Japan House prorroga até dia 25, a exposição do arquiteto Sou Fujimoto

Vai estar em Sampa e quer fugir da folia carnavalesca? Fácil….O ano por aqui começou lotado de boas exposições, uma delas “Sou Fujimoto” que já está rolando há um tempão e está fazendo um enorme sucesso de público, anunciou esta semana que será prorrogada até dia 25 de fevereiro.

Desde a sua abertura, em 21 de novembro de 2017, mais de 120 mil pessoas conferiram a trajetória deste que é um dos mais respeitados arquitetos do mundo. Graduado pelo Departamento de Arquitetura da Faculdade de Engenharia da Universidade de Tóquio, estabeleceu a Sou Fujimoto Architects em 2000. Em 2016, conquistou o primeiro lugar no “Reinventar Paris”, promovido pela Pershing/Porte Maillot, após o triunfo no concurso para a construção do Novo Centro de Aprendizagem da École Polytechnique Paris-Saclay e no concurso internacional para construção do segundo “Folly” de Montpellier, em 2014.

Por meio de maquetes e painéis, a mostra aborda os processos e as ideias de Fujimoto para uma arquitetura para o futuro.

Sem contar que o Japan House é um lugar lindoooooooo e se você estiver inspirado ainda pode almoçar no restaurante comandado pelo chef Jun Sakamoto!

Quer mais um motivo para ir? A entrada é gratuita!!!

Serviço:
“FUTUROS DO FUTURO”|SOU FUJIMOTO
De 21 de novembro a 25 de fevereiro
JAPAN HOUSE São Paulo – Avenida Paulista, 52
Horário de funcionamento:
Terça-feira a Sábado: das 10h às 22h
Domingos e feriados: das 10h às 18h
Entrada gratuita
Confira a programação no www.facebook.com/JapanHouseSP/

Arquitetura do BEM!

Para muitos o ano politico, pode ser considerado o ano da criatividade! Uma das candidatas a prefeita da capital francesa, Nathalie K. Morizet está propondo em sua campanha a reurbanização de dezesseis estações-fantasma de Paris que estão abandonadas há vários anos!

Muitos consideram o projeto em parceria com os arquitetos Manal Rachdi e Nicolas Laisné audacioso e muito caro, mas a deputada de 40 anos, afirma que se for eleita irá transformar cada lugar em espaços culturais, como; restaurantes, teatros, bares e centro culturais! Além disso, ela pretende lançar uma plataforma colaborativa para que outros arquitetos e designer possam sugerir novas ideias a estes espaços.

Bem só por este motivo ela já tem o meu apoio, pelo simples fato de querer que a Cidade Luz fique ainda mais bonita! E se você quiser dar um pitaco, a candidata aceita todo tipo de proposta desde já, basta apenas lhe enviar um Tweet!

Veja como poderão ficar algumas estações;

ParisN3

paris N

ParisN1

ParisN2