Festival de Frutos do Mar acontece no verão da Osteria del Pettirosso

Eba a Giros voltou de férias, mas o assunto férias vai continuar sendo um dos temas abordados neste mês de janeiro de forma bem intensa, porque afinal de contas a gente também quer sombra e água fresca para os dias quentes da Capital Paulista. Se liga nas nossas dicas de verão que já começa hoje com uma novidade apetitosa.

O chef Marco Renzetti comanda a partir desta sexta-feira (11) a quinta edição do Festival do Mar  que vai rolar até 10 de fevereiro, na sua Osteria del Pettirosso, nos Jardins.

O menu servido durante os jantares de terça a sábado e almoços de fim de semana, incluirá uma super entrada, primeiro e segundo prato por R$130 (que podem também serem pedidos individualmente).

O intuito de chef com esse festival é aproximar as pessoas da culinária mediterrânea com frutos do mar e peixes não congelados, tempero mais leve e cozimento preciso.

Confira o menu maravilhoso desta edição:

Entradas

Crudo de lagostim e ouriço de mar R$ 69
Pepata di cozze (mexilhões abertos no vapor com pimenta e limão siciliano) R$ 50
Gamberi alla diavola (camarões rosa pequenos, alho, azeite e pimenta malagueta) R$69

Primi piatti

Spaghetti com ouriço de mar R$ 49
Linguine alla messinese (ao molho de meca, tomate, azeitonas verdes e alcaparras) R$ 39
Conchiglie cozze e fagioli (massa fresca ao molho de feijão branco é mexilhão) R$ 39
Risotto ai frutti di mare R$ 59 (Foto)

Secondi piatti

Gamberoni aglio e zafferano (camarão rosa ao alho e açafrão) R$ 79
Pesce piselli e lardo (peixe assado, com ervilhas refogadas no lardo) R$ 59
Baccalá alla romana  (ao molho de tomate, cebola e salsão) R$ 59

Ficou curioso em vivenciar este festival? Então comece o ano com o pé direito nas maravilhas da gastronomia italiana do chef Marco Renzetti e vamos com tudo em 2019!

 

Serviço

OSTERIA del PETTIROSSO- Al. Lorena, 2155, tel.3062-5338/3062-4531. 65 lugares. Não possui acesso para deficientes físicos. Cartões de crédito e débito: AMERICA N EXPRESS, VISA e MASTERCARD. Ar condicionado. Estacionamento com manobrista R$20. Horário de funcionamento (incluindo feriados): terça e sexta no almoço de 12 a 15′ no jantar de terça a quinta ate as 23:00, no jantar de sexta e sábado ate as 23:30. No almoço de sábado, domingo e feriados das 12 as 16:30.

 

Curta e siga:

Curitiba recebe a terceira unidade do Jamie’s Italian.

E a gastronomia italiana do chef inglês Jamie Oliver, continua a se expandir em terras tupiniquins. A cidade de Curitiba foi quem recebeu oficialmente a terceira unidade do Jamie’s Italian no Brasil (A primeira em São Paulo e a segunda Campinas). O restaurante chega com a proposta de oferecer comida excepcional e sustentável, em ambiente descontraído e com serviço simpático e acolhedor.     

Como nas demais casas, a unidade curitibana ganha projeto autoral, incorporando a personalidade da cidade. O espaço chama à atenção pela utilização de materiais industriais, como aço e concreto, uso de luz natural e interação entre os ambientes interno/externo, além de design italiano composto por maquinário, móveis, luminárias e louças – todos vindos do exterior. São 440 metros quadrados de área construída com capacidade total para 148 pessoas.

 O cardápio destaca vários tipos de pastas – com opções de meia porção; pratos principais – especiais do dia, da estação e os clássicos -, além de peixes – a cada dia uma opção de origem sustentável -, saladas, entradas, tábuas de frios, acompanhamentos, sobremesas e cardápio infantil, nutricionalmente equilibrado com diferentes opções de pratos principais. O Jamie´s Italian Curitiba oferece ainda um cardápio diferenciado de pizzas.

Na parte do bar, o cardápio destaca mais de 30 rótulos de vinho, todos internacionais, entre eles: Barbera D´Alba Doc (tinto) e Pecorino d´Abruzzo Kasaura (branco); cinco tipos de caipirinhas, spritzs – encontrados em qualquer Jamie´s Italian do mundo – como Aperol e Berry Spritz; e cervejas Birra Moretti, Brahma Zero, Budweiser, Heineken e Stella Artois.

O Jamie´s Italian Curitiba está instalado no shopping Pátio Batel e oferece serviço de vallet.

Mais um bom motivo para visitar a Capital mais fria do universo!

Curta e siga:

Des Cucina: Um refúgio gastronômico no bairro da Pompéia.

E recentemente fomos conhecer o restaurante Des Cucina, que nasceu há dois anos atrás em uma rua charmosa no bairro da Pompéia, em São Paulo. Lugarzinho pequeno e muito charmoso, de luzes baixas que dão descanso aos olhos enquanto escolhemos alguma coisa em seu complexo cardápio criado pelo chef Sergio França, que oferece o que ele chama de culinária italiana contemporânea. As massas são feitas na casa, os ingredientes são de primeira e tudo por aqui é rico em detalhes, desde a sua decoração até a louça que foi pensada para que cada prato seja valorizado.

Iniciei minha noite com o Atum gordo com muçarela de búfala (R$46,00) e caviar marinho. Você, assim como, eu pode pensar “Putz, peixe com queijo é compatível? ”, e vou dizer a vocês, para meu paladar eles se integraram de um jeito leve, fresco e que fará você querer repetir a experiência O caviar marinho deu um sabor salgadinho que se sobrepôs ao dos outros ingredientes dando equilíbrio à receita. Gostei!

Já o Carpaccio de vitelo com molho de atum (R$38,00) deu ruim… Embora exista este prato na Itália, conhecido como Vitello Tonnato (Vitela atunzada), eu não consegui dominar no meu paladar esta combinação. A sensação do molho de atum nas camadas finas de vitela (que por sinal estava bem boa), era como se eu estivesse colocando catchup em filé de primeira, um esdrúxulo comparativo que se encaixa aqui perfeitamente bem. Eu dispensaria esta entrada e a substituiria pelo camarão grelhado ao leito de abobrinha italiana e espuma de champanhe.

O menu tem um espaço dedicado aos risotos, e quem me conhece sabe que é uma das especialidades italianas que mais amo nesta existência. Pedi o com Polvo, aspargo, e ao molho de vinho tinto (R$85,00), e sem arrependimentos! Cremosidade, intensidade nos sabores e sinergia de texturas eram sentidas a cada garfada e o aroma que ficou após eu experimentar este prato foi uma dádiva dos deuses. Os fãs deste molusco devem provar de olhos fechados!

De sobremesa provei o Semifreddo de mascarpone e farofa de pistache crocante (R$27,00), vamos combinar tudo que leva este queijo é certeza de céu aberto, né? Seu sabor doce e sua textura cremosa é um bálsamo para o meu palato, e a combinação com a crocância do pistache só enalteceu o seu sabor. Um doce que não é sorvete, mas é gelado e aveludado.

Lugarzinho charmoso, serviço gentil, boas opções no cardápio e ótima coquetelaria. Não é o caso de atravessar a cidade para ir visitá-lo, mas se estiver por ali por perto quando a fome bater, o Des Cucina certamente será uma opção atrativa.

SERVIÇO:
Endereço: Rua Desembargador do Vale, 233 Perdizes – São Paulo – SP

Telefones: (11) 3872-0050 / 3868-2654
Horário de funcionamento:
Terça a Quinta das 12:00 às 15:00 e das 19:00 às 00:00
Sexta e Sábado das 12:00 às 17:00 e das 19:00 às 00:30
Domingo das 12:00 às 17:00
Feriados das 12:00 às 17:00 e das 19:00 às 00:30

Credito Imagens: Roberto Salgado

Curta e siga:

Chef Max Abdo lança novos pratos no menu executivo.

Ao conferir as novidades gastronômicas de São Paulo após um mês de férias na Itália, minha atenção se voltou, vejam só, justamente para os novos pratos do menu executivo do chef Max Abdo. Para quem é fã da boa e suculenta gastronomia italiana, esta é uma boa oportunidade de provar uma das mais deliciosas da cidade, com um custo beneficio sedutor!

Porcoleta

Entre os destaques do novo cardápio, estão a Caponata siciliana, como opção de entrada, e a Porcoleta – lombo do porco marinado servido com risoto de abóbora com rúcula e o Espaguete de abobrinha – feito com gaspacho quente e cogumelos salteados, como sugestões de prato principal. A casa oferece somente o menu executivo durante o almoço, que custa R$ 49,00 e inclui entrada, prato principal e sobremesa. Todo mês tem uma seleção diferente de pratos; apenas o picadinho é fixo– um clássico do bistrô.

Espaguete de abobrinha

Dá uma conferida em todo o menu e não deixe de conhecer este lugar maravilhoso!

Entrada

  • Salada BFF beterraba com feta e folhas
  • Caponata siciliana com focaccia artesanal

Prato principal

  • Pescadinha Tai – filé de pescada com couve refogada e arroz no molho curry
  • Porcoleta lombo de porco marinado grelhado e risoto de abobora com rúcula
  • Penne com Ragu de linguiça apimentada, basílico e parmesão
  • Filezinho shoyu – mignon picado e salteado com legumes e molho shoyu com macarrão somen
  • Espaguete de abobrinha com gaspacho quente e cogumelos salteados
  • Peixe fresco do Dia com batatas rústicas e espinafre
  • Grelhado do diaacompanhado de purê de batatas com queijo e farofa na manteiga
  • Nosso Picadinho cozido lentamente e a guarnecido de arroz, feijão, farofa, couve e ovo frito

 Sobremesa

  • Sorvete, morango ou chocolate
  • Fruta sazonal madura
  • Pudim de leite com caramelo de café

O Max Abdo Bistrô fica na rua Peixoto Gomide, 1658. Abre de terça a quinta, das 12h às 15h e das 19h30 às 23h; sextas e sábados, das 12h às 17h e das 19h30 às 23h; aos domingos das 12h às 17h. Valet: R$ 25,00. Mais informações pelo telefone (11) 30625557. Pet friendly – cães são bem-vindos na varanda.

 

 

Curta e siga:

Vito: Gastronomia italiana de excelência.

Há muito tempo eu queria conhecer o Restaurante Vito, aqui em São Paulo, mas por fim o destino desejou que fosse só esta semana e ainda bem que ele foi camarada, pois toda a minha intuição se transformou em uma agradabilíssima surpresa.

As surpresas começam pela casa charmossérrima, Desde a porta da entrada você irá se encantar com seu décor intimista e acolhedor. O restaurante quis trazer para seu interior a hospitalidade amigável da Vila Beatriz, que tem aquele jeitão antigo e já raro em São Paulo. Outra curiosidade é o nome do restaurante italiano, que foi uma brincadeira com o nome da rua na qual ele está situado e com o filme favorito de um dos donos do lugar, O Poderoso Chefão, of course!

Quem comanda as panelas atualmente é a talentosa chef Daniela Malavasi, que trouxe brilho à clássica gastronomia italiana com toques pessoais acima da média e novos significados a esta gastronomia tão familiar e acolhedora.

Iniciamos nosso jantar com a estonteante Torta di Pomodoro (R$23,00), feita com tomates, anchovas e gelatto de azeite. Eu simplesmente amei esta torta de massa folhada muito delicada. Confesso que quando a vi, fiquei apreciando aquele colorido brilhante dos tomates e reparando nos detalhes das camadas da massa, onde eles estavam acolhidos, e sinceramente achei que na primeira garfada tudo iria explodir no prato e virar algo insosso. Engano meu, na primeira garfada esta sinergia de texturas e sabores intensos explodiu sim, só que foi na minha boca, provocando uma sensação deliciosa de frescor em meu palato, com a ajuda do sorvete de azeite que acompanhava. Não pense duas vezes em comer esta entrada, se você é super fã de tomates. Sem contar que ela chegou com o melhor dos visuais, de comer com os olhos!

Outra entradinha para comer com as mãos e que vai abrir seu apetite é o Tonno (R$10,00), atum curado, creme azedo e ervilha com wasabi. Combinação acertadíssima e perfeita para um dia de verão, onde tudo que se quer são comidinhas com ingredientes leves, frescos e aromáticos. O selamento do peixe estava firme e deu liga com o creminho azedo e a crocante ervilha picante. A bolachinha fina e crocante, tinha sabor parecido ao das bolachas cream cracker.   

Resolvi de última hora pedir um dos clássicos da gastronomia italiana que eu mais curto: Spaghetti a Carbonara (R$49,00). Ele chega lindo à mesa, cheiroso e com a mais autêntica aparência possível de um bom prato de macarrão, até que eu dei a primeira garfada e senti o sabor peculiar e intenso do azeite trufado, que mais uma vez foi o vilão da história e camuflou todos os outros ingredientes. Tentei, tentei até que na quarta garfada desisti, porque não sentia nada mais na minha língua, além do sabor do azeite. Totalmente dispensável nesta receita.

                                                                                                                                      

Para compensar, pedi o Polvo com salada de feijões com chorizo e gremolata de laranja (R$49,00). Inacreditável como este molusco entra numa receita como o protagonista perfeito. O sabor cítrico da laranja deu uma liga agridoce muito interessante com a salada morna dos variados feijões, que estavam com uma textura firme. Sobre a salada um polvo aberto, farto e bem cozido. Uma receita que foi além das nossas expectativas, e seu visual era lindo!

Mas o meu eleito da noite, quando ovacionei e joguei todas as flores, foi para a receita da Porchetta da casa (R$57,00), guarnecida com cuscuz e ruqueta. Sem exageros, a daqui será um divisor de águas na sua vida palatina, sem contar que a maestria da chef se evidenciou para mim neste prato. As fartas fatias rosadas da carne suína vieram perfeitamente fritas e suculentas, servidas com uma camada absolutamente crocante da pele, guarnecidas com um úmido e colorido cuscuz e coroada por pequenas fatias de ruqueta, cuja adstringência deram equilíbrio à receita. E vale mencionar que serve tranquilamente duas pessoas, imperdível!

E no menu você também vai encontrar maravilhosas sobremesas. Uma delas me encantou pela simplicidade e textura cremosa: Torta di Cocco (R$20,00), um bolo gelado de coco com cobertura de marshmallow e coco fresco. Quem ama esta fruta, como eu, irá amar este bolo úmido, saboroso e açucarado na medida. A cobertura do confeito fez o contraponto interessante, ah e sua temperatura beirava a perfeição. Amamos!

Serviço gentil, preços camaradas, luz ideal e muitas boas opções para os comensais assíduos da nova cozinha italiana. Um lugar para se voltar sempre, minha alma italiana agradeceu a experiência!

Serviço

Vito Restaurante
Endereço:
R. Isabel de Castela, 529 – Vila Madalena – São Paulo – SP

Horário:
segunda-feira a quinta-feira – 12:00–15:00, 19:00–23:00

sexta-feira – 12:00–15:00, 19:00–00:00
sábado – 12:00–17:00, 19:00–00:00
domingo – 12:00–17:00
Telefone:
(11) 3032-1469

Crédito Imagens: Roberto Salgado

Curta e siga: