Banana Verde e sua gastronomia saudável.

E esta semana revisitei um dos primeiros restaurantes vegetarianos aqui da Vila Madalena, o Banana Verde. Desde 2006 ele oferece aos seus comensais comida natural, mas nos últimos anos a chef Priscilla Herrera inovou a sua cozinha com algumas receitas mais caprichadas, saindo daquela linha minimalista basiquinha dos menus vegetarianos. E a gente mais uma vez se surpreendeu!

Comecei o meu banquete com algumas entradas encantadoras e apetitosas do menu. Já comecei amando com a Guacamole com Chips de Banana (R$20,00). O visual me agradou muito, e além disso, tinha aquele colorido e frescor necessário que esta mistura mexicana necessita. Um purê cremoso, bem temperado e que funciona muito bem com a crocância adocicada dos chips de banana. Raspei a tigela!

Para quem é tarado por Cogumelos, tem que provar sua seleção com nirá, molho oriental, moyashi e amendoim (R$21,00). Veja bem, toda esta mistura vai incendiar a sua boca! Eu particularmente gosto da sinergia dos sabores fortes e pungentes com os mais suaves, e as texturas participantes dava um aconchego ao meu palato.

Todo o menu é instigante, com deliciosas diversidades, mas eu fui direto nas receitas que são especialidades da chef, entre elas o Bobó de Shimeji (R$55,00). Primeiro que o prato chega tão flower power que você fica com uma leve tristeza em ter que devorá-lo, mas compensa, porque a cada garfada desta mini moranga você vai sentindo aquele aroma baiano se misturando com a textura leve e delicada do cogumelo shimeji, que para mim tem gosto de mar, então não se apavore se você sentir um quê de “camarão” no ar. O purê de cará com queijo meia cura entra em ação, tirando você da zona da mesmice, e que delícia! A farofa de castanha com arroz bolinha com brócolis dão aquele complemento que sustentará seu apetite.

Mas o meu preferido da noite, cujo gosto eu ainda não esqueci, fica por conta da Flor de Abóbora (R$43,00). Ravióli de abóbora, queijo coalho orgânico, alho, manteiga de sálvia, castanhas do Pará e parmesão. É uma espécie de arrebatamento na sua boca. Sem contar a maciez da massa, com recheio levemente salgado contrapondo com o sabor doce da abóbora. As castanhas quebram a delicadeza do prato agregando uma potência saborosa quando se combina aos outros ingredientes. Receita muito gostosa!

Agora a melhor descoberta da noite para esta doceira viciada assumida foi descobrir que existe na face da terra um doce tão maravilhoso que, além disso, é sem açúcar! Um milagre confeiteiro! Risos… A Esfera de Chocolate (R$19,00), vem com ganache misturado com laranja e gianduia de amendoim. Laranja e chocolate sempre foi a química perfeita para mim, o cítrico e o amargo do chocolate, estupendo e sem açúcar. Prove sem pensar duas vezes!

Eu curto muito vir ao Banana Verde, sempre que chego tem um ambiente leve, um serviço relax e uma chef sorridente, que te oferece comida boa, gostosa e o melhor de tudo: leve em calorias e que te causa aquela sensação boa de ter comido algo saudável no seu dia. Ah! E tem um toque glamuroso, que a gente gosta né! E ainda se você tiver com espírito aventureiro, após um banquete aqui você ainda bate perna para comprinhas nas lojinhas charmosas do bairro. Acontecendo isso, garanto que seu dia será feliz, assim como foi o meu!

Serviço
Rua Harmonia, 278 – Vila Madalena, São Paulo
(11) 3814-4828
http://www.bananaverde.com.br/

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Festival para Botequeiros Veganos!

Recebi um convite hoje pela manhã, que achei no mínimo divertido e curioso e tenho certeza que a galera vegana irá delirar com a novidade, to falando sobre a primeira edição do Festival da Cerveja Artesanal e Comida de Boteco Vegan.

O evento vai rolar neste final de semana (21 e 22 de outubro), e todos os finais de semana até o final do mês de novembro. A proposta do evento é reunir cerveja artesanal vegana de boa qualidade, petiscos no estilo comida de boteco, amigos e boa música, mas tudo de forma bemmmm natural.

Vai ter batata frita, polenta frita, hambúrgueres, pizzas, salgadinhos, acarajé, pastéis, coxinhas, guloseimas diversas e diversos doces veganos.

No evento vai rolar também feira de adoção, ou seja, você vai comer direitinho, beber direitinho e ainda terá a chance de fazer uma boa ação para nossos amigos caninos.

Você também ficou curioso? A gente se vê por lá!

Confirme presença no evento: https://www.facebook.com/events/154846351787060/?ti=cl

Serviço
Data: 21 e 22 de outubro até 25 e 26 de novembro(sábado e domingo
Horário: sábado – das 12 às 22horas
Domingo- das 12 às 21 horas

Local: Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 83 – Vila mariana-ao lado da estação Ana Rosa do metrô.

 

 

 

 

Davide Larise ministra curso de alta gastronomia natural em SP.

Notícia boa para os veganos, ou para os gourmands que querem saber mais sobre culinária vegana, sem perder o brilho da alta gastronomia. Em agosto, um dos chefs mais entendidos do assunto e o único do planeta a ostentar uma estrela Michelin na Europa, Davide Larise, estará administrando uma série de cursos em São Paulo, entre os dias 10 a 17 de agosto.

Formado na escola Alma di Gualtiero Marchesi, o chef já trabalhou em restaurantes estrelados como Il Piccolo Lago, La Taverna di Colloredo e Agli Amici. Chef do 5 Estrelas Hotel Raphael di Roma, atualmente Larise integra a famosa escola de alta gastronomia vegetariana, a Joia Academy, em Milão. É mestre em explorar o universo vegetal de maneira sofisticada e inédita, deixando muitos comensais carnívoros surpresos com os resultados de suas receitas.

Dá uma olhada nos cursos que ele dará no restaurante Nambu, em Higienopolis;

Módulo I – La Cucina Veg in Italia
Dia 12 de agosto, das 9h30 às 12h30
Caponata di verdure leggera • Risotto allo zafferano • Parmigiana di melanzana • Zuppa: pasta e fagioli

Módulo II –  Pasticceria Italiana
Dia 12 de agosto, das 14h30 às 17h30
Crostata classica • Tartufo bianco di riso e crema di nocciole • Semifreddo agli agrumi • Torta di cocco e carote

Módulo III  – Cereali in Italia
Dia 15 de agosto, das 19h às 22h
Ravioli di grano saraceno • Riso integrale tostato • Cannelloni di mais • Polenta con ragu di verdure

Módulo IV  – Le Proteine Vegetali
Dia 16 de agosto, das 19h às 22h
Insalata di legumi • “Pizza” di ceci • Pate di legumi • Cialde

Os cursos estão à venda aqui e custam entre R$ 150,00 e R$ 200,00.Garanta o seu lugar agora e viva essa experiência única com a gente