1o reality gastronômico saudável no Brasil terá médicos como participantes.

O programa estreia no dia 21 de agosto e terá duração de dois meses, será gravado na sede de gastronomia do Centro Europeu.
Alimentação e saúde. Estes serão os pilares do primeiro reality de gastronomia saudável do Brasil. Voltado ao público que gosta de cozinha e também quer saber mais sobre pratos que fazem bem, “VOCÊ É O CHEF“, nesta segunda edição, trará como participantes quatro médicos de diferentes especialidades.

Durante dois meses de programa semanal, os participantes médicos mostrarão suas habilidades gastronômicas para três chefes de cozinha e convidados, especialistas em alimentação saudável. A consultoria técnica e apoio ao programa é do núcleo de Gastronomia do Centro Europeu.

De acordo com Rogério Gobbi, diretor acadêmico, as provas do reality ocorrerão na unidade de gastronomia da escola e será uma oportunidade de levar às famílias informações úteis sobre os benefícios da gastronomia saudável, inclusive como possibilidade de profissão.

“É um programa sério e organizado que reunirá ciência e arte. Ciência por meio da participação dos médicos e arte com a contribuição de profissionais de gastronomia especializados em alimentação saudável. Todos serão os multiplicadores da cultura e hábitos alimentares voltados para melhorar a qualidade de vida das pessoas e que permitirá ao público aprender com os participantes”, explica.

O programa – que estreia no dia 21 de agosto, com duração de dois meses – será gravado na sede de gastronomia do Centro Europeu e o cenário leva a assinatura do arquiteto André Henning.

O Você é o Chef – Desafio dos Médicos será exibido pela RIC TV e ficará disponível no canal do Youtube do Programa.

“O objetivo é levar informação e orientar os telespectadores sobre a importância de uma alimentação saudável e regrada, aliada às necessidades de pessoas em tratamentos específicos, prescrições, restrições e intolerâncias”, afirma Mabel Rocha , produtora do Programa.

Participantes – O reality – que vai unir medicina e a culinária voltada para uma rotina mais saudável – contará com a presença dos médicos: o ortopedista e especialista em cirurgia de coluna, Antônio Krieger; a pediatra, Leila Derviche; o cardiologista, Francisco Puppo e a gastroenterologista, Mariane Singer.

Desafio dos Médicos – Cada episódio do Desafio dos Médicos contará com a participação de convidados especiais. Profissionais da área de saúde e nutrição convidados irão determinar o tema dos pratos – sempre relacionados com benefícios ao organismo – que serão preparados.

Os participantes médicos terão o apoio técnico dos chefs para a elaboração dos pratos, que serão apresentados para avaliação. O melhor prato será indicado pelos chefes avaliadores e convidado especial.

Todas as semanas serão lançados novos desafios individuais e não haverá eliminação. Entre os quesitos avaliados pelos jurados estão: conhecimentos, saúde, sabor, criatividade e apresentação final dos pratos.

Ao final do reality o participante médico que somar a maior pontuação durante as etapas, levará o prêmio de Você é Chef Médicos de 2021. O prêmio será um enxoval para a cozinha de um hospital a escolha do vencedor.

Chefes convidados – Todos os chefs convidados para o Desafio passaram por cursos de especialização no Centro Europeu. São eles: a Chef de Cuisine e sommelier, com especialização em gastronomia funcional e sustentável, Iracema Bertoco, que também é membro do Slow Food Brasil.

O chef Reinhard Pfeiffer é também um dos convidados. Ele é co-autor do livro “A Cozinha Vegetariana de Astrid Pfeiffer”, consagrado como o segundo melhor livro de cozinha vegetariana pelo Gourmand Cook Book Awards em Paris, é pós-graduado em Gastronomia Funcional e idealizador do festival sustentável “Curitiba Santé” . Outra participante é Pati Bianco especializada em Cuisine Santé, assinou o menu nacional de saladas da rede Madero, lançou seu primeiro livro e best seler e lançou sua linha de produtos saudáveis.

A nutricionista Aline Quissak terá uma participação especial. Ela possui oito especializações internacionais no Canadá e Estados Unidos e atua nas áreas de avaliação nutricional e rotina hospitalar em oncologia e cirurgia bariátrica, com capacitações em nutrição no envelhecimento e nutrigenética.

Todas as receitas que serão exibidas no Programa ficarão disponíveis para os telespectadores via QR code.

Curso On Line com a Chef Iracema Bertoco.

comida-saudavel-thumb-02
O distanciamento social imposto, nos últimos meses, pela pandemia do novo coronavírus fez com que muitas pessoas investissem mais tempo na cozinha e também na busca por receitas mais saudáveis.

Pensando nisso e com o objetivo de oferecer a possibilidade para que antigos e novos interessados em gastronomia possam preparar refeições mais saudáveis com ingredientes comuns do dia a dia, o Centro Europeu preparou o curso online Comida Saudável, com a Chef Iracema Bertoco, na plataforma Live School.

Nele, serão ensinadas receitas para todas as refeições, lanches e inclusive sobremesas, com foco no sabor e saúde. “Ninguém quer comida de dieta, é uma outra visão. É comida gostosa, saudável e que não engorda. A pessoa consegue manter a saúde e nutrir o corpo. Com uma alimentação equilibrada, mantendo o peso”, afirma Bertoco.

Ao todo, são quatro horas de curso em vídeo e 22 receitas preparadas durante as aulas. Os alunos recebem ainda um e-book com mais 40 preparos.

Receitas e e-book

No curso, os alunos aprenderão a variar e substituir ingredientes por versões mais saudáveis, a preservar nutrientes durante o preparo, assim como descobrir como aproveitar melhor os alimentos.

“Todo material traz também o custo de preparação dos pratos, quanto gastei em cada receita, para desmistificar essa ideia de que a comida saudável é cara”, lembra Bertoco.

Segundo Rogério Gobbi, diretor acadêmico do Centro Europeu e responsável pelos cursos de Gastronomia, o Cozinha Saudável tem o objetivo de disponibilizar um recorte rico dos conteúdos trabalhados nos tradicionais cursos da escola ao público em geral, tudo online.

“O participante vai encontrar conteúdos práticos sobre como cozinhar para si e para sua família com saudabilidade, sem sair de casa”, afirma Gobbi. “São cinco módulos bastante práticos, que abordam desde mitos e verdades da cozinha até o preparo de sobremesas saudáveis e nutritivas. É uma viagem interessante sobre cozinha saudável, com muitas dicas que podem ser aplicadas no dia a dia”.

O curso não requer experiência prévia em gastronomia.

A professora Iracema Bertoco é formada pelo Centro Europeu nos cursos de Chef de Cuisine-Restaurateur e Sommelier, especializada na Cozinha Funcional, Sustentável e Pancs (plantas alimentícias não convencionais). É também membro do Slow Food Brasil e instrutora nos cursos da escola.

O curso já está disponível na plataforma Live School (http://liveschool.centroeuropeu.com.br/cursos/curso-comida-saudavel/).