O impactante Jacarandá.

E comecei meu novo ano astrológico em um dos restaurantes que, para mim, é um dos mais inspiradores da Capital Paulista, o Jacarandá! Há mais de um ano sob a nova gestão competente dos queridíssimos Milton Freitas e Alessandro Tagliari, ele vem se transformando em um espaço gourmet muito atrativo para nossos sentidos: jardim perfumado, subsolo intimista ao som de jazz, cantinhos românticos e, claro, muita comida boa! Seja em seu armazém, onde você encontrará produtos artesanais de altíssima qualidade, seja em seu cardápio, no qual você poderá se deparar com muitas receitas inspiradas em cidades da América do Sul.

E o melhor de tudo: por aqui você pode chegar a qualquer hora do dia, eles abrem cedinho para quem acorda inspirado para vivenciar um café da manhã bem caprichado e vão noite adentro para quem busca um clima mais estilo speakeasy.

Iniciei minha noite com a Tábua de Frios da Casa (R$52,00). Burrata artesanal, queijo da Serra da Canastra, Jamón Serrano Salamanca, pessegada, azeitonas e mel orgânico. Estava tudo delicioso, sedoso no palato, a sinergia destas texturas vibrantes e sabores distintos deram início ao lindo jantar que estava prestes a começar. Se você aprecia a magia da charcutaria de alta gama, aqui é um bom lugar para saciá-la.

Outra entrada muito solicitada é o Shitake Orgânico na Brasa (R$28,00). Os cogumelos chegam frescos e abertos, mais pareciam delicados trevos, sua textura levemente borrachuda, e sabor amadeirado fizeram um belo dueto com o cremoso queijo de cabra. Adorei o toque cítrico que o limão siciliano causou na receita. Leve e gostoso!

Iniciei os pratos principais com uma certa empolgação, então de cara comecei com o clássico do restaurante, o Terra e Mar (R$71,00), arroz de camarão e porco com cogumelos orgânicos. Confesso que quando chegou, seu visual não me empolgou muito, mas na primeira garfada automaticamente “paguei a língua”! Estava divino, uma combinação acertada e confeccionado com temperos suaves, talento e alma. Adorei o toque defumado causado pelos cogumelos, mais uma vez eles participam do menu de forma valorizada!

Meu favorito da noite? Polvo grelhado na brasa (R$98,00) com risoto rústico de arroz negro, com tomates confit e romesco de castanha do Brasil com pimentão de Murcia. Que aglomerado de sabores minha gente! Tudo aqui estava presente, doçura, maciez, crocância, acidez, de maneira intensa e harmoniosa. Vale ressaltar que nesta receita o devido destaque vai para os tomates, que estavam divinos e a carne do crustáceo era um bálsamo ao meu palato. Quero voltar e prová-lo novamente, e se você procura sabores inebriantes, esta receita é um pedido certeiro!

Não dispense como sobremesa o levíssimo Pudim de queijo da Serra da Canastra com sorbet artesanal de goiaba com gengibre (R$22,00). A base feita por este maravilhoso queijo é o grande coringa deste doce, deixando tudo mais leve e com uma textura mussionada muito curiosa. O azedinho do sorvete faz o contraponto interessante.

Outra aposta certeira, e que valoriza os nossos produtos nacionais, é o afetivo Vulcão de doce de leite Viçosa com sorvete de canela (R$26,00). É tipo um petit gateau com um creme derretido por dentro bem doce, e por fora uma massa levinha e firme. O sorvete de canela dá um equilíbrio convincente à receita.

Cenário inebriante e serviço gentil. Ambiente refinado e preços que justificam a linda experiência que certamente vocês terão. Um lugar que graças a Deus passa desapercebido para quem não é observador, mas para quem tiver a chance de entrar aqui certamente será uma agradável surpresa, podem apostar!

Serviço
Jacarandá
Endereço: R. Alves Guimarães, 153 – Pinheiros, São Paulo – SP
Horário: De domingo a quinta-feira das 12:00 às 23:00
Sexta-feira e sábado das 12:00 à 00:00
Telefone: (11) 3083-3003
Site: www.jacarandabr.com.br

Crédito Imagens: Roberto Salgado

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *