Green Kitchen – Gastronomia plant-based em ponto tradicional do Centro de São Paulo

Uma das maravilhas de se morar em São Paulo é, sem dúvida alguma, o acesso às novidades gastronômicas mais arrojadas e atrativas do mundo. Quando isso se junta ao charme do lobby de um hotel no coração pulsante da cidade, penso que é o “Casamento Perfeito”. E assim nasceu o Green Kitchen, já com história para contar e aos pés de um edifício restaurado onde agora habita o Hotel Selina, na Rua Aurora, próximo à Praça da República.

Toda essa temática ficou ainda mais atraente, por ser palco para um cardápio vegano, acessível e super bem construído com análogos de carnes e queijos vegetais capazes de atrair uma clientela 80% não vegana, porém pronta para desfrutar dos benefícios de uma culinária saudável a base de plantas.

Iniciamos a degustação com a Tabua de Queijos (R$50,00) e fomos surpreendidas por uma variedade categoricamente tecnológica. Sim, é preciso muito estudo e testes para se chegar aos sabores e consistências que provamos. Da ricota de macadâmia com toque cítrico, ao camembert trufado e o Parmesão apurado, embasbacamos mesmo no gorgonzola de castanha de caju fiel ao sabor intenso dessa iguaria de origem italiana.

Ainda nas entradas para compartilhar, escolhemos a Pancetta (R$25,00) misteriosamente feita de proteína de ervilha, fécula de batata e inhame. Digo misteriosamente por que ainda não achei explicação plausível para o sucesso dessa quimestria. Saborosa e crocante, vai te levar a memorias carnívoras com sucesso.

Outra entrada que nos chamou a atenção foi a Ceaser Salad (R$36,00) com tiras de frango vegetal. Molho Caesar sensacional, aroma de ervas bem delicado e frango empanadinho e bem temperado. Sem defeitos.

Definitivamente o cardápio da Green Kitchen desperta a curiosidade palatina, então, ao visitar não se acanhe em perguntar; os garçons são super treinados para responder todas as dúvidas que você tiver sobre os ingredientes que possibilitam essa fusão entre o vegano e receitas tradicionalmente executadas com carne.

Aliás, seguindo a sugestão de um dos favoritos da casa, pedimos o Mac N Cheese (R$59,00) como prato principal. O Rigatoni vem com um molho de queijo da casa, farofinha puxada no alho e cogumelo Paris. Embora harmonioso e cremoso como deve ser, eu deixaria os cogumelos de lado para saborear mais o molho que já é a estrela do prato.

Outra dica que não titubeamos em aceitar foi o Arroz Caldoso (R$59,00) com mini arroz arbóreo, linguiça de ervas, ervilha torta, tomate cereja e agrião. Um prato refinado, bem servido e com textura pouco mais caldosa que a de um risoto tradicional. Com certeza uma boa pedida.

Depois de toda essa comilança e antes de partirmos para a sobremesa achamos justo pedirmos um chazinho para aquecer o estomago e facilitar a digestão, já que é impossível sair de lá sem experimentar algumas das delicadezas confeitadas sem crueldade animal.

A Tortinha de Chocolate Branco (R$22,00) me surpreendeu pela sutileza do sabor das especiarias e a combinação perfeita com frutas vermelhas. Não saia de lá sem experimentá-la, já que chocolate branco vegano é uma raridade a se apreciar.

Já os entusiastas de um bom Chocolate Belga, fiquem atentos, o Bolo de Chocolate (R$27,00) com mousse de chocolate belga 70%, ganache, caramelo salgado e frutas vermelhas irá te levar ao êxtase. Saboreie com um cafezinho, deixe-se levar pela sensação e depois venha aqui nos contar como foi.

O Green Kitchen tem ainda algumas opções de sanduiches e wraps para take away e, vale lembrar que aos sábados o ambiente é animado com música ao vivo e exclusivamente feijoada no menu. Um point e cardápio a serem explorados com estilo durante um dia ou noite de passeio no centrão de São Paulo.

Queremos voltar!

Cal Ferrari

Serviço
Green Kitchen – Hotel Selina
Av. Vieira de Carvalho, 99 República – SP
Restaurante (salão) – Diariamente, das 11h30 às 22h
Grab and Go – Diariamente, 24 horas
Bar – Diariamente, das 8h às 21h
Estacionamento conveniado: Rua Aurora, 858

Cozinha Vegana com Fernanda Capobianco estreia no Woohoo

Estreou na última segunda (23) às 21h Cozinha Vegana com Fernanda Capobianco, novo programa do Woohoo que irá desmitificar mitos do veganismo com receitas e dicas para quem não abre mão de refeições saborosas, nutritivas e fáceis de fazer.

Escritora e dona de uma confeitaria queridinha de astros internacionais em Nova York, a apresentadora especialista em alimentação saudável leva aos adeptos e simpatizantes da culinária sem ingredientes de origem animal receitas acessíveis e preparadas com alimentos naturais e orgânicos à base de vegetais, frutas, leguminosas e hortaliças.

“A culinária vegana é muito mais simples do que muitas pessoas imaginam. Nós somos o que comemos, e por que não colocar ingredientes frescos, saudáveis e deliciosos no nosso corpo?”, sugere Fernanda Capobianco, afirmando os bons resultados dos novos hábitos alimentares. “Melhora a digestão, ajuda na perda de peso e a ter uma pele mais saudável. Até o nosso humor muda pra melhor, sem contar que você vai gastar menos nas idas ao mercado”, garante.

No primeiro episódio, Fernanda Capobianco vai preparar uma deliciosa receita de moqueca de banana-da-terra com palmito acompanhado de uma salada de folhas, manga, abacate e tahine; um prato tropical, nutritivo e cheio de fibras.

“Eu espero que todos que estiverem assistindo se animem a cozinhar em casa, pois não há nada mais gostoso e saudável do que a comida caseira. O ato de cozinhar une as pessoas e a família; um simples ato de amor que muitas vezes vem sendo esquecido pelas rotinas corridas da vida moderna. Animadíssima para relembrar as pessoas de como a cozinha vegana é fácil, gostosa e acessível para todos!”, finaliza a apresentadora.

O programa Cozinha Vegana com Fernanda Capobianco será exibido todas as segundas, às 21h, no Woohoo.

Vídeo de estreia: https://youtu.be/bnLZKP2am54