Site promove namoro com presidiários

Ok agora oficialmente o mundo está de cabeça pra baixo e eu quero fugir dele, desde que eu soube da noticia que relatarei neste post…Se já não bastasse os sites de relacionamentos de gente “normal”, acabei de saber que existe um site de relacionamentos nos EUA para quem sonha em arranjar namoradas e namorados presidiários…é isso mesmo que você esta lendo! Ou seja, se você tem um sonho daqueles bem psico em conhecer alguém do tipo Lincoln Burrows (do seriado Prison Break) esta é a chance! Rs

E tipo assim o tal site “Meet na Inmmate” já teve mais de 10 milhões de acesso e faz o maior sucesso! (Meu Deussssssssssssssssssss!!!)….Agora prestem atenção na introdução da página “Sabia que existem milhares de homens e mulheres reclusos na prisão, apenas esperando por alguém que os escreva a divida as experiências da vida”…..Hahahahaha dividir as experiências da vida……

O site explica que, além de namoro, os usuários que não estão presos podem ser amigos dos detentos. Os presos não podem acessar a internet. Então, após escolher um perfil (é possível conhecer pessoas de 18 a 65 anos com diversas personalidades…. rs), os internautas são convidados a enviar cartas. “Peço que você trate os reclusos com dignidade e respeito. Afinal, essas pessoas são seres humanos, têm sentimentos, e muitos deles querem endireitar suas vidas! Faça um recluso solitário sorrir”, pede a página.

Agora o mais estranhamente engraçado que li neste site foi o seguinte; Os presos colocam o número do Departamento de Correção em seus perfis, assim, o internauta pode conhecer o seu histórico criminal. Hahahahaha……No comments!

Só para esclarecer, este post não esta incitando você caro (a) leitor (a) a ser amigo (a) de presidiários (as) e nem levantar bandeiras morais, afinal imagino eu , que os homens e mulheres que estão presos, devem estar na prisão por uma boa razão….Mas a pergunta que fica é a seguinte?! Qual será o lance inconsciente das pessoas que alimentam este tipo de interesse popular por relacionamentos com presos?! Solidão?

2 respostas para “Site promove namoro com presidiários”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *