“olhos de lince”

Finalmente me mudei….finalmente na casa nova……finalmente o final de um ciclo e inicio de outro…….as sensações são várias; felicidade, medo, estranhamento, anseios e desejos…..Hoje acordei meio sem juízo…por isso trabalhei o dia todo, em pleno sábado…para ver se me livro de vez do tédio, dos vícios e da saudade que sinto!

Hoje também acordei com dúvidas…..principio de sabedoria? Não sei……hoje acordei também sentindo que falei demais esta semana, que procurei cabelos em ovos….que fui vulnerável….culpa do efeito que certas pessoas causam dentro da gente….hoje acordei necessitando de esperanças novinhas em folhas….

Arnaldo Jabour foi muito sábio ao dizer que “Na vida e no amor, não temos garantias!”….hoje acordei sentindo esta frase de modo operante! E assim…..de forma surreal….rs…ficou complicado!? Explico….Hoje tive que deixar alguém ir embora da minha vida…..e se despedir desta pessoa…foi como se despedir de mim ….e pior sem concordar! Antes desta pessoa entrar no meu mundo, eu sabia menos, eu sentia menos, eu conhecia menos lugares, eu ria menos! Hoje eu tenho mais do que isso…..e esta pessa querida me ofereceu tudo da melhor forma possível….Mas hoje ele prôpos recomeços…..A pessoa em questão era alguém que eu contava o meu dia, e isso, as vezes era melhor que sexo……………Na alegria ou na tristeza, contar o dia é a melhor das artes de estar sintonizado com alguém

E finalizo a noite de sabado com as sábias palavras de Xico Sá “”Palavras, palavras,palavras…Silêncio, Silêncio, silêncio…Dessas duas argamassas fatais o amor é feito e o amor é desfeito. Simples como sístole e diástole de um coração que ainda bate…..”

Beijo e uma Lua Cheia Maravilhosa……..que vale sempre um pedido especial!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *