Capim Santo lança serviço de delivery em São Paulo e no Rio de Janeiro

Chef e proprietária do Capim Santo, Morena Leite implementou, em tempo recorde, um serviço de delivery especialmente para o período de quarentena, que começou a vigorar no final de março, tanto na capital paulista quanto no Rio de Janeiro. Em São Paulo, o delivery funciona para almoço, de terça a domingo. No Rio de Janeiro, o serviço está disponível de terça a domingo, no almoço e no jantar.

O cardápio criado especialmente para entregas oferece receitas de inspiração caseira, além de clássicos da chef. No menu de São Paulo, há até uma nova criação para ajudar a dar um gás no sistema imunológico – uma galinhada feita com açafrão, gengibre e quinoa, servida com purê de batata-doce (R$ 49).

Na unidade da capital paulista, o menu de almoço incluiu a possibilidade de o cliente montar seu prato combinando uma proteína (escalope de mignon, carne braseada com legumes, salmão grelhado ou sobrecoxa grelhada) a um tipo de arroz, um de farofa, um grão, um purê e mais um acompanhamento (R$ 51). Já na seleção de clássicos da casa estão, por exemplo, o ravióli de tapioca recheado de queijo da Serra da Canastra ao molho de ervas frescas (R$ 49), o bacalhau em natas com arroz (R$ 53), e o arroz caldoso de costela (R$ 49). Aos sábados, entra em cena a feijoada da casa e, aos domingos, bobó de camarão.

Na unidade carioca do Capim Santo, localizada na Barra da Tijuca, o menu de delivery para o almoço tem como destaque as ‘matulas’, oferecidas em nove diferentes opções. Entre elas, a Matula Sertão, com carne seca acebolada puxada na manteiga de garrafa, purê de abóbora, couve refogada, feijão preto e arroz (R$ 55), e a Matula Vegana, composta por moqueca de palmito pupunha, banana da terra e castanha de caju, acompanhada de arroz de coco e farofa de dendê (R$ 55).

Já no menu de jantar, boas pedidas são o nhoque de mandioquinha recheado com brie e mel, com molho de sálvia (R$ 64), a moqueca vegana – moqueca de banana, palmito pupunha e castanha de caju com arroz de coco (R$ 55), e o picadinho de mignon com purê de raízes e farofa de ovos (R$ 55).

Pensando tanto na alimentação das pessoas que precisam de boa comida, quanto na saúde do planeta, as embalagens são biodegradáveis, feitas de bagaço de cana de açúcar, podem ir ao forno e micro-ondas, e se desfazem no ambiente em até 25 dias. Junto com os pedidos, o restaurante também envia uma simpática cartinha ensinando todas as práticas de higiene que devem ser tomadas as receber o delivery.

Quer dar uma olhada melhor no menu paulista da chef? Clica Aqui!

Capim Santo São Paulo – 11 3816-0745 e 11 98189-0082

Capim Santo Rio de Janeiro – Telefones: 21 3252-2528 e 21 98576-0606 – Av. das Américas, 3900 – Avenida das Américas – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Curta e siga:

Trancoso sediará a segunda edição do Organic Festival, em setembro.

Trancoso foi a cidade escolhida para receber a segunda edição do Organic Festival. Um evento para quem ama uma culinária saudável e anda preocupado com estes tempos de PL do Veneno. Uma boa oportunidade também, para discutir novas metodologias de produção de alimentos sem agrotóxicos e tantos outros assuntos em pauta nestes tempos sinistros e que envolve diretamente a agricultura e o meio ambiente.

O evento tem outras intenções como unir turistas e a comunidade local em torno de uma boa mesa preparada por grandes chefs como Morena Leite (embaixadora do festival e que comandará o jantar de abertura no Capim Santo), Neka Menna, de São Paulo, Matthew Kennedy, de Los Angeles, Roberta Sudbrack e a culinitarista Bela Gil, ambas do Rio de Janeiro.

Na programação workshops, saraus, aulas de culinárias, piqueniques e aulas de yoga, e tudo isso vai acontecer no UXUA Casa Hotel & Spa. Voluntários de toda a região ajudarão na coordenação do evento, incluindo o grupo de ativismo e educação ambiental jovem de Trancoso, que já se apresentou na ONU e foi indicado ao Prêmio Visão Sustentável; e o Mama Trancoso (Movimento Ambientalista Mukaú Aponem) que, com o apoio do Organic Festival, está trabalhando com biólogos e engenheiros ambientais para inaugurar uma horta orgânica comunitária permanente na Associação Despertar, na rua principal do vilarejo

Se você está curtindo o festival então dá uma olhada em toda a programação e arrume suas malas. Eu quero muito irrrrrrrrrrrrrrrrr……

Quinta, 12 setembro

Jantar de abertura no Capim Santo

Sexta, 13 setembro

Café da manhã e aulas de culinária
Casa Organic Festival
Jantar & Música no UXUA Quadrado

Sábado, 14 setembro

Almoço, Praia & Música na Praia das Tartarugas
Piquenique no Quadrado
Banquete dos Chefs com aulas e música acústica
Casa Organic Festival
Jantar & Vinhos no UXUA Quadrado

Domingo, 15 setembro

Despedida na Casa Organic Festival
Brunch por Danielle Dahoui no Santo Café
Inauguração da horta com a Associação Despertar
Luau na UXUA Praia
Pocket Show da Céu

Curta e siga:

Festival na Capital Paulista traz as delícias do Pará!

