02/2021
Horário: 13h às 16h
Preços: Adultos – R$ 165,00
Crianças de 06 a 12 anos – R$ 82,50
Reservas de mesas: (21) 3797-9524

Hotéis Grand Hyatt SP e RJ lançam campanha social “União Solidária”

Nunca a frase “Juntos, somos mais fortes” fez tanto sentido. Tendo como foco a melhoria da qualidade de vida daqueles que estão sofrendo os mais graves impactos da pandemia, os hotéis Grand Hyatt São Paulo e Grand Hyatt Rio de Janeiro desenvolveram uma série de iniciativas sociais de suporte à comunidade:

Doação de alimentos e produtos de higiene: O Dia de Doar Agora, comumente comemorado no mundo inteiro na data de 01 de dezembro, foi antecipado para o dia 05 de maio. Com isso em mente, no dia 08 de maio, sexta-feira, os colaboradores do hotel de São Paulo farão um mutirão, em conjunto com o grupo Brooklin Ação Social, para doação de marmitas, produtos de higiene e roupas. Os alimentos foram doados pelas empresas Empório Mix, Daniella Alimentos e Qualimpor, e os produtos de higiene, pela Granado. As roupas, que fazem parte das doações recebidas pelo Institutos Ninho Social e Human, serão todas higienizadas na própria lavanderia do hotel para chegarem com o máximo de segurança para a população. A iniciativa visa ajudar as pessoas, localizadas nos bairros do Brooklin e Santo Amaro, que estão em situação de vulnerabilidade social.

Para aumentar a abrangência, o hotel colocará, a partir da próxima semana, duas caixas de doação em frente à porta de entrada para que os passantes possam também doar por meio do sistema de “drive-thru“. A cada 1 Kg de alimento não perecível ou um produto de higiene doado, o doador receberá uma máscara de proteção.

Já o hotel Grand Hyatt Rio de Janeiro doou o total de 1,2 tonelada de alimentos e bebidas para ONGs parceiras, como a Gastromotiva, Vida Feliz e para o projeto Aldeias Infantis, que oferece atividades de fortalecimento familiar e comunitário para crianças da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Voucher do bem: em uma ação que visa envolver ainda mais seus consumidores, os dois hotéis irão disponibilizar, a partir do dia 15/05, vouchers para serviços de Day Use, hospedagem e restaurantes, que poderão ser utilizados até junho de 2021. O lucro da venda dos vouchers será repassado para o Fundo Emergencial para a Saúde, cujos recursos serão revertidos para entidades que estão na linha de frente do combate à pandemia da Covid-19 e usados para compra de equipamentos hospitalares, testes rápidos e máscaras descartáveis.

“Acreditamos que, neste momento tão desafiador para todos nós, precisamos nos manter unidos e promover iniciativas que garantam maior bem-estar para a nossa população”, afirma Eduardo Bressane, Gerente Geral do Grand Hyatt São Paulo. Para Laurent Ebzant, Gerente Geral do Grand Hyatt Rio de Janeiro, “Nosso objetivo é formar uma corrente positiva para que todos possam estar melhor preparados para enfrentar as dificuldades. Temos convicção de que tudo vai passar”, afirma.