Invino Wine Travel Summit acontece em São Paulo.

Como a Enologia e o Turismo se complementam? Qual o tamanho do interesse de brasileiros pelos vinhos e viagens em torno dele? Quais os melhores programas de enoturismo?  Essas e outras perguntas serão respondidas durante o Invino Wine Travel Summit, evento inédito no país que propõe aos participantes convidados uma imersão no fascinante universo das viagens em torno do vinho, que acontecerá no dia 8 de abril no Grand Hyatt São Paulo, a partir das 14h.

O evento reunirá especialistas da enologia e do enoturismo, operadores e agentes de viagens para momentos de aprendizado e networking através de debates, reuniões agendadas, experiências enológicas e gastronômicas.

O intercâmbio de negócios e as experiências de degustação serão o grande destaque no evento, no qual os participantes poderão provar vinhos portugueses, chilenos, franceses e brasileiros. Entre os conselheiros, estão pesos-pesados como Carlos Cabral, Fundador da Sociedade Brasileira dos Amigos Vinho, palestrante e autor, e consultor de vinhos do Grupo Pão de Açúcar; Carlos Henrique Abatayguara, sócio-presidente da Jet Set Turismo e membro da rede Virtuoso; Jean-Philippe Perol, especialista em Turismo, entre outros.

Em 2015, cerca de 40 milhões de enoturistas percorreram o mundo em busca de experiências, para alegria das vinícolas, já que até 20% de suas receitas provêm do enoturismo. Por outro lado, o volume de vinhos importados aumentou em cerca de 100% nos últimos dez anos no Brasil, dado que comprova o crescente interesse dos brasileiros pelo consumo do nobre líquido de Baco

Confira detalhes da programação:

Alice Tourbier, Les Sources de Caudalie, Bordeaux

Com novidades para os aficcionados pelo enoturismo, a francesa Alice Tourbier, dona do Les Sources de Caudalie, um palácio encravado no meio de vinhedos excepcionais em Bordeaux – leia-se Chateaux Smith Haut Lafitte, será uma das palestrantes. Madame Tourbier ressalta que a melhor maneira de conhecer, vivenciar a cultura francesa e partilhar sua experiência gastronômica se faz através do enoturismo.

Fabrizia Zucherato, Vinícola Guaspari, Espirito Santo do Pinhal

A vocação da vinícola Guaspari para o enoturismo já é conhecida e se faz notar pelas visitas guiadas que a renomada produtora de vinhos nobres promove para apresentar ao público os vinhedos que dão origem a alguns dos melhores rótulos nacionais. Criada a partir do sonho de produzir vinhos de alta qualidade e que sejam orgulho para o país, a Vinícola Guaspari vem abrindo suas portas para o enoturismo.

O objetivo é mostrar a trajetória da empresa e apresentar ao público as terras que dão origem a alguns dos melhores vinhos nacionais.

Caroline Putnoki, diretora da Atout France

Pioneira no enoturismo, a França recebe todo ano cerca de dez milhões de enoturistas, dos quais, quatro milhões são internacionais, informa Caroline Putnoki, diretora da Atout France. Ela fará palestra sobre a região da Borgonha, ícone desse segmento de viagens. Segundo a diretora, a Borgonha faz parte dos Top 3, ao lado de Bordeaux e Champagne, mas outros destinos como Lyon, Provence e Languedoc-Roussillon também atraem enoturistas. “A França briga com os Estados Unidos pelo primeiro lugar, mas a concorrência é fortíssima, especialmente na América do Sul, com o Chile e a Argentina assumindo o protagonismo, com suas vinícolas muito bem organizadas. Nos últimos anos, o Uruguai começou a despontar, e o próprio Brasil já contabiliza quase um milhão de enoturistas”, diz.

Invino Wine Travel Summit

Dia 8 de abril: às 14h

Hotel Grand Hyatt São Paulo

https://www.invino.travel/

 

Curta e siga:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *