Falafada: Um árabe para chamar de nosso!

Esta semana fomos conhecer um restaurante que já habita entre nós paulistanos há 03 anos, mas somente agora recebemos a graça de ir visita-lo, o Falafada, na Santa Cecilia. O lugar reúne receitas gastronômicas do maior mar do mundo. Por aqui você encontrará pratos gregos, judaicos, libaneses, turcos e de tantas outras nacionalidades, que desfrutam desta culinária rica em ervas e aromas.

O lugar exala conforto e bem-estar de maneira bem simples e eficaz: mesinhas, uma mesa comunitária, um bar e uma varandinha compõem o ambiente perfeito para reunir amigos e petiscar comidinhas do Mediterrâneo, entre um gole e outro.

Eu iniciei meu jantar com o “carro-chefe” da casa e considerado por alguns o melhor da cidade, o famoso Falafel (R$15,00), que consiste em bolinhos fritos de grão de bico, fava e misturado com condimentos que exalam seu sabor. Eu amo o “grão da felicidade” e o daqui não irá te decepcionar: porção generosa, bem sequinhos, crocante, sem deixar o interior ressecado e com sabor original. O molho de Tahine que acompanha agrega sabor.

Após a ótima entrada, pedimos um dos especiais da casa, o Sinfonia Falafada2 (R$65,00) que é composto por Shawarma (maminha), parguit (frango), hommus, babaganoush, coalhada seca, relish de pimentão e saladinha. Se você deseja conhecer um pouco da proposta da casa em uma tacada só, eu recomendo bastante este prato, aqui se reúne o que há de mais popular na comida árabe e tudo é muito bom! Dá vontade de enfiar a cara e comer tudo, de várias maneiras. Acidez, dulçor, especiarias potentes e uma sinergia contagiante. Ah, sim: eles produzem tudo lá.

Será bem difícil você escolher um dos pratos principais, porque são receitas tentadoras, mas fomos de Parguit Haifa (R$38,00) São lasquinhas de coxa e sobre coxa de frango, como elas são assadas no espeto giratório, a maciez e o sabor parecem se intensificar, juro que na primeira garfada tive dificuldades em identificar como carne de frango. O couscous marroquino com ervas e lentilhas estava de comer ajoelhado, úmido, soltinho e todas as especiarias abraçando-se fraternalmente. O prato também é composto por legumes grelhados, que chegaram de forma majestosa, frescos e quentes!

Eu amo Kaftas, então fomos de KAFTA TRÍPOLI (R$45,00), deliciosas kaftas de cordeiro grelhadas, servidas com Varenikes (massa fresca recheada com batata), cebola caramelada e emulsão de queijo de cabra. A carne estava uma delícia, digo isso porque carneiro para mim é sinônimo de carne dura e odor forte. Não foi o caso, a textura da carne estava macia e o sabor marcante. Mas o que eu amei mesmo foi esta massa de origem judaica: macia, adocicada e o toque acebolado traz conforto e bem-estar ao palato, um ótimo acompanhamento. Meu prato preferido da noite!

E finalizamos nossa noite com uma das sobremesas da casa Terrine Falafada (chocolate com amêndoas e tâmaras). Gente que doce é este? Um doce para gente que gosta de se lambuzar, um mix de texturas e sabores inigualáveis e equilibrados.  Pode não ser um doce árabe, mas taí uma “fusion food” que amei!

Serviço gentil, preços camaradas, decoração que não agride os olhos. Falafada é um lugarzinho que vale a pena conferir. Quero voltar com o namorado libanês para experimentar outras maravilhas da casa. Super vale a visita!

Serviço
Falafada
Rua Martinico Prado, 172- Sta. Cecília – São Paulo – SP
Tel.: (11) 3578.2226
www.falafada.com.br

Crédito Imagens: Roberto Salgado

COSI, cada vez mais surpreendente!

Esta semana revisitei um dos bistrôs mais charmosos do centro de São Paulo na minha opinião, e conheço muita gente que concorda comigo. O Cosi é um daqueles lugares que você torce para que ele nunca feche as portas, desde a entrada até o salão principal a casa exala requinte, bom gosto em cada detalhe do seu décor e proporciona muito conforto aos seus visitantes. Repare bem em uma das cadeiras que você irá se sentar e certamente lembrarão do que estou dizendo.

O chef Renato Cariorini é um velho conhecido dos paulistanos quando se trata de gastronomia italiana moderna. Ele, que já faz história desde o Cantaloup, criou este espaço para popularizar uma tendência ainda conhecida por pouca gente, a bistronomia, que defende uma cozinha autoral a preços convidativos, ou seja, você come bem e paga pouco! Fazia três anos que não visitava o Cosi e para minha surpresa o menu tinha muitas receitas inéditas, curiosas e sem frescura.

Comecei com a Polenta (R$38,00) feita pelo chef. Eu, que nem sou tão fã desta iguaria, tive que me render. A pasta rústica com macios grumos de farinha chega à mesa com textura primorosa, tendo incorporados pedacinhos de damasco, o potente gorgonzola e a crocância do pistache, que deram o toque primoroso. Um espetáculo de sabores, texturas e simplicidade, mas que deixou esta receita que antigamente já foi considerada “comida de pobre” muito mais atrativa e inesquecível. Se gosta de polenta deve provar obrigatoriamente esta entrada!

Outra entradinha bacana foi o Crostini Di Agnello (R$38,00). Não confunda com a bruschetta, é diferente (melhor inclusive), e a versão daqui não irá te decepcionar. O pão estava tão macio que você mal percebia que era uma ciabatta, e seu recheio feito com cordeiro braseado com fonduta de parmesão estava divino. A carne desfiada úmida e de sabor intenso se chocou maravilhosamente bem com a cremosidade do farto queijo. Um casamento perfeito!

E é claro que vir até aqui e dispensar uma massa seria algo do tipo “loucuras sem procedências”, portanto provei uma que me chamou a atenção: Lasagna di Anatra (R$63,00). Simplesmente amazing, finas fatias de uma massa cheirosa, recheada com pato confitado e purê de batata doce roxa, mergulhados em um creme doce de gorgonzola. Taí uma versão caprichosa desta velha receita! O purê trouxe suavidade, trazendo equilíbrio ao sabor intenso da carne, com a possibilidade de serem mordidos todos os ingredientes juntos sem virarem papa na boca antes disso. O molho do queijo fez o contraponto interessante, muito bom, nada óbvio!

Logo de cara o chef sugeriu este prato e a gente não negou a sugestão, Porchetta Di Maialino (R$68,00), uma porchetta de leitão servida com purê de nozes e salada de repolho agridoce. Se você gosta de carne suína, esta é imperdível: carne suculenta, macia, pele crocante, surpreendente. E suas guarnições só enalteceram a iguaria, o purê feito com a fruta seca deu um toque adocicado à receita, sem interferir no sabor do protagonista, e a salada de repolho, bem temperada por sinal, deu frescor e equilíbrio. Aqui o domínio da técnica do chef é evidente!

E finalizei o jantar com o Tiramissu (R$27,00). O visual da sobremesa não era muito bonito, mas o mascarpone estava cremosíssimo e o café neste caso era nota de fundo, não foi invasivo e seu aroma era sutil e provocador. Um belo desfecho!

Atmosfera agradável, chef talentoso e preços camaradas, uma ótima combinação quando se trata do universo gastronômico, lugares assim só floreiam mais a nossa cidade, que guarda consigo segredos inestimáveis. Vida longa ao Cosi!

Serviço
Restaurante COSI
Endereço: R. Barão de Tatuí, 302 – Santa Cecilia, São Paulo – SP
Telefone: (11) 3826-5088
www.restaurantecosi.com.br

Crédito Imagens: Roberto Salgado

 

Especial Giros – Dia dos Pais Gourmet!

Lugar descolado, com cerveja artesanal, vinhos e boa comida para comemorar o Dia dos Pais? A Giros preparou um roteiro especial, com lugares bacanas na Capital Paulista e menus notáveis que vão tirar o seu “coroa” da poltrona.

Dá uma olhada;

COSI

O restaurante italiano na Santa Cecília é uma ótima opção para quem deseja festejar o almoço deste domingo especial O chef Renato Carioni criou com exclusividade para a data, um Filé mignon com ragu de cogumelos, purê de cará com funghi porcini (R$72).

Antes peça algumas das novas entradas (R$38 cada): Crostini de cordeiro braseado com fonduta de parmesão) ou Steak Tartare Albese (Filet mignon picado na faca, temperado com alcaparras, cebola roxa picada, pepino em conserva, mostarda dijon e aromatizado com salsa trufada). Para finalizar, as dicas de sobremesas pelo valor de R$27, são: Panna cotta di pistacchio (Panacota de pistache servida com calda e sorvete de chocolate) e a Torta al limone (Biscoito de amêndoas, creme de limão siciliano e morangos macerados).

Osteria del Pettirosso

Para o Dia dos Pais, o chef Marco Renzetti da Osteria del Pettirosso,  serve como prato principal, o Petto d’anatra, salsa al passito e tortino agli agrumi (peito de pato servido mal passado, molho de vinho “passito” e torta de cítrico – Foto) harmonizado  com uma taça de vinho Marzemino 2014, da vinícola  italiana Roeno, por R$89.

Para começar, duas entradas: La cipolla (cebola assada, recheada dela mesma R$35) e a Ragosta all’agro (cavaquinha ao vapor servida com cebolinha marinada em vinagre – R$39). Finalize as sugestões com alguma sobremesa do cardápio, cada uma R$24, como: Delizia al limone (massa frola, creme de limão e praline de pistache), Fondente al cioccolato (pequena torta de chocolate amargo e mousse de chocolate branco ) e o Sformatino di polenta e miele alla sambuca, ricotta bruciata (pequena torta doce de polenta, mel e ricotta fresca assada).

 Emiliano

Reconhecido como o melhor Brunch da cidade desde 2008, o Restaurante Emiliano serve seu brunch à la carte com tudo à vontade: pratos do café da manha, almoço, sobremesas incríveis e espumante. Assim que seu pai chegar será recebido com um maravilhoso couvert com cesta de pães artesanais variados, como o de linhaça com suco de maçã, pistache e o de castanha do Par, Muffins e uma deliciosa degustação antepastos.

Algumas delícias do café da manhã também estão à disposição para serem escolhidas no cardápio, como os Croques monsieur e madame, as Panquecas com mel nativo ou maple syrup e os Ovos Beneditinos Emiliano servidos à perfeição. Não deixe de provar as rabanadas que são sucesso entre os hóspedes frequentes do hotel.

O menu à la carte oferece massas artesanais além dos pratos especialmente criados para a data,  como a Salada de vieira com pupunha crocante: Vieira canadense de tamanho grande caramelizada, esta entrada é uma perfeita harmonização da acidez do limão  com as notas doces do molusco, uma combinação muito elegante  ao paladar. Outra novidade para o Domingo dos pais é a clássica Terrine de fígado aromatizada com Armagnac e vinho do Porto. Para terminar em grande estilo, o brunch ainda inclui uma série de sobremesas especiais preparadas com carinho na confeitaria do hotel para os pais e familiares: um doce tradicional da pâtisserie napolitana, Baba ao rum, Torta de banana caramelada com sorvete de canela, uma sobremesa feita especialmente para um almoço familiar. O valor é de R$ 240,00 por pessoa + 12% de taxa de serviço incluindo espumante a vontade.

A Luz, Câmera, Burger!

Foto: Elvis Fernandes

A lanchonete descolada na Vila Mariana, também preparou uma programação especial para o Dia dos Pais, com um brunch, das 9h às 12h, no valor de R$ 50 por pessoa, comprando antecipado ou R$ 60, no dia. O ambiente da hamburgueria já vale o passeio. A lanchonete foi construída dentro de dois contêineres de navio e com projeto de construção totalmente sustentável, feito a partir do reúso de materiais, como madeira de demolição e vigas de metal.

Opções como a Rabanada e Goiabada com Queijo Branco prometem adoçar a manhã. Opções salgadas não faltam para agradar, como Bauru, Pão com Manteiga na Chapa, Ovo Mexido, Salsicha, Bacon, Pão de Queijo, Salada de Frutas, Cesta de Frutas, Tábua de Frios e Pão Recheado com Peito de Peru. Para acompanhar, Café, Leite, Chá Quente, Água Aromatizada e Sucos de Laranja e Açaí completam o cardápio especial.

Para embalar o domingo dos pais, a haverá a atração da São Paulo Bluegrass Music Association, associação que promove a música acústica de raiz americana e vertente country.

 Randa

O Randa, restaurante sírio-libanês, une tradição, modernidade e receitas de família. A casa fica no Plaza Gourmet, área de gastronomia e conveniência de um dos maiores complexos empresariais da cidade, o Morumbi Corporate, na Chácara Santo Antônio, zona sul de São Paulo. Na data, os pais que forem acompanhados dos filhos ganharão, como cortesia, qualquer prato principal do menu assinado pela chef Renata Abbud.

Dentre as opções, estão: a Heríce (R$ 42), sopa de trigo libanês em grão, com filé de frango desfiado, cebola corada na manteiga com toque de tempero árabe, e o Quibe de Nozes (R$ 41), preparado com trigo e nozes e recheado com coalhada seca e carne tenra, é servido em berço de espaguete de legumes salteados. Como principal, há o Lombo de Cordeiro (marinado com vinho branco e ervas e grelhado, R$ 71), uma das especialidades do Randa, e que harmoniza com o vinho tinto seco Ksara Reserve du Convent, safra de 2012, produzido pela mais antiga vinícola do Líbano. Aos domingos, o Plaza Gourmet conta com um Espaço Kids com monitores e brinquedos para as crianças e não há cobrança de serviço de valet para os clientes do restaurante. Perfeito para comemorar a data em família.

Imagina uma Costela Bovina com Mil Folhas de Mandioca com Manteiga de Garrafa (R$79) onde a costela vai ao forno à 85 graus durante 8 horas e depois é desossada e prensada. Ao final, ela é cortada em quadrados e marcada na churrasqueira para depois ser regada em seu próprio molho até ficar glaceada.

CÓR

Agora, pense em um Mil Folhas feito com camadas de lâminas de Mandioca intercaladas com Manteiga de Garrafa. Este é um dos pratos que estarão disponíveis no CÓR para celebrar o Dia dos Pais, no próximo domingo. Outra boa opção é o Tortelinni de Cogumelos com Sashi de Funghi, Rabanetes e Cogumelos Frescos (R$59) também criado especialmente para a data.

Para fechar com chave de ouro, peça pela mais nova criação: Tarta Queso, muito comum no País Basco e que leva queijo cremoso, ovos, nata líquida e especiarias.

KAÁ

O chef Massimo Barletti, d omaravilhoso restaurante Kaá, criou uma sugestão especial para  próximo dia 13 de agosto, Dia dos Pais: o lombo de cordeiro em crosta de ervas com cuscuz marroquino ( R$ 78). “É um prato encorpado que agrada os paladares masculinos”, explica o chef. O prato será servido apenas na data.

Outra ação do restaurante para o dia especial será na compra de um Vinho Novas Gran Reserva Cabernet Sauvignon Safra 2014, na qual o cliente  ganha uma linda wine bag preta em courino personalizada, em parceria com a importadora La Pastina. Há apenas 20 itens disponíveis. Por isso, o restaurante recomenda reservar com antecedência.

Serviço
Così Santa Cecília – Rua Barão de Tatuí, 302 – Santa Cecília – São Paulo – (11) 3826-5088 – Cc: Todos. Cd: Todos. Aceita cheque. Capacidade do local: 60 lugares. Aceita reservas. Acesso para deficientes físicos. Estacionamento com manobrista. Conexão Wi-Fi gratuita. Horário: Seg à Qui 12h às 15h e das 19h às 23h – Sex 12h às 15h e das 19h à 0h – Sáb 12h às 16h e das 19h à 0h – Dom 12h às 17h- http://www.restaurantecosi.com.br/

OSTERIA del PETTIROSSO- Al. Lorena, 2155, tel.3062-5338/3062-4531. 65 lugares. Não possui acesso para deficientes físicos. Cartões de crédito e débito: VISA e MASTERCARD. Horário de funcionamento: Terça-feira a quinta-feira: 12:00 – 15:00 – 19:00 – 23:00/ Sexta feira e sábado: 12:00 – 15:00 – 19:00 – 23:30. Domingo 12:00 – 16:30. Ar condicionado. Estacionamento com manobrista R$20. http://www.pettirosso.com.br/

Restaurante Emiliano- Rua Oscar Freire, 384 – Jardins. Tel. 11 30684390/ Horários: Café da manhã – diariamente das 6h às 11h / Almoço – Seg a Sex das 12h às 15h / Jantar – diariamente das 19h às 24h / brunch – Sáb, Domingos e Feriados das 12h às 15h / Cartões: todos. Capacidade 46 lugares / Estacionamento: R$20,00. Champagne Bar & Caviar – das 8h à 1h, diariamente. Menu completo no site: www.emiliano.com.br.

Luz, Câmera, Burger! www.luzcameraburger.com.br / Endereço: Rua Caravelas, 339 – Vila Mariana, São Paulo/ Telefone: 11 3564-5410 /Horário: domingo (13/08), das 9h às 12h. Facebook: /luzcameraburger

Randa Especialidades Árabes www.randarestaurante.com.br  Endereço: Avenida Chucri Zaidan, 1240 – 1º andar – Piso Plaza Gourmet – Ed. Morumbi/ Corporate – Chácara Santo Antônio, São Paulo – SP/Telefone: 11 3957-9570/ Horário: domingo (13/08), das 12h às 17h. Facebook: /restauranteranda

Cór Restaurante- Praça São Marcos, 825 – Alto de Pinheiros. Tels.: 3726-2908 ou 3021-2399. Capacidade: 60 lugares interno e 20 lugares externo. Acesso para deficientes físicos. Cc: todos (exceto Hipercard). Cd: todos. Tickets somente no almoço. Área para fumantes. Estacionamento com manobrista, valores: almoço R$ 5 reais, jantar, final de semana e feriados R$ 20 reais. Conexão WiFi gratuita.  Horário de Funcionamento: de terça a quinta-feira das 12h às 15h; 18h às 23h (sendo que das 18h às 19h somente o bar). Sexta-feira das 12h às 15h; 18h à meia-noite. Sábados das 12h às 17h e das 19h à meia-noite. Domingo e feriados das 12h às 17h. Segunda não abre.

KAÁ- Av. Juscelino Kubitschek, 279 – Vila Nova Conceição – Sul. Telefone: 3045-0043. Aceita os cartões Amex, Diners, Elo, MasterCard, Visa. Não tem área para fumantes. Não aceita cheques. Aceita reservas. Tem ar-condicionado. Tem acesso para deficiente. Tem mesas ao ar livre. Proibido fumar. Possui menu executivo.