Workcation: hotéis oferecem benefícios exclusivos para quem quer relaxar enquanto trabalha.

Em pouco mais de um ano após o início da pandemia aqui no Brasil, se reinventar para um novo estilo de vida já virou rotina. Na indústria do turismo, um dos setores mais afetados pela crise, não é diferente. Novos modelos de negócios, já adaptados à atual realidade sanitária surgiram e vieram para ficar. Termos em inglês para definir essa nova onda aliás, é o que não faltam. Caso do workcation, expressão designada para todos aqueles que buscam um pouco de conforto e lazer em hotéis, resorts ou casas alugadas enquanto trabalham de forma remota.

O novo termo, ou oportunidade de negócios para o setor hoteleiro, a propósito, vem fazendo sucesso. O chamado “novo normal”, onde o trabalho pode ser feito de qualquer lugar confirma a tendência. Uma série de hotéis e resorts nacionais, inclusve, já surfam na onda ao oferecer pacotes vantajosos para quem quer se desligar da rotina doméstica.

Bungalow outside view at night

Um bom exemplo disso é o Cristalino Lodge, um dos 25 melhores ecolodges do mundo segundo a National Geographic Travel. Além de oferecer descontos progressivos para quem escolher o hotel, situado no sul da floresta amazônica, como “escritório” em estadias mais longas, o empreendimento irá reverter parte da renda arrecadada com as hospedagens para o projeto social Fortalecer, da Fundação Cristalino Lodge, que capacita bordadeiras da região. O projeto visa o ensino de uma nova oportunidade de negócios para as mulheres da região de Alta Floresta, no Mato Grosso, área onde está inserido o ecolodge, por meio de workshops.

Fora as vantagens econômicas e sociais promovidas pelo Cristalino Lodge para incentivar novos hóspedes adeptos do workcation, o empreendimento ainda garante internet de alta velocidade, bangalôs equipados com mesa de leitura com vista para a floresta e, claro, uma grande variedade de experiências de lazer para quem quiser relaxar entre as reuniões do dia-a-dia. 

Outro empreendimento hoteleiro que entrou na onda do workcation é o elegante e recém inaugurado Six Senses Botanique, o primeiro e único da luxuosa Six Senses nas Américas, que desembarcou no Brasil este ano, na Serra da Mantiqueira. Além de ser o destino ideal para quem busca isolamento com segurança fora dos grandes centros urbanos, o hotel está oferecendo cortesia de uma noite para quem reservar quatro ou mais diárias neste oásis de tranquilidade.

Localizado no Triângulo das Serras, região que compreende os municípios de Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão, o empreendimento oferece mais de 1,2 milhões de m² de paisagens naturais, que garantem toda a paz e tranquilidade necessárias para quem precisa trabalhar, mas não abre mão do conforto e qualidade de vida.

No nordeste, o Pratagy Beach All Inclusive Resort, de Maceió, também surge como opção para aqueles que estão procurando dias mais calmos e tranquilos em meio à agitada rotina de trabalho. Com a paradisíaca e semi-privativa Praia de Pratagy como cenário, os hóspedes podem aproveitar o delicioso clima praiano, típico de Alagoas, para relaxar antes ou depois da sua jornada de trabalho.

Famílias com crianças também saem em vantagem ao escolher o resort para um workcation, já que poderão utilizar a ampla estrutura de lazer oferecida pelo Pratagy para o entretenimento dos seus filhos enquanto trabalham. O regime all inclusive também garante outro benefício único para os hóspedes: não é preciso se preocupar com alimentação, tão pouco com a conta no fim da estadia. Happy-hour liberado…

Seja qual for o cenário escolhido, já é possível afirmar que o workctation veio pra ficar.

Festival Frutas Vermelhas em Campos do Jordão!

A Associação Cozinha da Mantiqueira, reúne 28 associados entre bares, restaurantes e cervejarias artesanais de Campos do Jordão e Santo Antônio do Pinhal e esta realizando desde o dia 19 de novembro até o dia 03 de janeiro a Temporada Gastronômica das Frutas Vermelhas, quando os participantes estarão oferecendo bebidas, petiscos, pratos e sobremesas criados e harmonizados com as saborosas frutas que estão em plena colheita e são produzidas na região da Mantiqueira.

Segundo o Presidente da Associação, Luis Fernando Peretti, a boa localização de Campos do Jordão – no eixo São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais – está propiciando que o turista volte à cidade pois são apenas duas horas de carro e a maioria das atividades e atrações são outdoor.  “O evento gastronômico visa oferecer, durante o período das festas de fim de ano,  uma atração diferenciada nos restaurantes, que desde de setembro estão acolhendo o turista de forma segura. Os associados da Cozinha da Mantiqueira estão cumprindo rígidas medidas preventivas e criamos um selo de “Restaurante Responsável Covid” que está fixado já na entrada dos estabelecimentos”, explica. 

A responsabilidade social de Natal também marcará esta Temporada em Campos do Jordão. A Associação Cozinha da Mantiqueira irá presentear carinhosamente a “Instituição de Acolhimento Elza Mansur dos Santos” por meio de uma ação a ser realizada dia 12 de dezembro a partir das 11:30 na Praça do Pinho Bravo quando o chef Anderson Oliveira do Restaurante Dona Chica  irá preparar um prato com frutas vermelhas que será vendido por um valor acessível à comunidade. Toda a renda desse dia será revertida para a compra de 25 cestas de Natal que serão entregues às crianças no dia 22 de dezembro, num almoço especial com a presença do Papai Noel.

A associada chef Anouk Migotto do Restaurante Donna Pinha em Santo Antônio do Pinhal, criou para a Temporada a Torta do Bem – de amêndoas com recheio de brigadeiro branco e frutas vermelhas e coulis de amora e irá reverter toda a sua venda para uma ação de responsabilidade social para a sua cidade, presenteando 35 crianças com almoço e cestas de Natal.

Já a partir de 20 de dezembro os visitantes de Campos do Jordão poderão apreciar 175 árvores de Natal de mais de 2 metros de altura, criadas individualmente por empresários e entidades da cidade, inclusive pela Associação Cozinha da Mantiqueira, na Praça do Pinho Bravo, na Vila Capivari. Uma atração imperdível!

Também vale destacar alguns dos principais pratos criados pelos chefs de cozinha dos restaurantes do Cozinha da Mantiqueira para a Temporada Gastronômica, entre eles:

Alto da Brasa – localizado no Parque da Cerveja, o restaurante oferece grelhados diferenciados e a chef Michelle Peretti sugere a Costelinha suína em baixa temperatura ao molho barbecue de frutas vermelhas, acompanhada de polenta cremosa.

Tainakan –– com decoração rústica e aconchegante, o restaurante está no Parque Tarundu, que é um centro de lazer e atividades divertidas para passar um dia inesquecível. O cardápio à la carte sugere o Cordeiro da Montanha  – marinado 24 horas e cozido suavemente com os melhores temperos e especiarias antes de ir ao forno, acompanham Risoto de Funghi, alho confitado  e batata rústica e de sobremesa com receita da família Lenz, um Cheesecake recheado com mirtilo, framboesa, amora e cereja, banhadas numa deliciosa calda marinada no licor Marraschino.

Vila Chã – tradicional restaurante de Campos do Jordão, é especializado em culinária portuguesa com a cozinha  comandada pelo chef e proprietário Nelson Gonçalves que para o evento sugere a sobremesa típica Filhós recriada com frutas vermelhas.  

Evento imperdível!

A primavera chegou e o Festival do DONNA PINHA também!

Quando chega a Primavera, a primeira coisa que me vem à mente é o Festival de Alcachofra da chef e amiga querida Anouk, em Santo Antonio do Pinhal. Aliás, esta é a melhor dica desta estação para 2020, ano em que todos nós vivenciamos um novo momento desta existência. Você não só vai provar muitos pratos à base desta flor tão exótica e saborosa, mas também de quebra você poderá fazer uma fuga rápida em um dos espaços que ela reservou em sua casa, para quem deseja uma experiência encantadora de hospedagem (saiba mais em @casadachefcamposdejordão).

A imagem pode conter: planta e comida

A Chef Anouk todos os anos elabora receitas inéditas para os amantes da maravilhosa flor de alcachofra. Em sua gastronomia, além de exalar autenticidade, você irá sentir em cada experimento um sabor fresco, uma leveza de textura e um perfume que a gente só sente quando vai à Serra da Mantiqueira.  E aqui vale uma intervenção, será muito difícil você escolher uma única receita, porque tudo será inédito ao seu paladar, então prepare sua alma para uma verdadeira estripulia gastronômica.

Este ano o meu eleito foi o Nhoque de Batata Roxa com molho de sálvia, servido dentro da flor. Dava pena de desfazer o visual do prato. Mas caso esta não seja a sua praia, você também terá outras opções como risoto negro com alcachofra, truta, carne e sem contar a minha receita preferida da vida: Alcachofra Recheada com Gorgonzola.

O Donna Pinha oferece vários festivais durante o ano todo para nossos delírios gastronômicos, e é sempre um prazer prestigiá-lo, sua cozinha engrandece sempre almas que possuem um bom apetite. Vale ressaltar todos os cuidados que a chef realizou em seu restaurante para atender os protocolos de segurança em tempos de pandemia.

E se você ama uma boa serra, uma cidade abençoada, um restaurante onde você se sente em casa e, claro, alcachofras, aqui é visita obrigatória! O Festival vai até o início de novembro, corre lá!

Serviço

Donna Pinha
Endereço:
Avenida Antônio Joaquim de Oliveira, 647 – Centro, Santo Antônio do Pinhal – SP
Telefone:
(12) 3666-2669

Suíte na casa da Chef Anouk, em Santo Antônio do Pinhal.

Olha tem males que vêm para o bem… a pandemia está levando muitos profissionais da gastronomia a repensarem sobre o seu negócio e também como se reinventarem até esta fase enlouquecida que estamos vivendo passar.

Pensando nisso, a chef Anouk, proprietária do restaurante Donna Pinha, em Santo Antônio do Pinhal está recebendo em sua casa, pessoas que querem sair da loucura da realidade pandêmica brasileira. A ideia neste período é proporcionar o máximo de experiências possíveis aos hóspedes, e o melhor sem sair de casa. Durante os dias agradavelmente confinados, você poderá cozinhar com a chef, andar de bike pela propriedade, tomar vinho em frente a lareira, entre outras surpresas “Recebo em minha casa como se os hospedes fossem entes queridos” diz Anouk.

Olha uma coisa eu posso garantir, comida e conversa boa serão garantias na certa, Anouk é uma chef tão talentosa e tem uma conversa tão querida, que risadas e receitinhas atraentes não faltarão.

Dá uma olhada nas imagens e se deliciem!

Gostou? Para alugar clique aqui!

Delírios gastronômicos no Festival de Alcachofra do Donna Pinha.

Já é o segundo ano que vou ao Festival de Alcachofra da Chef Anouk em seu restaurante Donna Pinha, e mal eu saio de Santo Antônio do Pinhal e já peço a ela a data do próximo ano deste lindo festival que celebra o início da primavera.

A chef todos os anos elabora várias receitas criativas para os amantes da maravilhosa flor de alcachofra. Em sua gastronomia à base desta exótica flor, além de exalar autenticidade, você irá sentir em cada experimento um sabor fresco, uma leveza de textura e um perfume que a gente só sente quando vai à Serra da Mantiqueira.  E aqui vale uma intervenção, será muito difícil você escolher uma única receita, porque tudo será inédito ao seu paladar. Então prepare sua alma para uma verdadeira estripulia gastronômica.

Iniciei este agradável banquete com a sua famosa Flor de Alcachofra com gorgonzola, molho branco e parmesão (R$42,80). Cada pétala tem que ser provada sem pressa e com as mãos, o sabor levemente amargo da flor em sinergia com a potência calorosa dos queijos é de um aconchego ao seu palato, que só por Deus a gente consegue parar de comer aquilo. Não deixe de pedir esta entrada, eu particularmente sonho com ela o ano inteirinho, e a Anouk sabe produzí-la como ninguém.

Eu destacaria aqui muitos pratos principais, como o Fettuccine (R$49,80), que vem mergulhado dentro da flor, com diversos cogumelos, uma verdadeira descoberta em cada garfada. Mas o eleito deste ano, que ganhou a minha atenção e se eternizou em minha memória, foi o maravilhoso Carré Suíno grelhado com molho de alcachofra em redução de vinho e purê de mandioquinha (R$54,80). Que espetáculo minha gente! A carne se desmanchava na minha boca e o molho só enalteceu seu sabor delicado. Por aqui tudo chega tão fresco da cozinha que você nem percebe que acabou de devorar um belo pedaço de carne suína, sua textura macia e sabor peculiar tornam esta receita muito afetiva e com vontade de quero mais!

A Donna Pinha durante o ano todo oferece vários festivais para nossos delírios gastronômicos, e é sempre um prazer prestigiá-la, sua cozinha engrandece sempre almas que possuem um bom apetite. E se você ama uma boa serra, uma cidade abençoada, um restaurante onde você se sente em casa e, claro, alcachofras, aqui é visita obrigatória. O Festival vai até 31 de outubro, corre lá!

Endereço: Avenida Antônio Joaquim de Oliveira, 647 – Centro, Santo Antônio do Pinhal – SP
(12) 3666-2669