Antonietta Cucina: Italiano com sabores vibrantes!

Esta semana eu finalmente fui conhecer o novo Antonietta Cucina dos restaurateurs e amigos Milton Freitas e Alessandro Tagliari. Por razões que o destino não explica, eu ainda não tinha conseguido desbravar o novo espaço, e que lugar maravilhoso que eles criaram para abrigar a nova encarnação do primeiro restaurante do grupo que hoje conta com mais três empreendimentos gastronômicos (Taka Daru, Bar Candeeeiro e Jacarandá), que nos encanta há tempos com a sua gastronomia italiana legítima e confortável.

Sofisticado e luxuoso na medida, uma luz confortável e música que te leva para longe são apenas algumas qualificações que você irá perceber logo de cara. Mesas confortáveis, louças atraentes e serviço impecável.

Iniciamos o nosso jantar com o Battuta di manzo al coltello (R$54,00), filé mignon Angus VPJ cortado na faca e defumado na hora, com picles de mostarda, rabanete e maionese de páprica. Primeiramente vale mencionar a elegância visual do prato, em seguida o sabor delicado e a textura macia da carne. Que refinamento do chef no preparo e na finalização! Os demais ingredientes só agregaram valor à receita. Na vida o que existe é carne bem ou mal-feita, esta aqui é muito caprichada, sem excesso de sal. Perfeita!

Outra sugestão de entrada que tem a cara do lugar é a sua clássica Tavolozza di salumi e formaggi (R$54,00). Aahhh, pessoas que me conhecem sabem que eu jamais dispenso uma boa tábua de embutidos, simplesmente os amo com todas as minhas forças, e o Antonietta disponibilizou uma em seu menu digna das salumerias italianas. Salame, Pancetta, Copa, tudo cortado bem fininho, para que proporcionasse um toque sedoso ao comê-las com as mãos, e sem mencionar o frescor que sentia. O pãozinho macio e os queijos suaves que acompanham criam a sinergia perfeita.

Entre os pratos principais escolhemos primeiramente o Tortellini del dito mignolo ala panna (R$68,00), massa recheada de presunto curado, mortadela italiana e lombo de porco ao creme de queijo parmesão. Em um primeiro momento você pode não dar muita bola ao prato, pelo visual pouco atraente, mas logo na primeira garfada qualquer arrependimento será transmutado. Massa macia recheada equilibradamente com embutidos, e o creme de queijo faz um contraponto interessante no palato. Quando acabou a gente queria mais, tá!? Esta massa foge da mesmice de maneira simples e criativa.

E a campeã da noite foi a Bistecca alla Fiorentina (R$197,00). Juro por Deus, nem na Itália comemos uma igual a esta. Me lembro que estava com o Marcos em Florença e ficamos na fila de um restaurante que prometia a melhor bisteca de sua vida. Saímos de lá arrasados… Então um ano depois da nossa saga em busca da famosa carne italiana, para nossa surpresa, a descobrimos aqui, ao lado de casa, exatamente neste jantar. Além de enoooooormeeeeeeeeee, do tipo serve 3 pessoas perfeitamente bem, ela chega no ponto exato, úmida, sem excessos, bem-feita, somente sentimos a maciez da carne e seu sabor sem estranhamentos.

E por aqui tem também sobremesas boníssimas. Entre elas a Delizia al limone (R$26,00).  Para quem curte doce cítrico este bolo com creme durinho de limão, com molho de lemoncello e folhas de limão, é um “prato cheio”. Uma overdose positiva e equilibrada entre o doce e o azedo. Só tenho flores para oferecer a quem concebeu esta tentação.

O Antonietta continua me levando ao céu toda vez que aterrisso por lá, e acredito que eles estão em seu melhor momento. Espero não ter que ficar mais tanto tempo ausente em um dos meus lugares preferidos de Higienópolis. Vale a visita e vale vivenciar a delicadeza de como a gente é recebido neste lugar tão receptivo. Até a próxima!

Serviço
Antonietta Cucina
Endereço: R. Mato Grosso, 412 – Higienópolis, São Paulo – SP

Abre todos os dias
Telefone: (11) 3214-0079

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Curta e siga:

Restaurante italianoTre é palco da 2ª edição do Jantar do Bem

Quer começar bem a semana? Ajudando a quem precisa, de maneira deliciosa?

O restaurante italiano Tre, em parceria com o Movimento Aproximação, plataforma que une pessoas a ações de voluntariado,  será palco da 2ª edição do Jantar do Bem, que vai rolar  na próxima terça-feira, dia 4, às 19h30.

O evento vai contar com um menu fechado assinado pelo chef Rodrigo Queiroz no valor de R$ 190 por pessoa, sendo que toda a renda arrecadada será revertida para projetos da plataforma.

Como entrada, as opções são “Vitelo arrosto con salsa di tonno”, carne de vitela fatiada ao forno com molho de atum, alcaparras e misto de folhas; “Polenta ai funghi”, polenta italiana cremosa ao molho de funghi e gorgonzola; ou “Tortino di verdura alla parmegiana”, com berinjela, abobrinha, tomate e cebola grelhados com molho de tomate San Marzano e manjericão gratinado. Para o prato principal, há o “Risotto quaglie”, feito com arroz italiano e ragu de codorna; “Brasatto”, uma carne bovina braseada ao molho de vinho tinto, batata rostie e mini legumes; e “Raviolini alla caprese”, uma massa recheada com muçarela de búfala, parmesão, manjericão ao molho de tomate San Marzano. Para finalizar o jantar, as sobremesas variam entre “Baba ai limoncello”, “Frutta” e “Gelatti della casa”.

Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo link http://www.eventbrite.com.br/e/jantar-do-bem-aproximacao-tickets-61870966727.

Serviço:
Local: Tre JK
Endereço: Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 – Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04543-011
Horário de funcionamento:
Almoço: Seg a qui – 12h às 15h; Sex – 12h às 16h; Sáb – 12h às 17h; Dom 12h às 21h (direto)
Jantar: Seg a qua – 19h às 23h; Qui a sábado – 19h às 22h; Dom – 12h às 20h (direto)

Site: www.trejk.com.br

Curta e siga:

Diò – a simplicidade da cozinha italiana.

Esta semana fomos conhecer mais um italiano da capital Paulista, o Diò, que no dialeto sardo significa “Deus”. Neste espaço da Vila Mariana você encontrará receitas afetivas de família italiana, mais precisamente de Bolonha, no Norte da Itália, cidade natal do chef que comanda a casa, Marcos Barbieri.

Iniciamos nosso jantar com o que de melhor a gastronomia italiana pode nos oferecer: seus embutidos! Eu simplesmente os amos! Ao ponto de querer comer em uma salumeria todas as noites que estive na Itália (risos), e não foram poucas! Parma, salame, copa, parmesão e gorgonzola fizeram parte desta tenra Tábua (R$43,00), tudo fresco e com cheirinho artesanal. Faria apenas uma correção, que suas fatias viessem mais fininhas, a gente mastiga mais facilmente e o sabor intensifica melhor na boca. Os pães que acompanhavam, de alecrim e italiano cascudo fizeram um ótimo dueto.

Ainda no menu de entrada fui agraciada com uma Saladinha de Pulpo (R$39,00). As delicadas fatias de polvo chegaram um pouquinho emborrachadas, eu sempre provo mais de uma para me certificar disso, e infelizmente o ponto de cozimento desequilibrou a maciez, mas o salsão que o acompanhava ajudava a deslizar melhor na boca o polvo. Quando se trata de frutos do mar, na menor falha se compromete o restante. Dei azar!

O menu de pratos principais tem muita receita tentadora, foi difícil escolher, então iniciamos com uma pasta fresca, Tortei Di Zucca (R$55,00), ravióli feito em casa com recheio de abóbora, farinha de amêndoas, leve toque de biscoito amaretti e flor de sal. Toda esta maravilha perfumada, levemente adocicada, artesanalmente macia, veio mergulhada em manteiga de sálvia, que deu o toque matador, cítrico e meloso necessário. Uma ótima escolha para quem deseja sair das receitas clássicas.

Também provamos o Risotto Di Polpo (R$85,00). Faltou visual estético no prato, que foi compensado pelo sabor, textura e boas conjunções de especiarias. Polvo com mascarponi é amor para uma vida toda. Adorei o arroz vermelho com que foi preparado o risoto, ele tinha um sabor mais intenso e uma textura diferente. O toque delicado das uvas aumenta a sinergia da garfada quando ela se apresenta. Um prato exótico e desta vez o polvo estava no ponto exato, divino, como deve ser!

Ainda tinha folego para uma sobremesa italiana, e como dispensar um Pudim de Pistache (R$29,00)? Eu só tinha comido na Itália e putz o daqui não decepciona! Aliás, nada que contém pistache me desaponta, o doce estava firme e cremoso, com o gosto inconfundível da castanha, adorei!

Eu adoraria ter um restaurante como este na esquina da minha casa, com um chef diretamente da fonte, que traz em seu menu uma pitadinha saudosa da comida das mamas e das nonas. Simples e gostoso, como deve ser a gastronomia!

Serviço

Diò Arte in Cucina
www.diocucina.com.br
Rua Borges Lagoa, 189, Vila MarianaSão Paulo – SP
Tel. 11 5084-2440
Email: diocucina@diocucina.com.br
Horário de funcionamento:
De segunda a domingo, das 12h à meia-noite. Abre todos os dias. Não muda o horário de funcionamento nos feriados.
Almoço executivo: das 12 às 16h, de segunda a sexta-feira.
Capacidade total: 100 lugares
Área externa: 20 lugares

 

Curta e siga:

Festival de Frutos do Mar acontece no verão da Osteria del Pettirosso

Eba a Giros voltou de férias, mas o assunto férias vai continuar sendo um dos temas abordados neste mês de janeiro de forma bem intensa, porque afinal de contas a gente também quer sombra e água fresca para os dias quentes da Capital Paulista. Se liga nas nossas dicas de verão que já começa hoje com uma novidade apetitosa.

O chef Marco Renzetti comanda a partir desta sexta-feira (11) a quinta edição do Festival do Mar  que vai rolar até 10 de fevereiro, na sua Osteria del Pettirosso, nos Jardins.

O menu servido durante os jantares de terça a sábado e almoços de fim de semana, incluirá uma super entrada, primeiro e segundo prato por R$130 (que podem também serem pedidos individualmente).

O intuito de chef com esse festival é aproximar as pessoas da culinária mediterrânea com frutos do mar e peixes não congelados, tempero mais leve e cozimento preciso.

Confira o menu maravilhoso desta edição:

Entradas

Crudo de lagostim e ouriço de mar R$ 69
Pepata di cozze (mexilhões abertos no vapor com pimenta e limão siciliano) R$ 50
Gamberi alla diavola (camarões rosa pequenos, alho, azeite e pimenta malagueta) R$69

Primi piatti

Spaghetti com ouriço de mar R$ 49
Linguine alla messinese (ao molho de meca, tomate, azeitonas verdes e alcaparras) R$ 39
Conchiglie cozze e fagioli (massa fresca ao molho de feijão branco é mexilhão) R$ 39
Risotto ai frutti di mare R$ 59 (Foto)

Secondi piatti

Gamberoni aglio e zafferano (camarão rosa ao alho e açafrão) R$ 79
Pesce piselli e lardo (peixe assado, com ervilhas refogadas no lardo) R$ 59
Baccalá alla romana  (ao molho de tomate, cebola e salsão) R$ 59

Ficou curioso em vivenciar este festival? Então comece o ano com o pé direito nas maravilhas da gastronomia italiana do chef Marco Renzetti e vamos com tudo em 2019!

 

Serviço

OSTERIA del PETTIROSSO- Al. Lorena, 2155, tel.3062-5338/3062-4531. 65 lugares. Não possui acesso para deficientes físicos. Cartões de crédito e débito: AMERICA N EXPRESS, VISA e MASTERCARD. Ar condicionado. Estacionamento com manobrista R$20. Horário de funcionamento (incluindo feriados): terça e sexta no almoço de 12 a 15′ no jantar de terça a quinta ate as 23:00, no jantar de sexta e sábado ate as 23:30. No almoço de sábado, domingo e feriados das 12 as 16:30.

 

Curta e siga:

Curitiba recebe a terceira unidade do Jamie’s Italian.

E a gastronomia italiana do chef inglês Jamie Oliver, continua a se expandir em terras tupiniquins. A cidade de Curitiba foi quem recebeu oficialmente a terceira unidade do Jamie’s Italian no Brasil (A primeira em São Paulo e a segunda Campinas). O restaurante chega com a proposta de oferecer comida excepcional e sustentável, em ambiente descontraído e com serviço simpático e acolhedor.     

Como nas demais casas, a unidade curitibana ganha projeto autoral, incorporando a personalidade da cidade. O espaço chama à atenção pela utilização de materiais industriais, como aço e concreto, uso de luz natural e interação entre os ambientes interno/externo, além de design italiano composto por maquinário, móveis, luminárias e louças – todos vindos do exterior. São 440 metros quadrados de área construída com capacidade total para 148 pessoas.

 O cardápio destaca vários tipos de pastas – com opções de meia porção; pratos principais – especiais do dia, da estação e os clássicos -, além de peixes – a cada dia uma opção de origem sustentável -, saladas, entradas, tábuas de frios, acompanhamentos, sobremesas e cardápio infantil, nutricionalmente equilibrado com diferentes opções de pratos principais. O Jamie´s Italian Curitiba oferece ainda um cardápio diferenciado de pizzas.

Na parte do bar, o cardápio destaca mais de 30 rótulos de vinho, todos internacionais, entre eles: Barbera D´Alba Doc (tinto) e Pecorino d´Abruzzo Kasaura (branco); cinco tipos de caipirinhas, spritzs – encontrados em qualquer Jamie´s Italian do mundo – como Aperol e Berry Spritz; e cervejas Birra Moretti, Brahma Zero, Budweiser, Heineken e Stella Artois.

O Jamie´s Italian Curitiba está instalado no shopping Pátio Batel e oferece serviço de vallet.

Mais um bom motivo para visitar a Capital mais fria do universo!

Curta e siga: