5ª edição do Porco Mundi exalta gastronomia peruana.

E a semana se inicia maravilhosamente bem, com um super evento da família Rueda.

Oito grandes nomes da gastronomia peruana vêm a São Paulo para um jantar exclusivo, onde a carne de porco é a grande estrela. O encontro é a 5ª edição do Porco Mundi, que reúne hoje (21) os chefs Mitsuharu Micha, do Restaurante Maido; Renzo Garibaldi do Restaurante Osso no Peru e Cór Gastronomia e Ânima em São Paulo; José del Castillo do Isolina; Pedro Miguel Schiaffino do restaurante Malabar; José Lujan Vargas dos restaurantes Chullpi e Taytafe no PeruRiconcito Peruano em São Paulo; Enrique Paredes do Barrakhuda no Peru e Amazo em São Paulo; Mayra Flores do restaurante Shizen Barra Nikkei; e Fransua Robles do La Picante.

 O jantar é uma forma de homenagear a forte imigração peruana no centro de São Paulo e sua gastronomia mundialmente conhecida. Para isso, cada chef convidado será responsável em explorar a cultura peruana da carne de porco em um prato do menu. “Hoje temos o Peru provando que a maior riqueza de um país está na sua riqueza culinária. Seria impossível falar de Porco Mundi sem falar do Peru. Eles sabem fazer acontecer!”, defende Jefferson.

O projeto Porco Mundi é o único jantar em que a Casa do Porco fecha e realiza reservas antecipadas. O valor do jantar é de R$250 incluindo água e café, o valor do menu harmonizado é de R$400. Os lugares são limitados e as reservas serão feitas pelo e-mail: porcomundi@acasadoporco.com.br

Se tiver em São Paulo é a chance de conhecer um dos melhores restaurantes da cidade de forma bem especial e começar a semana da melhor forma possível, comendo!

SERVIÇO

Data: 21 de janeiro de 2018 (segunda-feira)
Horário: 19h
Valor: menu sem harmonização R$250 | Menu com harmonização R$400.
Reservas: pelo e-mail: porcomundi@acasadoporco.com.br
Rua Araújo, 124, Centro- SP

Porque ir ao Prazeres da Mesa 2018?

E no próximo final de semana (9 a 11), um dos eventos gastronômicos mais relevantes da América Latina vai acontecer e o melhor?! Estará ao alcance de todos que estão afins de novas e inesquecíveis experiências palatinas.

Te darei alguns motivos para não perder o  Prazeres da Mesa deste ano:

A melhor chef Mulher da América Latina vai estar lá, Pia Léon, do restaurante Central, localizado em Lima, no Peru.

Vai ter aulinha com o nosso queridíssimo chef Alex Atala e se você tiver uma puta sorte ainda consegue uma selfie com ele!

Grandes confeiteiros brasileiros estarão no Doce Mesa, um deles será meu amigo Lucas Corazza, que revelará algumas de suas criações, onde todo mundo com certeza ficará babando! Por lá também vai aparecer sua parceira do programa Que Seja Doce, a Carole Crema.

A criançada terá um espaço reservado no Mesa, ou seja, eles poderão ter aulas com chefs, oficinas e palestras interativas. E toda esta programação será gratuita!

Vai ter enóloga francesa na parada. A importadora brasileira Anima Vinum, a única dedicada exclusivamente aos vinhos de pequenos produtores da Borgonha, trará a São Paulo a enóloga Agnès Paquet, do vinhedo Domaine Paquet. Durante sua passagem por São Paulo, a enóloga fará duas degustações. A primeira será no dia 6 de novembro, na unidade de Moema da Anima Vinum e custa 238 reais. A segunda será no dia 8, na Casa Comitê a e custa 278 reais.

Vai ter jantar Magno com um monte de chef legal, um deles irá rolar no Hotel de luxo Four Seasons São Paulo. No dia 7, os convidados serão recebidos com drinques de boas-vindas a partir das 20h. Na sequência, será servido um jantar preparado a 10 mãos pelos chefs Juan Gaffuri (Four Seasons; Buenos Aires, Argentina), Marcia Garbin (Gelato Boutique; São Paulo, SP) Ivan Ralston (Tuju; São Paulo, SP), Paolo Lavezzini (Four Seasons; São Paulo, SP) e Thomas Troisgros (Olympe e T.T Burger; Rio de Janeiro, RJ) e harmonizado com vinhos da Concha y Toro.

Queridissimo vai ter muitaaaaaaaaaaaaa coisa bacana, dá uma olhada na programação completa, clicando aqui!

A gente se vê por lá!

Mesa São Paulo
Memorial da América Latina, Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, São Paulo, SP

Pisco: Comida saborosa e boa variedade de Pisco Sour.

Esta semana fomos conhecer o novo peruano da cidade, o Pisco, que aterrissou nos jardins com a intenção de mostrar o que o Peru tem de melhor, e não somente em sua gastronomia, mas toda a riqueza cultural do país vizinho. O nome do lugar faz homenagem à curiosa cidade de Pisco, que é conhecida por sua famosa bebida, um delicioso destilado de uvas.

Toda a arquitetura do lugar conta um pouco da maravilhosa história do Peru, suas tradições, arte e cultura. Logo na entrada os comensais poderão apreciar um painel feito com os tradicionais tecidos de Paracas. Não deixe de apreciar no fundo do restaurante um belo mural feito com cerâmicas pintadas por um artista peruano, uma linda composição. Outro cantinho curioso é o balcão do bar, que foi produzido com pedrinhas de praia, que enriquecem a simbologia da cultura litorânea do Peru.

Quem comanda a cozinha é o chef peruano Oscar Vásquez Solls, e em seu menu você encontrará muitas opções de ceviche e outros pratos tradicionais de seu país. Uma sugestão hermosa, enquanto você escolhe o que irá comer, é desfrutar este momento com um dos drinks destaque da casa, o Pisco Sour, eu provei o clássico e um feito com gengibre, e, sem exagero, foi um dos melhores que experimentei aqui no Brasil.

Começamos a noite com entradinhas originais e deliciosas para as noites quentes que andam fazendo em nossa cidade: o Trio Ronda Caliente (R$90,00), bolinho de camarão, tequenos de lombo e chicharron misto, friturinhas deliciosas para se comer com as mãos. O destaque ficou para o bolinho de camarão, super leve, super crocante e você sentia a textura e o sabor delicado do crustáceo sem alterações. Eu queria ter comido mais alguns!

Ceviche é o queridinho da casa e você achará algumas opções interessantes, como o Ceviche Pisco (R$40,00), feito de peixe, camarão, polvo, lula, batata doce e milho. O prato exalava frescor, todos os frutos do mar sem exceção estavam com textura al dente, nível de acidez baixo, evitando assim que desapareça o sabor dos crustáceos, e cebola roxa na medida. A batata doce faz o contraponto sempre interessante, adocicado. Gostei!

Outro parecido no visual, mas com outra pegada é o Ceviche Mancora (R$38,00), feito com peixe branco, pimenta amarela do norte e chips de banana. Aqui se sente uma pequena fusão com ingredientes brasileiros, equilibrando bem a boa marinada, e você percebe que não houve esforço para isso. O peixe estava farsesquíssimo, e o resultado final foi bem apreciado por todos nós.

Entre os principais, não deixe de provar o Pulpo a La Parrilla (R$65,00), polvos gordos feitos na churrasqueira com batatas e tomate cereja. O prato chegou exalando seu bom cheiro por toda a mesa, qualidade incontestável do molusco, intenso, farto. Acompanham delicados tomatinhos e batatas com texturas sedosas. Eu nunca vou enjoar deste prato, principalmente quando trombamos com alguns feitos de forma correta como este.

Já o Aji de Galinha (R$30,00), peito de frango desfiado, pimenta amarela, creme de leite e nozes. Embora tenha sido feito corretamente no fogo lento, faltou um brilho a mais em seu preparo para fazer com que nossas memórias viajassem de volta aos Andes. Sentimos falta da consistência e da picância que fazem deste simples prato um dos conforts foods mais apreciados da gastronomia peruana.

Ao final, me apaixonei pelo Bolo Três Leches (R$ 15,00), a única sobremesa disponível na noite de nossa visita: de textura esponjosa e incrivelmente leve, o pão de ló é mergulhado no leite infusionado com leite condensado e creme de leite e nesta versão coberto por doce de leite. Mas atenção: esta sobremesa é para quem literalmente aprecia uma sobremesa bem doce.

Lugar belíssimo, com serviço gentil e para quem deseja ter uma tremenda experiência com esta gastronomia que encanta pelo seu sabor vibrante e seu frescor inigualável. Adorei, quero voltar!

Serviço

Pisco Restaurante
Endereço:  Alameda Campinas, 656 – Jardins, São Paulo – SP

Horário: segunda a quarta-feira das 12:00 às 15:00 e das 19:00 às 22:00
quinta-feira a sábado das 12:00 às 15:00 e das 19:00 às 23:00
domingo das 12:00 às 17:00
Telefone: (11) 3171-3421

Crédito Imagens: Roberto Salgado

 

A Capital Paulista recebe a quarta edição da Expoceviche

©Two Clicks Fotografia
©Two Clicks Fotografia

Se você é um daqueles aficionados por um dos pratos mais relevantes da comida peruana….então você não pode ficar de fora da 4º edição da Expoceviche. No proximo final de semana, a Capital paulista ganha as artes e os sabores do Peru, na Capital paulista, que neste ano acontece nos dias 5 e 6 no Memorial da América Latina.

Idealizada pelo crítico gastronômico peruano Oscar Vasquez-Solis e com apoio do  Consulado Geral do Peru em São Paulo, o evento cultural gastronômico deste ano terá como tema a cultura afroperuana e ressaltará a presença marcante da raça negra na gastronomia, música, dança e artesanato local.

A programação, das 11h às 19h – em ambos os dias, destaca uma série de atividades preparadas especialmente para os interessados em conhecer o legado e influência da cultura africana no Peru com shows, performances, oficinas e palestras como apresentações dos artistas Adriana Mezzadri (peruana, filha de pai brasileiro e mãe peruana, que mostra canções de Chabuca Granada -sábado, às 14h30); Danielle Almeida (brasileira que residiu durante muitos anos no Peru, é grande conhecedora das músicas negras latino-americanas e chega acompanhada da banda Negra de Peru – sábado, às 16h10 e domingo, às 14h); Pithy Cajonero (percussionista brasileiro faz uma Gran Cajoneada com o tradicional cajón afroperuano – sábado, às 15h30);  Juan Varillas (cajonero e percussionista peruano que vem ao Brasil especialmente para dar aulas de cajón na Expoceviche – domingo, às 15h) e a banda Fina Estampa (interpretando um repertório de músicas criolla peruana e afroperuana – sábado, às 17h e domingo, às 15h30). O evento conta ainda com apresentação de dança e flash mob no espetáculo “Ritmos Negros Del Peru”. 

© Two Clicks Fotografia
© Two Clicks Fotografia

Nesta edição, a  Expoceviche contará com  30 barracas – que oferecem comidas e bebidas típicas como  os diferentes tipos de ceviche, o carro-chefe do evento, anticucho (espetinho de coração de boi), tiraditos e  causas (pratos frios);  lomo saltado e arroz com frutos do mar (pratos quentes); e turron, mazamorra e chica (doces), além do famoso pisco (aguardente de uva), pisco sour e chilcanos (pisco puro com refrigerante) – comandadas por renomados chefs peruanos como Edgard Villar (Rinconcito Peruano), Marisabel Woodman (La Peruana Cevicheria), Christian Bascones (Huaco Restobar) e Marco Espinoza (Lima Restobar). O autor Walcyr Carrasco foi nomeado embaixador da culinária peruana no Brasil e recebe homenagem no sábado (5), às 14h.

Mais um detalhe, a entrada do evento é GRATUITA, ou seja dar uma espiadinha é quase uma obrigação gastronômica! rs      

 SERVIÇO – 4ª EXPOCEVICHE
Local: Memorial da América Latina – Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, São Paulo.

Datas:  05 e 06 de novembro.
Telefone para informações: (11) 99560.0360 e  98888.9261
Observações: entrada livre e gratuita.