Você tem curiosidade sobre a rica culinária paraense? Então a partir de amanhã você poderá conferi-la em um um super festival que acontece em São Paulo, o evento Cozinha do Pará, a obra-prima da Amazônia, tem o intuito de divulgar a cozinha do Pará, bem como seus ingredientes típicos para fomentar e incentivar o turismo gastronômico no estado do Pará. Dividido em três etapas, o evento contará com a participação de chefs paulistanos que montarão, em parceria com chefs paraenses, menus especiais para o período, com produtos típicos do Pará.

Nos dias 29 e 30 de agosto, a chef Mara Salles recebe no Tordesilhas o chef Saulo Jennings (Santarém-PA), que juntos prepararão o menu com Mojica de Aviú, Lasca de Mapará Grelhado e Vinagrete da Floresta, Bolinho de Piracuí, Geleia de Cupuaçu e Pimenta, de entrada; Feijão de corda em vagem assado na brasa e leite de castanhas, arroz de tacacá, Piracaia e tubérculos, como prato principal e Frutas locais e Doce de Tapajós de sobremesa, por R$ 170.

Já nos dias 30 e 31 de agosto, é a vez do chef Elton Junior receber no Dalva e Dito a chef de Belém, Daniela Martins para executarem o menu que terá como entrada Pirarucu salgado com salada de feijão manteiguinha de Santarém; o prato principal será Filhote temperado com tucupi preto em crosta de farinha d’agua com purê rústico de macaxeira e redução de tucupi amarelo e porco com taperebá e de sobremesa Castanhada com calda de jambu, por R$ 189. Ou R$ 289 com harmonização.

Chef Ofir Oliveira

Entre 31 de agosto a 2 de setembro, o chef Meia Noite, irá cozinhar com o chef Ofir Oliveira, no restaurante Capim Santo. O menu terá Tacacá, Croquete de pupunha com pesto de jambu e Patola de caranguejo de entrada; Pato no tucupi de prato principal e sonho de tapioca com recheio de cupuaçu e Sorbet de queijo do Marajó de sobremesa. O menu sai por R$ 180. Também, entre os dias 28 e 2 de setembro, dois restaurantes do Mercado de Pinheiros vão servir alguns pratos especiais com produtos típicos do Pará, caso da pizzaria Napoli Centrale Pizza e a Comedoria Gonzales.

A segunda etapa do evento, dia 31 de agosto a partir das 18h45, será a abertura que acontecerá no restaurante Capim Santo e contará com palestras voltadas para negócios, e na sequência jantar temático, voltado para a imprensa. De acordo com a diretora de Produtos Turísticos da Setur-PA, Conceição Silva, “o Encontro de Negócios terá uma dinâmica diferente. Acontecerá durante um jantar que apresentará a culinária paraense. O jantar terá ainda a participação de Lúcia Torres, boieira (cozinheira) do Mercado do Ver-O-Peso”, explica.

Mercado de Pinheiros

A última etapa do evento acontecerá nos dias 1 e 2 de setembro, no Mercado de Pinheiros, com rodadas de bate papo com chefs e produtores locais falando sobre a importância da gastronomia paraense, suas origens e curiosidades, além de empresas apresentando, vendendo e degustação de produtos típicos

Serviço:
Tordesilhas – Jantar. DATA: 29 e 30 de agosto. Endereço: Alameda Tietê, 489 – Cerqueira César. Telefone: (11) 3107-7444. Chef convidado: Saulo Jennings (Santarém – PA). Residente: Mara Salles.

Mercado de Pinheiros, vão central. DATA: 01 e 02 de setembro. END.: Rua Pedro Cristi, 89 – Pinheiros – São Paulo HORÁRIO: Das 10h às 18h

Dalva e Dito – Jantar. DATA: 30 e 31 de agosto. Endereço: Rua Padre João Manoel, 1115 – Cerqueira César. Telefone: (11) 3068-4444. Chef convidada: Daniela Martins. Residente: Elton Júnior.

Capim Santo – jantar. Data: 31 de agosto a 2 de setembro. Endereço: Av. Ministro Rocha Azevedo, 471. Telefone: (11) 3089-9500. Chef convidado: Ofir Oliveira. Residente: Chef Meia Noite.

Curta e siga:

Capim Santo lança menu especial para o Dia Internacional da Mulher!

Imagens:Gisele França
Imagens:Gisele França

E esta semana vai acontecer diversos eventos dedicados a nós mulheres pelo nosso dia (8) e um destes eventos é indispensável para as mulheres que não abrem mão de uma boa comida! O restaurante Capim Santo, dos Jardins, em São Paulo, oferecerá menu especial na semana do Dia Internacional da Mulher, que começará amanhã dia 03 e acontecerá até dia 07/03 durante o jantar. Para homenagear as mulheres, a chef Morena Leite preparou um menu leve e aromático, com ingredientes brasileiros.

