Oca Tupiniquim reúne música e gastronomia no mês de setembro.

Do pop ao clássico, do rock ao choro, do folk ao erudito. Noites de puras misturas. Esse é o clima, no mês de setembro, na Oca Tupiniquim, na Vila Madalena, em São Paulo. A tradicional casa de eventos lança o projeto Oca Cultural, selo que vai reunir o melhor da música e da gastronomia. Para começar, duas noites memoráveis: 14/09 (sábado), show de Ritchie com a banda Black Tie (R$ 190 de couvert artístico, incluindo show e jantar) e, 19/09 (quinta-feira), concerto dos jovens e premiados pianistas Cristian Budu e Hercules Gomes (R$ 70, o ingresso mais o menu de finger foods).

A Oca Tupiniquim, comandada pela empresária Ângela Soares, agora também promove eventos autorais. O selo Oca Cultural incentiva o diálogo da gastronomia com outras expressões artísticas. Na estreia do projeto, folk-rock com uma roupagem erudita. A casa recebe o cantor britânico radicado no Brasil, Ritchie. Compositor de “Menina Veneno”.

 No menu de jantar preparado pela chef Raphaela Homem de Melo, da Oca, uma culinária contemporânea, com ingredientes brasileiros. O menu de seis tempos é composto por: entradas (Tartar de Beterraba, Brandade de Palmito Pupunha e Purê de Cabotiá Defumada e Couve-Flor), pratos principais (Riz de Carreteiro com Amêndoas Torradas, Banana-da-Terra e Azeite Aromático, com opção vegetariana, e Bobó de Camarão, Arroz de Coco e Farofa de Dendê, com versão vegetariana feita com cogumelos) e sobremesa (Terrine Crocante de Chocolate e Avelãs com Sorvete de Tangerina). Para harmonizar, sugestões de drinques bem brasileiros, como a carta de gim-tônicas: Tupiniquim (gim, tônica, mexerica e lasca de pimenta de cheiro, R$ 35), Caeté (gim, tônica, limão-siciliano e capim santo, R$ 35), Potiguara (gim, tônica e cajuína, R$ 35) e Xavantes (gim, tônica, frutas vermelhas e hortelã, R$ 35).

Hercules Gomes

Piano erudito e popular se encontram na noite da quinta-feira (19/09) na Oca Cultural durante o concerto dos pianistas Cristian Budu e Hercules Gomes. O músico capixaba Hercules Gomes, de 38 anos, apontado pela crítica como um dos mais talentosos pianistas da atualidade, apresenta na Oca composições de seu mais recente álbum No Tempo da Chiquinha, em que celebra Chiquinha Gonzaga (1847-1935), a pianista brasileira que criou as bases do choro. Hercules demonstra influências de ritmos brasileiros, jazz e da música erudita, aliadas a uma técnica refinada

Para o menu do encontro, a chef Raphaela Homem de Melo propõe uma degustação de finger foods, petiscos e caldinhos, como: Mandioca no Espeto com Manteiga e Queijo Coalho Gratinado, Polenta com Molho Pesto e Castanha-do-Pará, Caldinho de Feijão com Cachaça, Caldinho de Abóbora com Leite de Coco, Curry e Gengibre, Tartar de Beterraba. Água mineral (com e sem gás) são cortesias da Oca nos dois eventos. Demais bebidas cobradas à parte. No serviço de bar, haverá, ainda, vinhos, cervejas e refrigerantes.

 “A Oca é uma casa de eventos que nasceu com essa personalidade criativa e um DNA bem brasileiro, das louças que servimos ao mobiliário de design nacional. Há 12 anos produzimos eventos de clientes, amigos e parceiros, corporativos e sociais. A Oca Cultural é um selo proprietário nosso e tem a proposta de unir o melhor da música ao melhor da gastronomia”, explica Angela Soares, sócia da Oca Tupiniquim.

E gente se vê por lá!

Serviço – Oca Cultural:
Quando:– Dia 14/09, sábado, às 22 horas – Ritchie, em Wild World – The Songs of Cat Stevens. O jantar começa às 20h30.
Dia 19/09, quinta, às 20h30 – concertos de Cristian Budu e Hercules Gomes. O serviço de jantar começa às 19h.
Onde: Oca Tupiniquim (Rua Fradique Coutinho, 1379 – Vila Madalena, São Paulo, SP – CEP 05416-011)
Vendas: cultural@ocatupiniquim.com.br ou nos tels. 11 3031-7996 e 11 9 9939-8209.
Quanto: R$ 190 (couvert artístico, show + jantar), no dia 14/09; R$ 70 (couvert artístico, show + menu de petiscos), no dia 19/09. Não aceita meia entrada.
Capacidade: 100 lugares.
Possui área para fumantes: 40 lugares.
Censura: livre.
CC aceitos: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa.
CD aceitos: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa.
Não aceita cheques.

Welcome Amy…

Amy Winehouse chegou ao Brasil… hahahaha… E não é que ela conseguiu sobreviver até o momento presente?! Porque até que o show comece, tem muita gente duvidando de sua performace, inclusive eu! Visto histórico de maluquices da britânica.

Amiga querida Rachel Aires veio com a boa notícia: 2 ingressos para o show do dia 10, no Rio de Janeiro… Em véspera de Fashion Rio… Tem coisa melhor que começar o ano assim?! Com bom show, bons desfiles e um verão desafiador para todos os protetores solares desta existência! Risos

Well, mudar de opinião é uma atitude contemporânea, e ao passar do tempo descobri que eu gosto da Amy… Muito mais da voz dela… E acho o seu visual super cool! Muito já se falou da cantora, e me parece que ela sobrevive bem a isso tudo, à sua super exposição midiática… E, ao contrário do que dizem, acho que ela consegue lidar bem com a fama que conquistou… Uma pena que esta fama esteja totalmente associada à sua tristeza e suas loucuras.

Amy criou sua própria caricatura… Já no Brasil, ela pediu luneta, vinho francês, vodka russa e cerveja mexicana… Sinal de bom gosto!… Já disse que quer se jogar na noite da Lapa… hahahaha! A rica agora gosta de boteco… No Caribe, onde ficou por meses, mais precisamente em Santa Lúcia, foi inaugurada uma boate por lá em sua homenagem… Quem sabe os cariocas ganhem uma herança similar durante sua permanência por aqui… Que se depender dela pode durar mais do que o previsto! Rs

Seja Bem Vinda, Amy Winehouse, te vejo na segunda e, sinceramente, espero ver tudo de você!! Hahahaha! Rio de Janeiro, prepare-se, eu estou chegando! Beijossssssssssss

Santa Madonna

Bem após anos de espera, tive a oportunidade de ver Madonna ao vivo e a cores!!! Beautiful Day…..quando bati os meus olhos nas pernas dela….no meio de milhões de pessoas pulando e cantando (inclusive eu), quase morri de desgosto; por mais que eu malhe nesta vida….talvez (ou muito provavelmente), não chegarei perto ao ponto de poder comparar as minhas humildes pernotas com as dela…..inveja é uma coisa horrorosa, credo!!

Bem voltando ao show….foi tudo MARAVILHOSOOOOOOO, os efeitos visuais a cada música, os “Modelitos Fashion” de Madonna e de seus bailarinos, é uma coisa impressionante….por 2 horas os meus olhos, e creio que de mais umas 50.000 pessoas não conseguiam se desgrudar do palco e dos telões; a cada música uma nova e deliciosa novidade……além disso a energia do Morumbi era algo contagiante, você simplesmente tinha obrigação moral de sair de lá FELIZ….e foi o que aconteceu comigo por algum tempo, até que cheguei ao estacionamento e descubro que custava R$ 150,00 reais…isso mesmo, vocês não estão lendo a quantia errada. Vou repetir R$ 150,00….Bem mudando radicalmente de assunto (porque cada vez que me lembro do preço deste estacionamento, eu lembro das palavras do meu sábio Rámigo Marcos- “ Abstrai da sua mente esta informação!”)…hahahahahaha

Pessoas em resumo, antes de morrer vá ver um show de Madonna…seu coração e sua alma agradecem!! Valeu até a próxima e um natal inesquecível para todos nós, porque Madonna ontem nos deu um super presente…Beijão

anti-wrinkle skin care