Doce Novembro…..

Doce novembro, brisa leve e suave deixam rastros de outubro passado….o verão parece que chegou….mas o ventinho gelado desta primavera insiste em aparecer quase todas as noites….e assim ando eu no meu adorável inferno astral….ora leve como a brisa, ora morna e vivenciando apenas o sossego doméstico….

Final de ano está aí….hora de abordagens mais simpáticas com as pessoas…particularmente minha alma já esta começando a sentir que para 2012 já preciso desde já expandir-me para novos horizontes, conhecer novas pessoas, fazer novos contatos, aprender coisas novas, ir para lugares não antes navegados…..alma sagitariana…rs……

Entendo que nenhuma ansiedade nos conduz NUNCA por um caminho interessante….mas como esta sensação persiste nesta época do ano…..a gente sabe que ela existe, a gente sabe que nunca devemos lhe dar ouvidos…..mas não tem como negar, em determinados dias ela é nossa eterna companheira do caminho….

Hoje estou contente porque finalmente meu passaporte novo está pronto……a sensação de poder ir a qualquer lugar é única…e em breve pretendo carimbá-lo….aguardem as novidades!

Também neste domingo li uma frase de Caio Fernando de Abreu que mexeu comigo, “E eu não tive tempo de dizer que quando a gente precisa que alguém fique a gente constrói qualquer coisa, até um castelo.”….Linda não? E neste momento muito significativa…Esta mania sagitariana de torna tudo intenso pra poder suportar o mundo….caí por água abaixo quando dou conta que daí tudo fica insuportável!rs

Vocês sabem eu amo as palavras, mas neste momento estou completamente apaixonada por atitudes….principalmente  a dos outros! Ando sentindo saudades de muita gente que anda se escondendo…..não acho que seja ruim saber se estas pessoas estão felizes…Em muitos casos estas circunstâncias acontecem para aprendermos a luzir nosso dom de administrar a realidade!

Mas eu prefiro ficar sempre com as minhas sensações, estas são inconfundíveis, não deixam lugar a duvida. A realidade muitas vezes só provoca dilemas…..No fundo, no fundo eu sou uma eterna otimista…deve haver um desígnio superior que esteja conduzindo os acontecimentos, sendo assim….Universo agita minha vida mais uma vez por favor?! rs…beijos pessoas e uma semana Leveeeeeeeeeeeeeeeee a todos nós!

Meu doce “Inferno Astral”

Pra quem não sabe eu faço aniversário no dia 23 de novembro, e aos mais sábios, eu nasci no mesmo dia que nasceu Say Baba e minha rámiga Mônica…..e se vocês não os conhecem ……definitivamente vocês não tem idéia do que estão perdendo! rs

Anyway, então daqui exatamente 03 dias inicia-se o meu adorável “Inferno Astral”…com certeza não é a primeira vez que eu falo sobre isso no blog, e nem deve ser a última…..o assunto dá pauta para uma vida toda! Rs

Para muitos é uma época negativa, de total LEI Murphyana….etc…..mas para mim sempre foi significativo, do tipo; final de um ano, inicio de outro…..recomeço, renovação e alguns cortes humanísticos…..Explico melhor….tem pessoas que nesta época podem reparar, simplesmente elas desaparecem, ou para ser menos sutil, o destino te livra deste mal…..rs…..ou pode ser ao contrário…..podemos conhecer um novo amigo, partner, namorado, pretê…ou rever alguém que não  se vê há mil anosssssssssssssssss….enfim as possibilidades são milhares….O que pode nos ocasionar certas surpresas e alguns destemperos emocionais…..rs

Acho que devo confessar; eu adoro Inferno Astral…..e sei lá exatamente o porque?! Sempre acho que algo extraordinário pro BEM, vai acontecer……talvez esta sensação seja acarretada pela minha alma sagitariana, que na maior parte do tempo é muito otimista….Otimista sempre comigo mesma, com vocês que estão me lendo e com as pessoas em geral que passam pelo meu caminho….Algumas ficam, outras se vão…milhares se vão, mas sempre voltam como ondas do mar….Porque o mundo gente sempre gira e mesmo nos atropelos, ele consegue dar uma volta inteirinha…. e aonde conseguimos  deixar nossas referências…vocês podem crer, sempre voltaremos a estes pontos chaves da nossa bela existência!

AXÉ e que venha o inferno astral e os 38 com delicadeza…..Beijo Gente!

Ah… Esse inferno astral!!!

Literalmente meu inferno astral se adiantou em 2 meses… Sabe como é? Não? Então explico…

Hoje a geladeira quebrou, semana passada perdi a caneta que meus pais me deram de formatura (que ficou comigo por 15 anos) e habitualmente ando matando um dragão por dia! O que eu penso de tudo isso? Rir para não chorar… Mas daí fiquei com vontade de escrever para partilhar experiências de inferno astral…

No íntimo do meu coração existem certezas que contrariam todas as razões que arvorei nos últimos tempos. E agora? O que será melhor fazer? Seguir em frente de acordo com as razões ou aproveitar e mudar tudo de uma vez?… Inferno astral existe para isso… O meio tempo das coisas, final de um ciclo e início de outro… Muitos acreditam que é a pior fase do ano, mas eu não! Apenas acho que coisas estranhas acontecem o tempo todo… Estas coisinhas estranhas certamente dão um sentido novo a diversos acontecimentos e relacionamentos…

Outra coisa: não entendo o porque deste nome “Inferno Astral”… rs Simplesmente não entra na minha cabeça porque um período que antecede uma data tão legal, que todo mundo gosta (menos para os deprimidos, é claro!), não deveria ser uma fase de alegria e expectativa confiante…

Estou em uma fase de mudanças, inventando coisas, fazendo coisas diferentes do habitual… Nasci neste mundo para estar presente nos momentos e situações em que o radicalismo não seja necessário!

Se me permitem um conselho? Não precisamos esperar pelo inferno astral para nos livrar do que nos limita… Todos os dias podemos descartar pesos, temores, anseios e culpas… Faça o que te faz bem, viva como gosta, ame e mime quem você quiser… E que venham todos os infernos astrais, desde que acrescidos de muito amor, paz, saúde e, claro, dinheiro no bolso para curtir férias em Paris…

Ah! E mais um detalhe… Provocar sagitariana na tpm e em pleno inferno astral é certeza de trauma.
E trauma para todo o sempre… Hahahaha! Beijo