Carpaccio de Buri
Carpaccio de Buri

Como entrada, a chef propõe o Carpaccio de Buri com Vinagrete de Abacaxi, peixe de carne macia e saborosa, que ganha um toque especial com o molho de abacaxi. Como prato principal, a dica é o Wok de Camarões, Purê de Palmito Pupunha e Legumes Salteados ao Perfume de Limão Siciliano. Para finalizar, uma sobremesa bem feminina, o Papillote de Frutas com Limão Cravo, composto por banana, manga, morango, carambola e maracujá. O menu em três tempos custa R$ 130 por pessoa e será servido somente no jantar.

Localizado num casarão, no agitado bairro dos Jardins, o Capim Santo tem ambiente que remete à natureza e ao décor rústico-chique da matriz, em Trancoso (BA), com jardins com coqueiros, jabuticabeiras e bananeiras. No menu, também há a preocupação com ingredientes frescos e saudáveis.  Formada como Chef de Cozinha e Confeitaria na renomada Le Cordon Bleu, em Paris, Morena Leite imprime no menu do Capim Santo sua marca registrada: cozinha saudável, ingredientes e temperos brasileiros e técnicas francesas (quente com frio, crocante com creme, sabor com estética). Daí resultam criações inusitadas como o croquete de palmito pupunha com molho de limão cravo, os churros de tapioca com queijo Serra da Canastra, o robalo em crosta de ervas e castanhas servido com ratatouille brasileiro com chuchu, pupunha, abóbora, cebola roxa e tomate ou a releitura da clássica receita da vovó, o brigadeiro, mas verde, feito de capim santo e servido na colher. Ambiente e menu perfeitos para comemorar a data.

Serviço:

www.capimsanto.com.br
Endereço: Alameda Ministro Rocha Azevedo, 471
Jardins, São Paulo – SP, CEP 01410-001
Tel. 11 3089-9500
Capacidade: 200 lugares
Horário de funcionamento: de terça a sexta: das 12h às 15h e também das 19h30 à 0h, sábados, das 12h30 às 16h30 e também 20h à 0h, domingo das 12h30 às 17h. Fecha às segundas e no jantar aos domingos.

Curta e siga:

Dica gastronômica da semana: Capim Santo!

Em mais um giro gastronômico pela capital paulista, tive a oportunidade de conhecer o aromático restaurante Capim Santo. Funcionando desde 1998, o lugar é rodeado por um jardim tropical, com mesas ao ar livre protegidas por imensas mangueiras e cozinha toda envidraçada, que permite que os comensais acompanhem o preparo de todos os pratos servidos no restaurante.

No comando destes fogões, a icônica Chef Morena Leite, que pratica a culinária brasileira em seu restaurante, utilizando técnicas francesas. O resultado? Uma comida leve e tipicamente contemporânea.

Iniciei com uma Degustação de petiscos (R$41,00), um mix de “Clássicos do Capim Santo”: pirulitos de vieira na cana de açúcar, pastelzinho de carne seca com abóbora, bombom de camarão com chutney de manga assado, bolinho de aipim recheado com queijo Canastra da Serra e charutinho de pato assado com molho de pitanga. Para quem ainda acredita que petiscos estão elaborados no conceito de baixa gastronomia, deveriam conferir os variados sabores que esta entrada oferece ao seu paladar, um tira-gosto mais delicioso que o outro, e o melhor, todos com sabores distintos e bem diferenciados.

E a noite estava apenas começando! Na seqüência, experimentei o Peixe do dia (no caso era o Olho de Boi), envolto em folha de bananeira com banana ouro e farofa de camarão (R$65,00). Sem exagero algum, foi um dos melhores peixes que provei na vida até o presente momento. Sua carne estava tenra e macia, e com um sabor bastante suave, que combinado com a banana e a farofa de camarão, ocasionou uma verdadeira explosão de sabores.  Este prato possui muito gosto e originalidade!

E os vegetarianos poderão visitar o restaurante sem sustos, e com agradáveis surpresas no menu. Uma delas é o Strogonoff de cogumelos (R$38,00), acompanhado de arroz sete grãos e chips de batata doce. A combinação dos ingredientes o tornou para mim um prato tão delicioso e leve quanto surpreendente!

Por fim, veio à sobremesa, nada menos que inusitado! Trata-se do creme brulée de capim santo (R$16,00). Estava leve, aerado e tinha gosto pronunciado de capim santo.

Morena tem sua marca própria, e sabe muito bem o significado do prazer da mistura, das técnicas e de criatividade espontânea. O Capim Santo pode ser resumido como um lugar cheio de charme, que oferece simplicidade e bom gosto, e por lá você literalmente terá uma verdadeira festa do paladar brasileiro! A visita é obrigatória!

Serviço

Capim Santo – Alameda Ministro Rocha Azevedo, 471 – Jardim Paulista  São Paulo.

Tel: 11 3068-8486

Curta e siga: