Baiano de Dois: Comida baiana caprichadíssima e maravilhosas caipirinhas!

Esta semana fomos visitar um dos restaurantes mais movimentados da praça Benedito Calixto, o Baiano de Dois, que faz a alegria dos comensais que não dispensam um bom tempero baiano. Quando você entra nesta casa colorida, cheia de brasilidade, por um segundo você pode achar que está em um restaurante do Pelourinho, tamanho são as referências que você vai encontrar em cada cantinho deste lugar encantado.

No menu o melhor da comida baiana, of course! Iniciamos nosso almoço com Pastel Misto do Mar (R$43,90), feito com Camarão e Siri. Que riqueza, gente! Uma combinação perfeita de texturas e sabores, com gosto fresco do mar. Eu queria ter comido todos, mas me contive porque se tratando de comida baiana, o melhor ainda estava por vir.

E veio com a chegada do famoso Acarajé (R$16,90)! O legal daqui é que você monta o seu, colocando mais ou menos de cada ingrediente que o compõe. Ótima sacada! Após preparar o meu cuidadosamente, o resultado balsâmico chegou já na primeira mordida. A massa de feijão fradinho beirava a perfeição: sequinha por fora, areada e macia por dentro, frita com azeite de dendê, o que dá um extra no sabor. Bem recheado com vatapá cremoso, camarões secos e vinagrete. É tão bom que, se bobear, você não come mais nada! Mas coma…

Vale ressaltar que aqui a porção das comidas não é mirim, e sim pra gente grande e cheia de apetite. E pode-se pedir um prato para dois, como foi o caso do Baião de Dois (R$109,00). O visual não é nada fotogênico, mas é imenso e saboroso. O prato é preparado com arroz branco, feijão fradinho, carne seca, carne de sol, paio, calabresa, bacon, queijo coalho e banana da terra assada. Um espetáculo, a “mistureba” estará presente em cada garfada, mas nenhum ingrediente domina o sabor. Os temperos são equilibrados, o baião de dois daqui tem uma pegada caseira que me agrada bastante.

Ainda na seção de pratos principais, gostei de uma das especialidades da casa, Moqueca de pescada amarela com camarão (R$161,90). Eles têm milhões de tipos de moqueca, mas escolhi esta porque, além de ser uma das mais pedidas, a única vez que experimentei esta pescada foi no Maranhão, e me recordo que era bom pacas. Feita no dendê, cebola, fartos pedaços do peixe de carne branca e macia, sabor suave e o melhor: sem espinha. Os camarões também não decepcionam, e acompanha arroz soltinho, farofinha úmida e pirão cremoso.

Para adoçar, Quindim (R$18,00) e Cocada Cremosa (R$17,00), bons representantes dos doces do lugar.

Aqui é um lugar para vir almoçar, sem nada para fazer depois, apenas respirar e relembrar com alegria o farto almoço de uma das culinárias mais curiosas desta existência. Eu adorei e quero voltar. Axé!

Serviço
Endereço:
Praça Benedito Calixto, 189 – Pinheiros, São Paulo – SP

Horário:  segunda-feira   Fechado
terça-feira a sábado: 12:00 às 23:00
domingo: 12:00 às 22:00

Telefone: (11) 2476-4546

Crédito Imagens: Cristian Elias