Dica cinéfila da redatora: Chef com Jon Favreau!

Chef Movie (3)

Não tem nada melhor nesta vida do que ir ao cinema com o namorado em um domingo à noite e assistir um filme que realmente nos entusiasme e conte um pouco sobre um dos universos que eu mais adoro nesta existência; Gastronomia….e foi o caso!

Fomos conferir o filme “Chef”, que entrou em cartaz recentemente nas telas brasileiras. O Filme dirigido por Jon Favreau, conta a história do divertido Carl Casper (Jon Favreau) que é um chef de cozinha de um badalado restaurante em Los Angeles, mas que constantemente se frustra com o dono do local (Dustin Hoffman) por querer inovar o menu e colocar suas maravilhas autorais ao invés de fazer sempre as receitas mais pedidas pelos convivas.

Até que um dia, um renomado crítico gastronômico (Oliver Platt) vai ao restaurante e publica uma crítica bastante negativa, baseada justamente no fato do cardápio ser pouco criativo. Furioso, Casper vai tirar satisfação com ele e acaba demitido. Pior: a briga vai parar na internet e se torna viral. Sem saída, ele recebe a ajuda de sua ex-esposa (Sophia Vergara) para reiniciar a vida no comando de um trailer de comida.

O que eu mais gostei, além da interpretação do maravilhoso Jon Favreau (que literalmente encarnou o personagem, para mim este papel foi feito para ele!), foi da interpretação do garoto Percy (Emjay Anthony), que se passa por seu filho… um fofo! Hilário e imperdível também são as cenas do trio de cozinheiros; Casper (Jon), Martin (John Leguizamo) e Tony (Bobby Cannavale), os 3 juntos na cozinha com seus cômicos diálogos são imperdíveis e já justificaram a minha ida ao cinema.

Sem contar os pratos maravilhosos, juro dá vontade de sair de lá e entrar no primeiro restaurante com cara boa que você vê pela frente! E aqui vai um conselho; Não ouse entrar na sala com fome, lentamente irá sofrer de desejos palatinos…rs….Ahhhhhhhh e preste atenção na trilha sonora, porque é demais!

Em resumo, filme leve, divertido, romântico e para mim pessoalmente reflexivo, Como critica gastronômica ele me fez refletir ainda mais sobre a importância de cumprir bem o meu papel, ser uma árbitra das elegâncias gastronômicas e ser antes de tudo muito mais emocional que profissional para se formar um bom julgamento.

Corra pro cinema ! E segue um video para dar um gostinho…..