Desvendado o comentado restaurante piauiense Fitó

Esta semana finalmente fui conhecer a graciosidade do restaurante Fitó, em São Paulo. A região onde ele está situado já é curiosa, porque foge do circuito gastronômico tradicional dos melhores restaurantes da cidade. Aliás, esta é uma tendência que venho observando em São Paulo, os restaurantes que tenho curtido visitar estão dando brilho e personalidade a lugares que antes eram apenas uma rua ou um bairro de passagem.

E assim que entrar você ficará simplesmente encantado pela energia do pequeno espaço, com ares afetivos, e com um cardápio dedicado a receitas de família do Piauí. Quem comanda as panelas é a Cafira Foz, que traduz a sua origem em receitas sutis e delicadas.  A chef também aposta em apresentações leves e na boa relação custo-benefício, com pratos a preços também leves (R$18 a R$45), já incluindo alguns mimos como água filtrada e dadinhos de tapioca para esperar a longa fila que sempre ocorre em restaurantes que estão em alta.

Iniciei meu almoço com os Dadinhos de Tapioca (R$7,00/6 unidades). De tapioca e queijo coalho, servido com geleia de pimenta da casa. Os cubinhos fofinhos são um verdadeiro confort food. Aqui deu para sentir como a técnica imprimiu sutileza e nenhum gruminho à bela mistura de tapioca com o queijo. Que macio, que sabor delicado! E a crocância por fora também foi garantida. A geleia aderiu bem à receita pois trouxe potência e doçura ao finger food. Belo começo!

Vale também pedir os Bolinhos de costela de porco (R$12,00/ 6 unidades), que também aparece com a deliciosa geléia de pimenta. Friturinha seca e farta em recheio, com sabor inconfundível da suculenta carne suína.

Pratos principais? A Carne de Sol (R$32,00), feita na casa, umedecida com manteiga de garrafa e servida com purê de cará e vinagrete, é ideal para quem não deseja se empanturrar de tanto comer. Aqui no Fitó a carne de sol foi tratada como uma carne fresca, com o exterior mais sequinho e avermelhada por dentro, com sabor e aroma característicos do processo de cura. A pasta feita de cará para mim foi a magia da receita, super cremosa e contrastou bem com o sabor potente da carne. O vinagrete de tomate trouxe frescor e equilíbrio, um bom curinga para o prato.

Em sua primeira visita a esta casa, é quase que obrigatório provar a Paçoca de carne de sol (R$27,00), que mistura a carne umedecida pela manteiga de garrafa com a boa farinha de mandioca, que faz um maravilhoso dueto com o consistente preparo do soltinho arroz e do feijão com gostinho de novo, feito na hora. O tartar de banana, queijo coalho e tomates bem cortadinhos só enaltecem a receita, imprimindo uma potente doçura e vigor a cada garfada. Meu eleito do dia!

Para cada dia da semana há sugestões fixas de pratos, era uma quinta-feira, dia de Frango ao leite de coco e arroz com quiabo (R$ 25,00). Logo que chegou, confesso que o visual não me entusiasmou muito, o quiabo parecia bem tristinho e os pedaços de ave com visual anêmico, até que experimentei e felizmente veio o alento. O leite de coco deixou a carne da ave muito cheirosa e seu sabor adocicado foi bem incorporado à receita, dando aquele toque mágico necessário!

De sobremesa, peça o Flan de Coco (R$ 6,00). Crocante na base, dá para sentir aquela textura árida e gostosa do coco, cremoso em cima, adocicado na medida. Deu um belo desfecho para o farto almoço. 

Não deixe de provar um dos drinks autorais da casa, o bar emprega o mesmo cuidado da cozinha e vale arriscar um de seus curiosos e criativos preparos.

Valores sensatos, bom serviço, ambiente arejado e com um salão lotado de gente linda e bem-disposta. Venha conhecer e carimbar mais uma experiência gastronômica na sua vida, valerá a pena!

Serviço:
Fitó
www.fitocozinha.com.br
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2773
Pinheiros – São Paulo – SP
Tel. 11 3032-0963
E-mail: contato@fitocozinha.com.br
Capacidade: 50 lugares (salão térreo), superior, para eventos 35 lugares.
Horário de funcionamento: Almoço-De segunda a sexta-feira das 12h às 15h
Aos sábados das 12h30 às 16h30
Feriados das 12h30 às 16h30
Não abre aos domingos
Jantar: De terça a sábado das 18h às 23h30
Não abre aos domingos e às segundas-feiras

Crédito Imagens: Bia Ferrer

 

 

Curta e siga:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *