Desvendando os mistérios do Izakaya Taka Daru

Esta semana fui visitar mais um restaurante capturado, no bom sentido, of course, pela dupla de empresários Alessandro Tagliari e Milton Freitas, o Izakaya Taka Daru, em São Paulo. Para quem não sabe, izakaya é uma espécie de boteco japonês, considerado um ambiente mais relax, simples e despretensioso. Por aqui você não vai comer comidas clássicas japonesas como o sushi ou sashimi, mas sim pequenas porções de pratos quentes servidos harmoniosamente com saquês, sochus e boas cervejas artesanais.

O lugar é uma graça! Antes de entrar repare na bela quaresmeira centenária, um símbolo do restaurante, bem à sua frente. Depois disso sente-se em uma das mesinhas acolhedoras do salão principal e absorva todo o clima japonês que você notará em cada detalhe desta casa fascinante.

Quem comanda as panelas é o chef Edison Hikaru Arakaki, filho de okinawanos, trouxe para sua cozinha muita influência desta ilha não tão japonesa assim. Cuida de cada minúcia com muito carinho e todas suas receitas são incrementadas, com toques suaves, tais como o Aguenassu (R$19,00), berinjela frita no molho de shoyo, gengibre, cebolinha e katsuobushi. Esta entradinha representa as boas vindas do lugar, lâminas fritinhas mergulhadas em um maravilhoso molho cítrico, que ao ser harmonizada com um dos saquês da casa abrirá totalmente o seu apetite.

Amei também o Takoyaki (R$36,00), um típico bolinho de polvo, a massa à base de cará, além de trazer maciez, dá autonomia ao recheio levemente picante de polvo, que foi todo salpicado por legumes coloridos dando um toque fresco à receita!

Outro outsumami que não deve ser dispensado é o Shumai (R$36,00), trouxinhas de carne suína cozidas ao vapor. Que delicadeza de massa! E o recheio de pernil desfiado estava sublime, uma sinergia de texturas e sabores, além de tudo era muito leve, desmanchava na boca. A mostarda japonesa que acompanhou o prato deu o toque interessante.

O meu eleito da noite foi algo simples, mas que eu raramente encontro um que goste: língua de boi. O Gyutan No Shioyaki (R$18,00) entrou para minha lista preferencial. Trata-se de lâminas fininhas de língua bovina grelhadas, que em um primeiro olhar pode não aparentar ser apetitoso, mas esta impressão será desmitificada na primeira mastigada. Seu sabor tenro e textura crocante são impactantes ao palato e mergulhada no shoyo deslizará melhor na sua língua.

Novidade para mim foi o Goya Tyampuru (R$26,00), pepino goya, tofu, ovo e cebolinha refogados com um toque de katsuobushi. Segundo o chef, é o segredo da longevidade dos habitantes de Okinawa. Além disso, é uma mistura saborosa e levíssima, que exala equilíbrio entre os ingredientes eleitos. Um pedido que vai seduzir e muito a galera que adora um momento vegetariano em suas vidas.

Se você busca algo com mais sustância, o Torikatsudon (R$42,00) é uma boa pedida. Sobrecoxa de frango à milanesa com molho à base de shoyo coberto com ovo. Caloroso, intenso e afetivo. A calda intensificava o sabor de cada ingrediente, que participavam sem se camuflar. Desde então esta receita permanece na minha memória palatina, quero voltar e repetir a dose!

Não dá para renunciar um dos lámens da casa, então fomos de Okinawa Soba (R$44,00), macarrão de Okinawa, costelinha de porco, cebolinha, ovos mexidos e naruto. Uma combinação preciosa, onde cada especiaria cumpre e bem o seu papel. O caldo feito à base de carne estava muito voluptuoso e transparente, a massa elástica fininha desmanchava na boca, o ovo no ponto certo e as fatias brancas e coloridas faziam o contraponto divertido.

O menu oferece boas sobremesas. Minha preferida? Pudim de abóbora cabotiá com calda de matchá (R$18,00). Que textura leve e sedutora, a sobremesa tinha sabor de natureza, lotada de frescor e açucarada na medida. Amei!

Serviço gentil, experiência divertida e descontraída, neste dia ainda ganhei um dos melhores presentes de aniversário do meu amigo Roberto Salgado, e que juntamente com um banquete perfeito entre amigos fez deste jantar uma noite inesquecível. O Taka Daru te dará uma experiência única e de pequenos prazeres comestíveis. Quero voltar!

Serviço
Taka Daru
Endereço: Rua Costa Carvalho, 234 – Baixo Pinheiros.
Telefone: (11) 3034-0937

Crédito Imagens: Roberto Salgado

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *