A gastronomia encantada do Condessa Bistrô.

Esta semana felizmente revisitei um dos lugares que mais curto na Vila Nova Conceição, o Condessa Bistrô da chef Shanti Nilaya, nome espiritual adotado por Flavia Marioto, ex sócia da Mercearia do Conde. Muitas cores em um estilo retrô que trouxe para mim aconchego e amorosidade, já que você encontrará por aqui fadas, corações, budas e outras relíquias. Em cada cantinho um bem-estar carinhoso.

Depois do primeiro impacto, já relaxados em nossas cadeiras, fomos desbravar o menu da chef. Muitos pratos com pegada asiática, diversos vegetarianos e alguns com belas fusões de técnicas sofisticadas e ingredientes nacionais.

Iniciamos nosso jantar com os Bocaditos no Pão de Grãos com presunto cru, figo e chèvre (R$58,00). Eu devo confessar a vocês, tudo que leva figo em qualquer lugar que eu vá nesta existência, eu peço, não importa o quê! E nunca me arrependo… E foi o caso por aqui, o pão bem seladinho, o queijo cremoso com o presunto sedoso e pedacinhos salpicados por cima da fruta doce merecem que você  se arrisque. O modo como foi feita a composição da tapa foi o segredo para mim, ele não desmontou e foi possível sentir o gosto de cada ingrediente em uma só mordida. Simples, sem frescura e muito refrescante na boca.

Na sequência Rolinho de Beringela com queijo coalho de cabra e tomate confit (R$52,00). Se você é da turma da berinjela, esta receita será um colírio para os seus olhos cansados da mesmice. A chef bolou uma nova leitura que deu grandiosidade ao fruto. Uma leve camada enrolava um pouco de queijo cremoso com pedacinhos de tomatinhos macios, cobertos em azeite. A folha de rúcula que compunha dava um amargo interessante, que se chocava harmoniosamente com o doce do tomate. Eu teria comido todos sozinha, juro! Além do que, era visualmente bonito de se ver.

Pratos principais? O meu preferido foi o Risoto de Pato com maçã ao Curry (R$89,00) uma mistura intensa de sabores, onde o agridoce aparece em uma constância desejável. A maçã dá o up total à receita, suavizando o sabor tenro do pato, que veio em milhares de fios macios envoltos pelo arroz que estava em seu ponto perfeito. Eu sou uma adoradora de risoto de pato, e considero o daqui um dos top 10 da cidade. Vale!

Mas se você quer pegar mais leve e embalar no clima exótico e leve do lugar, minha sugestão é Espaguete com Polvo à Oriental com limão e coentro (R$94,00). Uma massa superleve, molhada com azeite e limão, que dá aquele gostinho de arrepiar na língua, com a qual o polvo faz um ótimo par, sua interferência só traz conforto a cada garfada. Vale dizer que nem de longe tinha textura emborrachada e seu sabor de mar deu uma liga ótima. Já o coentro entra na linha de frente, eu gosto, suas folhas tem um sabor cítrico para mim, o que muito combinou com todo o resto. Acho que apenas melhoraria o visual do prato, chegou para mim um pouco bagunçado. Para quem tem toc, isso pode ser desanimador…

De sobremesa eu apostaria na Torta fininha de pera com sorvete de gengibre. Sobremesa graciosa e com cara de sofisticação. A massa delicada fazia um bom dueto com os pedaços caramelizados da pera. O sorvete de gengibre dá uma picância boa na boca. Adorei!

Eu adoro a vibe da chef e do bistrô. Muitos diriam ser um lugar muito colorido e carregado, mas para mim é sinônimo de alegria e beleza. Tente você encontrar esta resposta ao visitá-lo. A visita valera a pena, não só pela beleza em si, mas pelo serviço atencioso e comida caprichada. Sempre um prazer voltar ali.

Serviço

Condessa Bistrô
Endereço: R. Bueno Brandão, 66 – Vila Nova Conceição, São Paulo
Horário:
segunda-feira   12:00–15:00, 19:00–23:00
terça-feira          12:00–15:00, 19:00–23:00
quarta-feira       12:00–15:00, 19:00–23:00
quinta-feira       12:00–15:00, 19:00–23:30
sexta-feira         12:00–16:00, 19:00–23:30
sábado                 12:00–17:15, 19:00–23:00
Telefone: (11) 3845-9607

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Curta e siga:

Farabudd e seus encantos árabes!

E para comemorar os sete anos da Giros, a gente foi convidado para conhecer a culinária árabe das novas instalações do restaurante Farabbud em São Paulo. Instalada no polo gastronômico da Vila Nova Conceição, a segunda casa oferece aos comensais conforto em suas mesas (repare nas almofadinhas lindas que algumas mesas possuem), uma luz bem apropriada durante o jantar e o principal: músicas agradáveis foram tocadas durante toda a minha experiência.

Iniciei meu jantar com algumas entradinhas clássicas que sempre valem a pena dar uma atualizada em suas releituras atuais. Uma delas, os famosos Charutos de folha de uva (R$38,00), recheados com arroz e carne moída. Bem, eu comi uns dez, sem o menor peso na consciência! Eles eram delicados, macios, com gosto de afeto. Todos os ingredientes que participaram desta receita estavam frescos, com aspecto de feitos na hora. Sempre comi charutos de folha de uva, imaginando como seria prová-los em sua terra natal e o daqui me trouxe esta sensação. Maravilha!

Outro pedido que me trouxe alegrias palatinas foi o Chancliche (R$38,00), uma mistura leve e saborosa de ricota, tomatinhos picados e salsinha. Algo simples, mas que traz consigo frescor, delicadezas de textura e sem que nenhum ingrediente atravessasse a beleza e importância dos demais participantes.

Agora se você está afim de chutar o pé na porta logo de início com algo tenro e substancioso, prove a Linguiça árabe da casa (R$48,00), receita tradicional de um dos patriarcas da família. Eu gostei, ela é mais rústica na textura e com um sabor mais acentuado. Dava para sentir o preparo artesanal do embutido pelo sabor natural da carne. Interessante!

Pedi como prato principal a combinação árabe mais divina desta existência: Kafta com molho pesto de pistache (prestem muito bem atenção no frescor deste molho), com arroz soltinho e recheado com macios grãos de lentilhas (química perfeita). Tudo chegou quentinho, ao ponto, sem susto! Para mim a escolha mais confort food do menu, e sem frescura!

Gosta de coalhada? Então você não pode deixar de provar o Chacrie (R$64,00), um bem executado ragu de fraldinha, mergulhado em um molho cremoso feito de coalhada fresca com anéis de cebolas dourados e servido com arroz cherry. A sinergia entre os pedacinhos de carne que estavam bem macios com este molho azedinho e misturados com a textura adocicada da cebola causava uma verdadeira explosão de sabores na minha boca. O arroz neutraliza a receita, o que provoca um bom equilíbrio.

Tem muita sobremesa gostosa por aqui, mas eu queria continuar nesta linha Mil e Uma Noites, e pedi o clássico da culinária libanesa Malabie (R$19,00), muito parecido com manjar-branco, porém mais perfumado devido a mistura delicada dos aromas da água de flor de laranjeira, do almiscar e do damasco. Amazing!

Lugar aconchegante, serviço muito gentil, a comida árabe para mim continua impactante não só pela afetividade que ela nos presenteia, mas também pelos seus sabores exóticos e inconfundíveis. Aqui no farabudd você terá um pouco desta sensação. Quero voltar!

Serviço
Farabbud
Endereço: R. Diogo Jacome, 360 – Vila Nova Conceição, São Paulo – SP
Telefone: (11) 3044-4358

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Curta e siga: